Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Brasil pode produzir a melhor carne do mundo

Brasil pode produzir a melhor carne do mundo

21/10/2017 Valdomiro Poliselli Jr.

Uma fórmula que o Brasil buscava para produzir uma carne Prime reconhecida mundialmente.

Há 20 anos não se falava em programas de qualidade de carne bovina e tampouco havia melhores remunerações por qualidade de carcaça aos pecuaristas. Hoje, vivemos uma nova pecuária, na qual a cadeia produtiva está preparada para o abate de animais muito jovens, em torno de 16 meses de idade, com 20@ de peso bem distribuído e carne com boa presença de marmoreio.

E muito desse sucesso passa pela raça Angus. De origem britânica, mas radicada na pecuária brasileira por muitas décadas, é reconhecida internacionalmente pela sua qualidade de carcaça e precocidade de terminação, bem como a incrível maciez, sabor e suculência dos cortes produzidos. A carne Angus tem sinônimo de qualidade.

Ponto para o Programa Carne Angus Certificada, que alinhou fortes parcerias com os principais frigoríficos do País e ainda garantiu a possibilidade de os pecuaristas receberem bonificações acima de 12% da cotação convencional da arroba do boi gordo. E tal consolidação levou a uma corrida frenética por genética Angus. Além disso, um “café grátis” está surgindo na pecuária nacional.

Países como a Turquia compraram mais de 80 mil bezerros, recentemente, de algumas fazendas brasileiras e todos nascidos do cruzamento entre as raças Angus e Nelore, o casamento perfeito para a produção de carne de qualidade. Este modelo de exportação de desmama cruza Angus tende a crescer muito no País. Os preços do gado Angus dispararam.

O quilo vivo de um bezerro desmamado F1 (meio-sangue Angus x Nelore) já corteja os R$ 6,50, muito superior ao de qualquer outro bovino puro ou cruzado. Na década de 1990, a esmagadora maioria dos produtores desconhecia sobre o melhor uso de uma novilha F1. Atualmente, seu aproveitamento é otimizado.

Pode ser encaminhada à reprodução, como matriz, ou ao abate, proporcionando uma carne rica em gordura Ômega 3 – fato comprovado cientificamente. Estima-se que existam cerca de 3 milhões de cabeças no rebanho nacional. Angus é propaganda no sanduíche, na churrascaria, nos restaurantes e na gôndola dos supermercados. E o pecuarista brasileiro já descobriu este diferencial.

A própria Associação Brasileira de Angus regularizou junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento o serviço de Registro Genealógico de uma nova raça bovina chamada Ultrablack.

Formado por meio do cruzamento entre Angus e Brangus 3/8 (ou vice versa), o Ultrablack é uma resposta ao crescente interesse dos produtores em atender os programas de cruzamento industrial que vão utilizar essas fêmeas F1 Angus para produção de animais com 65% de sangue Angus.

Os bezerros nascidos serão encaminhados ao confinamento logo após a desmama e vão produzir carcaças ultraprecoces. Com alto índice de marmoreio e maciez, a carne produzida vai ser capaz de competir com os cortes mais sofisticados do mundo em pé de igualdade.

Está aí a fórmula que Brasil buscava para produzir uma carne Prime reconhecida mundialmente, assim como acontece com a dos Estados Unidos. É a ferramenta perfeita para conquistar o paladar dos mais exigentes importadores do planeta.

* Valdomiro Poliselli Jr. é presidente da VPJ Alimentos e promotor do 20º Leilão Angus VPJ, que ocorre no dia 28 de outubro, às 14h, na Red Eventos, em Jaguariúna (SP), com transmissão pelo Canal do Boi.



Quando a desinformação é menos tecnológica e mais cultural

Cenário é propício para o descrédito de pesquisas, dados, documentos e uma série de evidências de veracidade.


Igualdade como requisito de existência

Na última cerimônia de entrega do EMMY, o prêmio da TV Norte Americana, um ator negro foi premiado, fruto de reconhecimento praticamente unânime de seu trabalho.


Liderança é comunicação, conexão e confiança

Cada dia que passa, percebo que uma boa comunicação e liderança têm total relação com conexão.


“A educação é a arma mais poderosa…” mas para quem?

Tudo o que se cria ou se ensina no mundo tem dois lados. Geralmente as intenções são boas e as pessoas as tornam ruins.


“Golpe do Delivery”

Entregadores usam máquina de cartão para enganar consumidor.


A inclusão educacional e o mês das crianças

O tema da inclusão está na ordem do dia, dominando as agendas no mês das crianças.


A velha forma de fazer política não tem fim

Ser político no Brasil é um grande negócio, uma dádiva caída do céu, visto as grandes recompensas de toda a ordem obtidas pelos políticos.


Procedimento de segurança

“Havendo despressurização…”, anuncia a comissária, em tom calmo, aos ouvidos dos senhores passageiros daquele voo atrasado, sob a umidade e a monocromia do céu de quase inverno.


Envelhecimento: o tempo passa para todos

Todos nós, em algum momento de nossas vidas, já ouvimos a frase: “o tempo passa para todos”.


Os passos para encontrar a si mesmo e a Deus

Mar da Galileia, Mar de Tiberíades ou Lago de Genesaré, um lugar significativo de tantos milagres e narrativas do Evangelho.


A babá e o beijo

Se eu tinha dúvidas, agora não tenho mais.


A despolitização do Supremo Tribunal Federal

Não pode funcionar bem e com total isenção uma corte ou tribunal de indicação e nomeação política.