Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como os dados podem ajudar a turbinar a gestão de pessoas

Como os dados podem ajudar a turbinar a gestão de pessoas

20/11/2020 Fernanda Jancso

Cada vez mais o termo People Analytics tem se disseminado no mercado empresarial.

Trata-se do uso de tecnologia para coletar, organizar e analisar as informações relacionadas aos funcionários de uma empresa para melhorar a performance dos colaboradores e os resultados de negócio.

Logo de início, quero deixar claro que se engana quem pensa que People Analytics é algo somente para grandes empresas. Vou me ater a um ponto específico e que todos conhecem, o recrutamento.

Independentemente do tamanho, todo gestor precisa saber quem está contratando e se esse novo recurso irá realmente agregar valor ao negócio, afinal contratar errado custa muito caro porque a empresa acaba perdendo todo o tempo e recursos financeiros que foram investidos com seleção, treinamento e desenvolvimento etc.

A metodologia People Analytics tem como objetivo facilitar e tornar mais ágil a gestão dos recursos humanos, fornecendo indicadores relevantes de cada funcionário na empresa, desde o início da sua jornada, na fase de contratação, passando pelo desenvolvimento e acompanhamento, até as fases de avaliação de performance e recompensa.

Com a pandemia da COVID-19 e a consequente aceleração da digitalização nas empresas, o People Analytics tem ganhado mais espaço na agenda dos gestores das empresas que buscam tomar decisões mais precisas baseadas em dados reais e não em cenários subjetivos, também conhecido como “achismo”.

Diante disso, o papel da área de RH ficou ainda mais relevante. As equipes precisam garantir o número certo de pessoas, com as habilidades certas e nos lugares certos para que a empresa possa atingir seus objetivos de negócios.

Com isso, muitas empresas estão incorporando à sua gestão o uso de tecnologia para melhorar a performance dos colaboradores e os resultados de negócio.

Na prática, os dados podem revelar rapidamente e de forma precisa respostas para uma série de informações que são fundamentais para a gestão de capital humano, como: Qual é o índice de turn-over de cada equipe? O quanto dessa rotatividade se refere a recursos que farão falta para a empresa? Quais aspectos e elementos tornam a minha empresa mais atrativa para os talentos que eu quero contratar? Como otimizar a distribuição e alocação dos meus headcounts?

Muitas vezes, chegar a essas respostas para tomar decisões baseadas em dados não é uma tarefa simples. Isso porque as informações sobre os funcionários, na maioria das empresas, estão espalhadas em diferentes sistemas que compõem a gestão de RH, como recrutamento e seleção, treinamento, folha de pagamento, gestão de performance e de benefícios etc.

Quando usado como uma ferramenta para otimizar toda a gestão de pessoas, o People Analytics oferece uma visão abrangente da gestão de pessoas com a combinação de dados dos principais sistemas de RH. Esse é, sem dúvida, uma de suas principais vantagens.

Com o People Analytics, é possível identificar comportamentos, preferências e pontos de desenvolvimento de competências dos funcionários que podem ser melhorados.

No final das contas, o gestor tem em mãos dados para melhorar situações relevantes como a diminuição da rotatividade de pessoas e a atração e retenção de profissionais qualificados. Desta forma, a empresa está mais apta a aumentar o engajamento e a produtividade dos seus colaboradores.

Outro aspecto, que é crucial para o sucesso da empresa, é reter seus talentos. Uma gestão de pessoas orientada a dados é capaz de identificar os funcionários com melhor desempenho, avaliar suas competências e moldar as suas carreiras com uma melhor definição dos objetivos, treinamento e desenvolvimento e aumentos de salário baseados em mérito.

Com esses insights, os gestores podem manter os funcionários motivados, enquanto expandem suas competências, preparando-os para ocupar funções mais sênior no futuro.

A aplicação do People Analytics é fundamental para o gestor tomar melhores decisões, sempre orientadas por dados que são a fotografia da empresa.

Desta forma, o gestor conhece melhor o comportamento e as características de seus recursos humanos, melhorando a segurança do processo de gestão de pessoas.

* Fernanda Jancso é líder de RH da MicroStrategy América Latina.

Fonte: ModoCon



A tragédia já foi. E agora?

Impossível não se sensibilizar e chocar com a situação do Rio Grande do Sul, atingido por chuvas sem precedentes que causaram inundações em grande parte do estado, da capital ao interior.

Autor: Janguiê Diniz


O preconceito que condena

O programa Fantástico da Rede Globo trouxe mais uma história de injustiça cometida pelo Poder Judiciário brasileiro contra um jovem preto e periférico.

Autor: Marcelo Aith


O risco de politização da tragédia no RS

O Brasil todo tem assistido, consternado, ao desastre ambiental que se abateu sobre o Rio Grande do Sul nos últimos dias.

Autor: Wilson Pedroso


Cavalo Caramelo e quando a água baixar

O final de Abril e o começo de Maio foram marcados pelo pior desastre ecológico da história do Rio Grande do Sul, com inundações, mortes e milhares de desabrigados e de pessoas ilhadas.

Autor: Marco Antonio Spinelli

Cavalo Caramelo e quando a água baixar

O fim da reeleição de governantes

Está tramitando pelo Congresso Nacional mais um projeto que revoga a reeleição de Presidente da República, Governador de Estado e Prefeito Municipal.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


PEC das drogas

O que esperar com a sua aprovação?

Autor: Marcelo Aith


PEC do Quinquênio simboliza a metástase dos privilégios no Brasil

Aprovar a PEC significará premiar, sem justificativa plausível, uma determinada categoria.

Autor: Samuel Hanan


O jovem e o voto

Encerrou-se no dia 8 de maio o prazo para que jovens de 16 e 17 anos pudessem se habilitar como eleitores para as eleições municipais deste ano.

Autor: Daniel Medeiros


Um mundo fragmentado

Em fevereiro deste ano completaram-se dois anos desde a invasão russa à Ucrânia.

Autor: João Alfredo Lopes Nyegray


Leitores em extinção

Ontem, finalmente, tive um dia inteiro de atendimento on-line, na minha casa.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Solidariedade: a Luz de uma tragédia

Todos nós, ou melhor dizendo, a grande maioria de nós, está muito sensibilizado com o que está sendo vivido pela população do Rio Grande do Sul.

Autor: Renata Nascimento


Os fios da liberdade e o resistir da vida

A inferioridade do racismo é observada até nos comentários sobre os cabelos.

Autor: Livia Marques