Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como revestir a casa de forma prática e com menor custo

Como revestir a casa de forma prática e com menor custo

28/10/2019 Simone Las Casas

Nos últimos anos, uma das novidades de maior destaque se traduz no surgimento dos revestimentos inteligentes.

O desenvolvimento da engenharia e de seu elo com a arquitetura possibilitam que novas ideias em decoração e ambientação surjam a cada dia, reunindo estilos particulares e valorizando importantes conceitos como a inovação, praticidade e custo-benefício. 

Nos últimos anos, uma das novidades de maior destaque destas áreas se traduz no surgimento dos revestimentos inteligentes.

Compatíveis a inúmeros ambientes, contextos e superfícies, essa nova ideia em revestimento também abarca grande versatilidade e economia, sem perder a estética elegante e imponente de seus materiais originários.

Ao garantir resultados de alta qualidade e durabilidade, em um menor período de tempo, este novo revestimento representa um profundo aperfeiçoamento dos processos de construção, reforma e decoração.

Atualmente, o principal exemplo deste tipo de revestimento no Brasil é o Ecogranito. Composto por uma massa acrílica de base aquosa, o produto é adaptável a superfícies planas, curvas ou de formatos irregulares, podendo ser aplicado em diversos materiais como o vidro, madeira, chapisco, reboco, placas cimentícias, drywall, policarbonato e isopor, entre outras.

Com a aparência final semelhante ao das rochas ornamentais do granito, o material é de aplicação mais célere e prática, e seus impactos são mínimos ao meio ambiente.

Além de paredes, o Ecogranito também pode ser usado para revestir outros itens decorativos, como vasos de plantas, churrasqueiras, bancadas, tampos de mesa, e dentre outros.

Outro exemplo de revestimentos versáteis são os em 3D. Comercializados, na maioria das vezes, em painéis de diversos tamanhos, este material garante uma performance mais flexível em vista da aplicação da matéria-prima original.

Já as paredes de tijolinhos são um exemplo da evolução em revestimentos internos e externos. Este tipo de trabalho resgata a aparência rústica das torres e palácios da Roma antiga, e hoje ganha uma versão mais atualizada em painéis de PVC, de rápida e fácil aplicação, e com um produto final dinâmico e cheio de personalidade.

Por fim, podemos falar sobre as múltiplas possibilidades que acompanham os revestimentos tridimensionais. Com eles, é possível combinar os estilos e propostas de cada ambiente.

Como por exemplo, um espaço que inspira modernidade e elegância, logo se pensa em revestimentos mais clássicos, talhados e conciliados às rochas ornamentais.

Porém, a extração dessa matéria em grande demanda, afeta sinuosamente o meio ambiente, bem como sua aplicação e comercialização de alto custo.

Por serem mais viáveis e garantirem a rápida entrega de obras e projetos, bem como a economia de gastos, os revestimentos tridimensionais se tornaram uma boa alternativa para construções.

Acredito que é essencial salientar que o mundo hoje opera ao passo da agilidade e praticidade, seja em qualquer setor do mercado.

Então, materiais que unam qualidade, agilidade, estética e menor custo, com certeza irão garantir melhores resultados e um baixo risco de surgimento de problemas estruturais futuros.

* Simone Las Casas é diretora de marketing da empresa Ecogranito.

Fonte: Naves Coelho Comunicações



Brasil, amado pelo povo e dividido pelos governantes

As autoridades vivem bem protegidas, enquanto o restante da população sofre os efeitos da insegurança urbana.

Autor: Samuel Hanan


Custos da saúde aumentam e não existe uma perspectiva que possa diminuir

Recente levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indica que os brasileiros estão gastando menos com serviços de saúde privada, como consultas e planos de saúde, mas desembolsando mais com medicamentos.

Autor: Mara Machado


O Renascimento

Hoje completa 2 anos que venci uma cirurgia complexa e perigosa que me devolveu a vida quase plena. Este depoimento são lembranças que gostaria que ficasse registrado em agradecimento a Deus, a minha família e a vários amigos que ficaram ao meu lado.

Autor: Eduardo Carvalhaes Nobre


Argentina e Venezuela são alertas para países que ainda são ricos hoje

No meu novo livro How Nations Escape Poverty, mostro como as nações escapam da pobreza, mas também tenho alguns comentários sobre como países que antes eram muito ricos se tornaram pobres.

Autor: Rainer Zitelmann


Como a integração entre indústria e universidade pode trazer benefícios

A parceria entre instituições de ensino e a indústria na área de pesquisa científica é uma prática consolidada no mercado que já rendeu diversas inovações em áreas como TI e farmacêutica.

Autor: Thiago Turcato


Marcas de um passado ainda presente

Há quem diga que a infância é esquecida, que nada daquele nosso passado importa. Será mesmo?

Autor: Paula Toyneti Benalia


Quais são os problemas que o perfeccionismo causa?

No mundo complexo e exigente em que vivemos, é fácil se deparar com um padrão implacável de perfeição.

Autor: Thereza Cristina Moraes


De quem é a América?

Meu filho tinha oito anos de idade quando veio me perguntar: “papai, por que os americanos dizem que só eles vivem na América?”.

Autor: Leonardo de Moraes


Como lidar com a dura realidade

Se olharmos para os acontecimentos apresentados nos telejornais veremos imagens de ações terríveis praticadas por pessoas que jamais se poderia imaginar que fossem capazes de decair tanto.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


O aumento da corrupção no país: Brasil, que país é este?

Recentemente, a revista The Economist, talvez a mais importante publicação sobre a economia do mundo, mostrou, um retrato vergonhoso para o Brasil no que diz respeito ao aumento da corrupção no país, avaliação feita pela Transparência Internacional, que mede a corrupção em todos os países do mundo.

Autor: Ives Gandra da Silva Martins


O voto jovem nas eleições de 2024

O voto para menores de 18 anos é opcional no Brasil e um direito de todos os adolescentes com 17 ou 16 anos completos na data da eleição.

Autor: Wilson Pedroso


Um novo e desafiador ano

Janeiro passou. Agora, conseguimos ter uma ideia melhor do que 2024 reserva para o setor de telecomunicações, um dos pilares mais dinâmicos e relevante da economia.

Autor: Rafael Siqueira