Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Aura ambiental

Aura ambiental

02/03/2019 Paulo Eduardo de Barros Fonseca

Sujeitos às necessidades materiais e aos seus instintos, a humanidade tem experimentado dias difíceis.

São reiterados os atos de violência, os atentados contra a moral e a ética, os desastres da natureza e guerras que ceifam vidas, enfim, situações que afetam a psicosfera, ou seja, o campo de emanações eletromagnéticas que envolvem os seres humanos. 

Quando vivenciamos uma forte emoção, choque ou perturbação, emitimos vibrações densas que formam núcleos de força negativa, repletos de resíduos escuros.

A física quântica diz o aparente comportamento estável da matéria foi substituído por ondas e pacotes de energia; portanto, as formas mentais que criamos são ativas e agem intensamente ao redor do seu criador. Cabe dizer: o pensamento tem força!

Daí a importância de que sempre, em qualquer situação, os pensamentos procurem refletir emoções de esperança, fraternidade e alegria, formando uma aura ambiental individual e coletiva de amor.

Joanna de Ângelis diz que “o teu pensamento é fonte de vida que não podemos descurar”. Manter a energia individual positiva ajuda a criar um comportamento vibratório coletivo mais harmônico, bem com abre oportunidades para nos aproximarmos dos sentimentos superiores emanados pela espiritualidade amiga.

Como o planeta passa por profundas transformações no campo espiritual: “Seja luz, por mais que a vida lhe traga desgostos. Seja caridoso, por mais que a vida lhe traga pessoas ingratas. Seja Humilde, por mais que a vida lhe traga provações ingratas. Seja amor, por mais ódio que tentem colocar em seu coração. Pois nada, nem ninguém, merece que você mude sua essência. Não devolva na mesma moeda a energia que recebe, transmute-a dentro de si.”

Devemos zelar pelo nosso ambiente mental tornando saudável e harmônico o ambiente material. Não nos deixemos contaminar pelo pessimismo, pela tristeza, enfim, por vibrações negativas. Devemos estar atentos para o nosso próprio estado emocional.

Lembremos sempre do ensinamento de Jesus no sentido de que é preciso Orar, para estarmos mais próximo de Deus, e Vigiar, para que os pensamentos e, consequentemente, os atos não entrem em contradição com a oração.

Enfim, como sempre, é preciso que cada qual faça a sua parte!

* Paulo Eduardo de Barros Fonseca é vice-presidente do Conselho Curador da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, mantenedora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Fonte: Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo



Entre o barril de petróleo e o de pólvora

O mundo começou a semana preocupado com o Oriente Médio.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Nome comum pode ser bom, mas às vezes complica!

O nosso nome, primeira terceirização que fazemos na vida, é uma escolha que pode trazer as consequências mais diversas.

Autor: Antônio Marcos Ferreira


A Cilada do Narcisista

Nelson Rodrigues descrevia em suas crônicas as pessoas enamoradas de si mesmas com o termo: “Ele está em furioso enamoramento de si mesmo”.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Brasil, amado pelo povo e dividido pelos governantes

As autoridades vivem bem protegidas, enquanto o restante da população sofre os efeitos da insegurança urbana.

Autor: Samuel Hanan


Custos da saúde aumentam e não existe uma perspectiva que possa diminuir

Recente levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indica que os brasileiros estão gastando menos com serviços de saúde privada, como consultas e planos de saúde, mas desembolsando mais com medicamentos.

Autor: Mara Machado


O Renascimento

Hoje completa 2 anos que venci uma cirurgia complexa e perigosa que me devolveu a vida quase plena. Este depoimento são lembranças que gostaria que ficasse registrado em agradecimento a Deus, a minha família e a vários amigos que ficaram ao meu lado.

Autor: Eduardo Carvalhaes Nobre


Argentina e Venezuela são alertas para países que ainda são ricos hoje

No meu novo livro How Nations Escape Poverty, mostro como as nações escapam da pobreza, mas também tenho alguns comentários sobre como países que antes eram muito ricos se tornaram pobres.

Autor: Rainer Zitelmann


Marcas de um passado ainda presente

Há quem diga que a infância é esquecida, que nada daquele nosso passado importa. Será mesmo?

Autor: Paula Toyneti Benalia


Quais são os problemas que o perfeccionismo causa?

No mundo complexo e exigente em que vivemos, é fácil se deparar com um padrão implacável de perfeição.

Autor: Thereza Cristina Moraes


De quem é a América?

Meu filho tinha oito anos de idade quando veio me perguntar: “papai, por que os americanos dizem que só eles vivem na América?”.

Autor: Leonardo de Moraes


Como lidar com a dura realidade

Se olharmos para os acontecimentos apresentados nos telejornais veremos imagens de ações terríveis praticadas por pessoas que jamais se poderia imaginar que fossem capazes de decair tanto.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


O aumento da corrupção no país: Brasil, que país é este?

Recentemente, a revista The Economist, talvez a mais importante publicação sobre a economia do mundo, mostrou, um retrato vergonhoso para o Brasil no que diz respeito ao aumento da corrupção no país, avaliação feita pela Transparência Internacional, que mede a corrupção em todos os países do mundo.

Autor: Ives Gandra da Silva Martins