Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Chances de gravidez após laqueadura

Chances de gravidez após laqueadura

13/03/2018 Dr. Luiz Fernando Carvalho

A situação é mais comum do que se imagina.

Muitas mulheres que fizeram cirurgia de laqueadura, seja por arrependimento ou por que estão em um novo casamento, optam por fazer a fertilização in vitro como forma de conseguirem engravidar.

A boa notícia é que mulheres que fizeram laqueadura têm um bom índice de gravidez com o procedimento. Isso porque teoricamente as pacientes laqueadas não são inférteis, a infertilidade é iatrogênica, causada pela obstrução tubária cirúrgica.

Então não só podem como este é o único meio das mulheres que fizeram laqueadura poderem ter uma nova gestação. Outra boa notícia é que o tempo da laqueadura, se recente ou há mais tempo, também não interfere no tratamento. Às vezes a chance de gravidez diminui, mas em razão da idade da paciente e não pelo tempo da laqueadura.

Já com relação à vasectomia, quanto maior o tempo de realizada, menor a qualidade seminal. Apesar do fator idade não prejudicar tanto os homens, o tempo de vasectomia é importante para o sucesso da fertilização. Acima de 5 ou 10 anos é um tempo importante para a qualidade do sêmen.

Em ambos os casos, laqueadura ou vasectomia, após a FIV existe a possibilidade de reconstrução da trompa ou da vasectomia por cirurgia. Então os pacientes mantêm a contracepção garantida.

Atualmente existe a possibilidade de realizar FIV seja nos centros de reprodução particulares, seja no serviço público, SUS, ou até mesmo nas clínicas médicas de preços acessíveis.

Na Doktor´s, por exemplo, o tratamento chega a custar metade do preço. E temos atendido um número considerado de pacientes que procuram o tratamento após terem realizado laqueadura ou o marido, a vasectomia.

* Dr. Luiz Fernando Carvalho é especialista em reprodução humana e diretor clínico da Clínica Doktor´s.



O metaverso vem aí e está mais próximo do que você imagina

Você, assim como eu, já deve ter ouvido falar no Metaverso.


Indulto x Interferência de Poderes

As leis, como de corriqueira sabença, obedecem a uma ordem hierárquica, assim escalonadas: – Norma fundamental; – Constituição Federal; – Lei; (Lei Complementar, Lei Ordinária, Lei Delegada, Medida Provisória, Decreto Legislativo e Resolução).


Você e seu time estão progredindo?

Em qualquer empreitada, pessoal, profissional ou de times, medir resultados é crucial.


Propaganda eleitoral antecipada

A propaganda para as eleições neste ano só é permitida a partir do dia 16 de agosto.


Amar a si mesmo como próximo

No documentário “Heal” (em Português, “Cura”), disponível no Amazon Prime, há um depoimento lancinante de Anita Moorjani, que, em Fevereiro de 2006 chegou ao final de uma luta de quatro anos contra o câncer.


O peso da improbidade no destino das pessoas

O homem já em tempos pré-históricos se reunia em volta das fogueiras onde foi aperfeiçoada a linguagem humana.


Mercado imobiliário: muito ainda para crescer

Em muitos países, a participação do mercado imobiliário no Produto Interno Bruto (PIB) está acima de 50%, enquanto no Brasil estamos com algo em torno de 10%.


Entender os números será requisito do mercado de trabalho

Trabalhar numa empresa e conhecer os seus setores faz parte da rotina de qualquer colaborador. Mas num futuro breve esse conhecimento será apenas parte dos requisitos.


Quais os sintomas da candidíase?

A candidíase é uma infecção causada por uma levedura (um tipo de fungo) chamada Candida albicans.


Entenda o visto humanitário para ucranianos

A invasão da Ucrânia pela Rússia, iniciada em 24 de fevereiro, já levou mais de 4 milhões de ucranianos a deixarem seu país em busca de um lugar seguro.


Exigência de vacina não é motivo para rescisão indireta por motivo ideológico

Não se discute mais que cabe ao empregador, no exercício de seu poder diretivo e disciplinar, zelar pelo meio ambiente de trabalho saudável.


A governança de riscos e gestão em fintechs

Em complemento às soluções e instituições financeiras já existentes, o mercado de crédito ficou muito mais democrático com a expansão das fintechs.