Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como escolher o projetor ideal para o que você precisa?

Como escolher o projetor ideal para o que você precisa?

31/08/2012 Jorge Moreira Ferreira

Você já pensou em ter um projetor na sua casa? Muitos com certeza responderam que não, mas atualmente isso é algo bem comum nos lares brasileiros.

Isso porque os modernos projetores permitem se conectar a computadores, videogames, pen-drives, DVDs players, sistemas de alta definição e muito mais substituindo muitas das vezes os aparelhos de TV. A aplicação dos projetores ganhou mais possibilidades como apresentações em reuniões de negócio, trabalhos acadêmicos e entretenimento em bares/restaurantes, pois a compatibilidade com os formatos de arquivos também aumentou.

Agora você deve estar se perguntando: Com tantos modelos no mercado, como escolher o melhor projetor para a minha necessidade? Antes de tudo, é importante conhecer alguns recursos dos projetores na hora da escolha. Primeiramente, o projetor utiliza um canhão luminoso para exibir o conteúdo.

Para isso, é necessário que ele possua uma boa taxa de luminosidade, principalmente para ambientes com pouca luz. Essa é uma característica padronizada pela Ansi (American National Standards Institute) e é determinada pela medida Ansi lumens, uma taxa obtida por meio de diversas medições através da parte frontal da fonte de luz.

Quanto mais Ansi lumens um projetor tiver, maior será a luminosidade do seu canhão de luz. A luminosidade é um requisito fundamental, pois além de definir o tamanho da ampliação da imagem que será projetada, influencia na definição das cores, contraste, brilho e nitidez.

Os projetores com até 2.800 Ansi lumens são ideais para ambientes pequenos como salas de reuniões, salas de aula, salas de estar, home theater, bares e restaurantes. Já em ambientes maiores como auditórios, grandes salões, bares que transmitem eventos e jogos, é recomendado utilizar um aparelho que tenha no mínimo 3.000 Ansi lumens.

Vale avisar que a maioria dos equipamentos traz a taxa de luminosidade tanto para luz branca quanto colorida e você deve prestar atenção às duas. A resolução do projetor também é um fator determinante para a definição da qualidade da imagem. Existem três tipos de resoluções SVGA, XGA e WXGA. Para a apresentação simples de ppts em salas de reunião, que o projeto não vai ficar longe da tela, por exemplo, a SVGA que chega a 800 x 600 pixels é suficiente.

Para imagens que possuem muitos detalhes como tabelas e mapas, projetores com resolução XGA de 1024 x 768 são recomendados. Uma resolução maior como a WXGA de 1280 x 800 é indicada em casos de exibição de muitas informações, como desenhos técnicos e imagens 3D, por exemplo.

Outras dicas a serem avaliadas na hora da compra são:

•a distância de projeção. Dependendo do aparelho, para uma imagem de 60” o aparelho deve estar a 1,8 m de distância da tela. Então verifique antes;

• possuir tecnologia 3LCD, pois contam com três painéis de LCD, que proporcionam altas taxas de transmissão de luz e uma reprodução mais fiel das cores;

• ter entrada USB é fundamental. E ainda alguns modelos mais recentes de projetores possuem entrada HDMI, que transmitem áudio e vídeo de alta qualidade através de um único cabo, que pode ser usado para conectar aparelhos de Blu-Ray, videogames, reprodutor de DVDs, transmitindo imagens em alta definição, com um padrão superior ao sistema analógico.

• o fato de ser portátil. Se você vai precisar levar o projetor de um lugar a outro, isso é muito importante;• os novos recursos incorporados. Toda hora são lançados aparelhos que contam com novas funcionalidades como, por exemplo, interatividade, conexão a dispositivos móveis como iPhone, iPad e muito mais. 

Enfim, antes de comprar um determinado projetor, avalie bem para não levar muito mais do que precisa ou adquirir algo que em pouco tempo não atenda mais as suas necessidades. Boas compras!

Jorge Moreira Ferreira, diretor da D-Comp - empresa especializada em soluções de impressão, imagem e conectividade.



Nome comum pode ser bom, mas às vezes complica!

O nosso nome, primeira terceirização que fazemos na vida, é uma escolha que pode trazer as consequências mais diversas.

Autor: Antônio Marcos Ferreira


A Cilada do Narcisista

Nelson Rodrigues descrevia em suas crônicas as pessoas enamoradas de si mesmas com o termo: “Ele está em furioso enamoramento de si mesmo”.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Brasil, amado pelo povo e dividido pelos governantes

As autoridades vivem bem protegidas, enquanto o restante da população sofre os efeitos da insegurança urbana.

Autor: Samuel Hanan


Custos da saúde aumentam e não existe uma perspectiva que possa diminuir

Recente levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indica que os brasileiros estão gastando menos com serviços de saúde privada, como consultas e planos de saúde, mas desembolsando mais com medicamentos.

Autor: Mara Machado


O Renascimento

Hoje completa 2 anos que venci uma cirurgia complexa e perigosa que me devolveu a vida quase plena. Este depoimento são lembranças que gostaria que ficasse registrado em agradecimento a Deus, a minha família e a vários amigos que ficaram ao meu lado.

Autor: Eduardo Carvalhaes Nobre


Argentina e Venezuela são alertas para países que ainda são ricos hoje

No meu novo livro How Nations Escape Poverty, mostro como as nações escapam da pobreza, mas também tenho alguns comentários sobre como países que antes eram muito ricos se tornaram pobres.

Autor: Rainer Zitelmann


Marcas de um passado ainda presente

Há quem diga que a infância é esquecida, que nada daquele nosso passado importa. Será mesmo?

Autor: Paula Toyneti Benalia


Quais são os problemas que o perfeccionismo causa?

No mundo complexo e exigente em que vivemos, é fácil se deparar com um padrão implacável de perfeição.

Autor: Thereza Cristina Moraes


De quem é a América?

Meu filho tinha oito anos de idade quando veio me perguntar: “papai, por que os americanos dizem que só eles vivem na América?”.

Autor: Leonardo de Moraes


Como lidar com a dura realidade

Se olharmos para os acontecimentos apresentados nos telejornais veremos imagens de ações terríveis praticadas por pessoas que jamais se poderia imaginar que fossem capazes de decair tanto.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


O aumento da corrupção no país: Brasil, que país é este?

Recentemente, a revista The Economist, talvez a mais importante publicação sobre a economia do mundo, mostrou, um retrato vergonhoso para o Brasil no que diz respeito ao aumento da corrupção no país, avaliação feita pela Transparência Internacional, que mede a corrupção em todos os países do mundo.

Autor: Ives Gandra da Silva Martins


O voto jovem nas eleições de 2024

O voto para menores de 18 anos é opcional no Brasil e um direito de todos os adolescentes com 17 ou 16 anos completos na data da eleição.

Autor: Wilson Pedroso