Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como a sustentabilidade pode afetar o futuro do mercado de TI

Como a sustentabilidade pode afetar o futuro do mercado de TI

10/08/2021 Mario Belesi

A experiência humana sempre esteve no cerne das discussões sobre quem somos, o que fazemos e o porquê produzimos determinadas coisas.

Afinal, qualquer que seja o período histórico ou a indústria a ser avaliada, algo que não muda é o fato de que as pessoas estão sempre trabalhando para construir soluções que ajudem a entregar melhores experiências para todos os seres humanos.

Neste cenário, o trabalho da indústria – em conjunto com a tecnologia e a ciência – tem como princípio básico encontrar novas formas para criar um mundo melhor.

Evidentemente, essa não é uma tarefa simples, ainda mais quando as velhas técnicas e abordagens ficam obsoletas.

Nos tempos atuais de pandemia, que também amplia as preocupações com crise climática e as transformações sociais atingindo níveis nunca vistos, é cada vez mais difícil ignorar a importância da sustentabilidade como parte central da experiência da humanidade.

Por isso, o grande desafio neste século XXI é justamente encontrar novas formas de produção para melhorar a vida humana sem deixar de pensar na preservação de nosso planeta.

Não por acaso, de acordo com estudos econômicos globais, as empresas que levam a responsabilidade ambiental a sério tiveram um desempenho 16% superior ao logo dos últimos três anos.

Mas como, afinal, o investimento em sustentabilidade e nas questões humanas pode impactar o futuro da indústria, afetando setores como a área de TI?

A resposta certamente está na capacidade de aproveitar melhor recursos como imaginação, conhecimento e know-how para dar uma contribuição duradoura para o benefício de todos.

É preciso reunir esforços e experiências multidisciplinares, pesquisas, testes e muita colaboração para transformar as novas demandas da humanidade em inovações que revolucionem e melhorem a forma como as pessoas vivem, trabalham e se divertem.

Para alcançar essa estratégia, é fundamental focarmos no desenvolvimento de modernos projetos, colocando as descobertas científicas ao lado de outros setores estratégicos da economia, incluindo a indústria.

É preciso enfrentar os diversos desafios de sustentabilidade do mundo com uma abordagem científica e de negócios verdadeiramente holística, baseada na compreensão, representação e imaginação de um novo mundo.

É neste cenário que a adoção de plataformas colaborativas e digitais certamente ajudará a acelerar ainda mais a transformação da indústria, inclusive a de TI.

Uma experiência virtual em três dimensões permite aos usuários integrar recursos de modelagem, simulação, inteligência da informação e colaboração de forma muito mais prática e sustentável para a criação de produtos mais leves, menos impactantes ao meio ambiente, em lotes mais enxutos, com maior reutilização de materiais e muito mais.

Essas plataformas 3D permitem às indústrias reunir análises científicas e desenvolver os projetos avaliando características de design, materiais utilizados, desempenho, segurança e, ainda, a usabilidade dos clientes antes mesmo que os itens sejam produzidos para teste.

Estima-se que processos mais inteligentes facilitarão a construção de ambientes tecnológicos que, entre outros indicadores, permitirão reduzir estoques em 40%, reduzir em até 50% o tempo gasto com os ciclos de produção e diminuirão em 20% a demanda de manutenção das máquinas.

A simulação tem tudo a ver com descoberta e know-how para tornar os produtos mais leves, ter melhor desempenho, durar mais e levar a designs melhores.

Os engenheiros estão criando universos virtuais para fazer novas descobertas por meio de simulação baseada na ciência.

Estão colaborando para identificar soluções inovadoras e sustentáveis; estender e melhorar o mundo real; para até mesmo validar produtos que não podem ser testados em nosso mundo.

Para entregar soluções melhores e para a humanidade, sempre protegendo o meio ambiente, a indústria de TI precisará buscar outros modelos de trabalho, de compartilhamento e de avaliação para encontrar novos processos de produção que sejam sustentáveis e que possibilitem uma melhor qualidade de vida aos clientes.

As plataformas de experiência são a base do Renascimento da Indústria do século 21, acelerando o conhecimento e know-how no contexto de mundos virtuais para transformar a maneira como as companhias inventam, aprendem, produzem e comercializam produtos.

Na nova era, não há nada mais humano do que colaborar e pensar, colocando o know-how à disposição das pessoas para imaginar, pensar e desenvolver novas experiências que ressignifiquem o que é ser, de fato, um humano.

Essa colaboração irá estimular a inovação sustentável e apoiar a tomada de decisões para a construção de um novo planeta muito mais sustentável.

* Mario Belesi é Diretor da Dassault Systèmes SOLIDWORKS para a América Latina.

Para mais informações sobre mercado de TI clique aqui…

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Planin Comunicação



O metaverso vem aí e está mais próximo do que você imagina

Você, assim como eu, já deve ter ouvido falar no Metaverso.


Indulto x Interferência de Poderes

As leis, como de corriqueira sabença, obedecem a uma ordem hierárquica, assim escalonadas: – Norma fundamental; – Constituição Federal; – Lei; (Lei Complementar, Lei Ordinária, Lei Delegada, Medida Provisória, Decreto Legislativo e Resolução).


Você e seu time estão progredindo?

Em qualquer empreitada, pessoal, profissional ou de times, medir resultados é crucial.


Propaganda eleitoral antecipada

A propaganda para as eleições neste ano só é permitida a partir do dia 16 de agosto.


Amar a si mesmo como próximo

No documentário “Heal” (em Português, “Cura”), disponível no Amazon Prime, há um depoimento lancinante de Anita Moorjani, que, em Fevereiro de 2006 chegou ao final de uma luta de quatro anos contra o câncer.


O peso da improbidade no destino das pessoas

O homem já em tempos pré-históricos se reunia em volta das fogueiras onde foi aperfeiçoada a linguagem humana.


Mercado imobiliário: muito ainda para crescer

Em muitos países, a participação do mercado imobiliário no Produto Interno Bruto (PIB) está acima de 50%, enquanto no Brasil estamos com algo em torno de 10%.


Entender os números será requisito do mercado de trabalho

Trabalhar numa empresa e conhecer os seus setores faz parte da rotina de qualquer colaborador. Mas num futuro breve esse conhecimento será apenas parte dos requisitos.


Quais os sintomas da candidíase?

A candidíase é uma infecção causada por uma levedura (um tipo de fungo) chamada Candida albicans.


Entenda o visto humanitário para ucranianos

A invasão da Ucrânia pela Rússia, iniciada em 24 de fevereiro, já levou mais de 4 milhões de ucranianos a deixarem seu país em busca de um lugar seguro.


Exigência de vacina não é motivo para rescisão indireta por motivo ideológico

Não se discute mais que cabe ao empregador, no exercício de seu poder diretivo e disciplinar, zelar pelo meio ambiente de trabalho saudável.


A governança de riscos e gestão em fintechs

Em complemento às soluções e instituições financeiras já existentes, o mercado de crédito ficou muito mais democrático com a expansão das fintechs.