Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Aposte na geração de capacitação técnica

Aposte na geração de capacitação técnica

10/10/2017 Mauricio Canineo

Que o mercado de trabalho não está fácil, estamos fartos de saber.

Os índices de desemprego ainda estão altos, apesar da economia ter reagido timidamente nos últimos meses. No setor automotivo não tem sido diferente. Após drásticas quedas nas vendas e produção de veículos novos no Brasil, o mercado está crescendo novamente segundo a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores).

A indústria automotiva tem investido cada vez mais em tecnologia e o mercado anseia por novidades que farão a diferença na mobilidade do futuro. Entretanto, na mesma velocidade que o setor se desenvolve, há uma carência de profissionais especializados.

De acordo com dados da Anfavea, a produção de veículos no Brasil deve crescer mais de 25% em 2017, e com expectativas positivas para os próximos anos. O número de exportações deve bater o recorde histórico do país, com mais de 740 mil veículos produzidos.

O número de carros emplacados também teve um crescimento no primeiro semestre deste ano, mesmo que tímido. A venda de carros usados continua movimentando a economia do setor. O mercado de autopeças teve um bom incentivo com o Inovar-Auto e agora deve manter esse crescimento.

Entretanto, para que o setor continue girando e movimentando a economia, um fator importante deve estar sempre atualizado, antecipando tendências e com soluções rápidas para as necessidades do público: o profissional do segmento automotivo. A resposta vem da especialização, da busca por cursos técnicos, da renovação do conhecimento, do estudo.

Quanto mais cedo e mais rápido buscarmos essa atualização, mais chances temos de entrar e atingir o sucesso no setor automotivo. O profissional desse ramo deve ser, acima de tudo, mais que apaixonado por carro; deve ser fissurado em aprender. Como disse anteriormente, o número de tecnologias que chegarão às ruas exigirá níveis de conhecimentos técnicos altíssimos para que sua manipulação seja feita de maneira correta e precisa.

A profissão de técnico veicular está entre as 10 mais valorizadas no mercado de trabalho, segundo dados do Ministério do Trabalho. A remuneração pode chegar a R$ 5 mil para os mais experientes e sêniors. Mas para que esses profissionais sejam treinados e consigam atender à demanda, as companhias do setor automotivo precisam capacitar pessoas para trabalhar com as tecnologias que as próprias fabricantes criam.

Atenta a essa questão, a Campneus lançou no final de julho um projeto, que contempla jovens de Campinas com aulas teóricas e práticas de mecânica, preparando-os para o mercado de trabalho.

O projeto é realizado em parceria com a Escola do Mecânico e com a SETA (Sociedade Educativa de Trabalho e Assistência). E qual o principal benefício deste programa? Além de transformar a vida destes jovens, gerando renda para suas famílias e comunidade de baixa renda, e apresentá-los a um mundo cheio de oportunidades, o principal benefício é treinar e capacitar profissionais aptos a atenderem às solicitações do setor automotivo.

Ter uma frota circulante segura, tecnológica e com um time capaz de suprir toda a sua e manutenção é o futuro do mercado. Mas para isso, é importante gerar oportunidades, E quem sairá ganhando nessa história? Toda a sociedade.

* Mauricio Canineo é CEO da Campneus desde novembro de 2015.



O que esperar do mercado imobiliálio em 2024

Após uma forte queda em 2022, o mercado imobiliário brasileiro vem se recuperando e o ano de 2023 mostrou este avanço de forma consistente.

Autor: Claudia Frazão


Brasileiros unidos por um sentimento: a descrença nacional

Um sentimento – que já perdura algum tempo, a propósito - toma conta de muitos brasileiros: a descrença com o seu próprio país.

Autor: Samuel Hanan


Procurando o infinito

Vocês conhecem a história do dragãozinho que procurava sem parar o infinito? Não? Então vou te contar. Era uma vez….

Autor: Eduardo Carvalhaes Nobre


A reforma tributária é mesmo Robin Hood?

O texto da reforma tributária aprovado no Congresso Nacional no fim de dezembro encerrou uma novela iniciada há mais de 40 anos.

Autor: Igor Montalvão


Administrar as cheias, obrigação de Governo

A revolução climática que vemos enfrentando é assustadora e mundial. Incêndios de grandes proporções, secas devastadoras, tempestades não vistas durante décadas e uma série de desarranjos que fazem a população sofrer.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Escravidão Voluntária

Nossa única revolução possível é a da Consciência. Comer com consciência. Respirar com consciência. Consumir com consciência.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Viver desequilibrado

Na Criação, somos todos peregrinos com a oportunidade de evoluir. Os homens criaram o dinheiro e a civilização do dinheiro, sem ele nada se faz.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


Mar Vermelho: o cenário atual do frete marítimo e seus reflexos globais

Como bem sabemos, a crise bélica no Mar Vermelho trouxe consigo uma onda de mudanças significativas no mercado de frete marítimo nesse início de 2024.

Autor: Larry Carvalho


O suposto golpe. É preciso provas…

Somos contrários a toda e qualquer solução de força, especialmente ao rompimento da ordem constitucional e dos parâmetros da democracia.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Oportunidade de marketing ou marketing oportunista?

No carnaval de 2024, foi postada a notícia sobre o "Brahma Phone" onde serão distribuídas 800 unidades de celulares antigos para os participantes das festas de carnaval.

Autor: Patricia Punder


O gato que caiu dentro das latas de tinta

Todas as histórias começam com Era uma Vez… A minha não vai ser diferente.

Autor: Eduardo Carvalhaes Nobre


Apesar da polarização radical, brasileiros não abrem mão da Democracia

Desde as eleições presidenciais de 2018, temos percebido a intensificação da polarização política no país, com eleitores cada vez mais divididos.

Autor: Wilson Pedroso