Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Contabilidade em prol do empreendedorismo

Contabilidade em prol do empreendedorismo

11/02/2013 Vagner Jaime Rodrigues

A pesquisa/2012 do Sebrae Nacional sobre empreendedorismo mostrou que a proporção dos brasileiros que almeja ter um negócio próprio é de 43,5% da população economicamente ativa.

É um índice significativamente maior do que os 24,7% que desejam fazer carreiras como funcionários de outras organizações. Não é sem razão, portanto, que, em um ranking de 67 países, o Brasil ocupe o quarto lugar quanto ao número de empreendedores. São 37 milhões de pessoas que já possuem um negócio ou realizaram alguma ação, nos meses anteriores à pesquisa, visando ao desenvolvimento de uma empresa própria.

Em 2012, 30,2% da população adulta,entre 18 e 64 anos, estavam envolvidos na criação ou administração de um negócio. Entre 2002 e 2012, essa taxa apresentou aumento de 44%, saltando de 20,9% para 30,2%. Trata-se, sem dúvida, de um ótimo sintoma para a economia nacional, na qual as micro e pequenas empresas são aproximadamente 97% de todo o parque corporativo e empregam praticamente metade da mão de obra nacional.

A longevidade dessas organizações, contudo, está longe de ser uma regra geral para a maioria nosprimeiros cinco anos de sua vida. Para garantir o sucesso desses empreendimentos, como, aliás, de qualquer outro, um dos principais requisitos é manter contabilidade e gestão eficientes. Sem esse equilíbrio, fica difícilmanter o foco e, portanto, o sucesso do negócio. Por essa razão, é fundamental que essas empresas contem com serviço de contabilidade e gestão especializado e especificamente concebido para seu perfil.

Afinal, não se pode dar os mesmos tratamentos tributário, de  fluxo decaixa, obrigações acessórias e outras questões alusivas à administração genericamente oferecidos a organizações de maior porte. Suas peculiaridades, que representam conquistas legislativas importantes ao longo do tempo, exigem conhecimento e personalização no atendimento às suas demandas. Assim, um serviço eficiente de gestão, contabilidade e consultoria tributária para as pequenas e microempresas deve incluir diagnóstico geral  sobre o seu modelo de administração empresa e proposição de soluções, adequadas.

Nessa fase inicial, é realizada uma análise crítica das práticas contábeis vigentes e treinamento de atualização para os novos modelos. Também são necessários treinamento para a mudança e definição de indicadores de desempenho. Obviamente, tais serviços são melhor realizados por empresas e profissionais conhecedores da realidade das pequenas e microempresas, com expertise nos tema.

É fundamental manter o foco correto. Com certeza, serviços de contabilidade e gestão altamente especializados nas pequenas e microempresas são essenciaispara o seu sucesso, crescimento e longevidade.

*Vagner Jaime Rodrigues é mestre em contabilidade e sócio da Trevisan Gestão & Consultoria.



O valor de uma obra

Naquela fria e sombria manhã de Inverno, do ano de 1967, estava à porta da “Livraria Silva”, na Praça de Sé, quando passa, de reluzentes divisas doiradas, o sargento Mário.


A pandemia, as perdas e o novo mundo

Apesar de, infelizmente, ter antecipado o fim da vida de 64,9 mil brasileiros e ainda estar por levar milhares de outros e prejudicar muitos na saúde ou na economia (ou em ambos), o coronavírus pode ser considerado um novo divisor de águas na sociedade.


7 dicas para se profissionalizar na comunicação virtual

De repente, veio a pandemia, a quarentena e, com elas, mudanças na rotina profissional e na forma de comunicação.


O sacrifício dos jovens

Mais de cem dias depois, a pandemia vai produzindo uma cauda longa de desarranjos que se fará sentir por muitos anos e esses efeitos vão atingir, principalmente, os mais jovens.


A “nova normalidade”

A denominada “nova normalidade” não venha nos empobrecer em humanidade.


A inevitável necessidade de prorrogação do auxílio emergencial

Recentemente, o ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou que o governo vai prorrogar por dois meses o pagamento do auxílio emergencial.


A empatia como chave para gestão de entregas e pessoas

Uma discussão que acredito ser muito pertinente em tempos de pandemia é como ficam, neste cenário quase caótico, as entregas?


Mass-Media “mascarada”

A semana passada, aventurei-me a sair, para um longo passeio, na minha cidade. Passeio a pé, porque ainda não frequentei o transporte público.


A quarentena e as artes

Schopenhauer foi um filósofo que penetrou no âmago do mundo.


O legado da possibilidade

Quando podemos dizer que uma coisa deu certo? O que é, afinal, um sucesso?


O que diabos está acontecendo?

A crise está a todo vapor e acelerando tendências que levariam décadas para se desenrolar.


STF e o inquérito do fim do mundo

Assim que o presidente da Suprema Corte determinou a abertura do inquérito criminal para apurar ameaças, fake news contra aquele sodalício, nomeando um dos ministros da alta corte para instaurá-lo, de ofício, com base no artigo 43 do Regimento Interno, não vi nenhuma ilegalidade.