Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Contrate um Coach já!

Contrate um Coach já!

23/03/2010 Marizete Furbino

"Maestros não sabem como o oboé faz o seu trabalho, mas eles sabem com o que o oboé deve contribuir." (Peter Ferdinand Drucker)

O presente tema vem realçar a importância do coach (profissional orientador) no mundo dos negócios, pois vivemos em meio a uma era global, altamente competitiva, onde o momento atual passa e sofre reflexos de uma crise econômica de ordem mundial; assim, o empreendedor deve pensar rapidamente em contratar um coach para atuar em sua empresa de forma a auxiliá-lo a permanecer no mercado e assim, não naufragar junto às correntezas adversas que porventura surgirem. Trata-se, portanto, de uma atitude sábia, principalmente pela conjuntura em que estamos vivenciando.

Vale ressaltar que um coach irá atuar de forma a analisar e a avaliar a sua empresa de maneira criteriosa, observando suas fraquezas, bem como suas forças, mas enxergando as ameaças e as oportunidades, de forma a contribuir e muito no que tange à sua permanência no mercado.

Assim, através do trabalho do coach a sua empresa terá maior probabilidade de alcançar os resultados esperados, aprendendo a planejar e a realizar estratégias para alcançar as metas desejadas.

Em adição, o coach, além de ajudar a sua empresa a inserir as pessoas certas nos lugares certos, propiciará capacitações necessárias ao desenvolvimento de toda a empresa, deixando bem claro para todos os componentes da empresa a importância de saber trabalhar em equipe, de saber dar e receber feedback e de exercer a função de forma a somar forças, habilidades, conhecimentos e talentos, trabalhando como um verdadeiro “time”, onde todos possam de fato se interagirem, se inter-relacionarem e se integrarem, de forma a atuarem com comprometimento,  motivação e envolvimento, em busca dos objetivos comuns da empresa.

Torna-se pertinente salientar que para que o coach exerça seu papel de forma brilhante, precisa da cooperação do coachee (cliente); assim, o coachee deve abrir de fato as portas da empresa para o coach, não escondendo nenhuma situação, sendo totalmente transparente. Isto irá facilitar todo o coaching (processo de trabalho), uma vez que o coach trabalha em cima da realidade, fazendo o diagnóstico, bem como a anamnese de toda a empresa, procurando desta forma enxergar quais os problemas e entraves existem na empresa para que, com precisão, defina o momento no qual deverá exercer suas funções e explorar o seu potencial. É seguramente dessa forma que todo o coaching resultará em êxito.

A esse respeito, tem-se compreendido que um coach é de fundamental importância para que sua empresa maximize produtividade e lucro e minimize tempo e custo, além de contribuir para que sua empresa faça a diferença e obtenha a excelência no seu segmento dentro das regras do mercado. 

A rigor, pode-se dizer que, contratando um coach, você estará contribuindo então para o desenvolvimento e crescimento de sua empresa; portanto, você estará fazendo um belo investimento. Não o encare como sendo um custo, pois, na realidade, sua empresa será beneficiada de forma compensadora.

Nesse sentido, um coach não somente ajudará os lideres de sua empresa a enxergar o valor que possui os recursos humanos que a compõem, como também os ensinará a ouvir os seus profissionais, propiciando um ambiente aberto, flexível, onde todos possam contribuir com suas idéias e ideais, compartilhando de todo o processo. Com essa estratégia, há amplas chances de se banir a palavra medo impregnada no vocabulário de seus colaboradores, mantendo assim um relacionamento aberto, baseado na confiança e no respeito mútuo, facilitando assim todo o processo de comunicação, colaboração e cooperação, além de contribuir para manter e reter os grandes talentos ali existentes.

Releva destacar que o coach ativará a memória de seus gerentes quanto à importância de estar sempre aberto a fazer, conquistar e zelar pelo seu networking, utilizando-se estratégias de forma a ser sempre lembrado. É ainda de sua competência mostrar também a importância da postura perante a vida profissional e pessoal, enfatizando a todos a necessidade do comportamento ético e coerente, assim como da atitude perante os demais parceiros na empresa, lembrando a todos da importância de se ter o equilíbrio emocional diante tudo e de todos.

Não fosse suficiente o exposto acima, acrescento ainda o cuidado ao se contratar um coach. Antes de contratá-lo, o coachee deve verificar e enxergar de fato a sua real importância para a empresa, deverá conhecer o coach, deverá sensibilizar todos os gerentes quanto ao trabalho a ser desenvolvido, para assim não haver nenhuma resistência; ao contrário, deixar claro para todos que o coach estará na empresa para somar forças, “arrumar a casa” de forma gradativa e dar sugestões de mudanças que achar necessário, em prol do bem-estar da empresa, mas deixando claro também que quem irá implementar as idéias de mudanças será a própria empresa e não o coach.

É prudente ainda informar que o coaching a ser desenvolvido tem todo um plano a seguir com objetivos claros e bem definidos, tendo um prazo de trabalho a ser cumprido; sendo assim, precisa do apoio, da transparência, da verdade e da compreensão de todos os componentes da “casa”, pois, somente com o apoio de todos os envolvidos o trabalho do coach, todo o processo irá fluir, desenvolver e render “frutos” à empresa.

* Marizete Furbino, com formação em Pedagogia e Administração pela UNILESTE-MG, especialização em Empreendedorismo, Marketing e Finanças pelo UNILESTE-MG. É Administradora, Consultora de Empresa e Professora Universitária no Vale do Aço/MG - e-mail: [email protected]



Marcas de um passado ainda presente

Há quem diga que a infância é esquecida, que nada daquele nosso passado importa. Será mesmo?

Autor: Paula Toyneti Benalia


Quais são os problemas que o perfeccionismo causa?

No mundo complexo e exigente em que vivemos, é fácil se deparar com um padrão implacável de perfeição.

Autor: Thereza Cristina Moraes


De quem é a América?

Meu filho tinha oito anos de idade quando veio me perguntar: “papai, por que os americanos dizem que só eles vivem na América?”.

Autor: Leonardo de Moraes


Como lidar com a dura realidade

Se olharmos para os acontecimentos apresentados nos telejornais veremos imagens de ações terríveis praticadas por pessoas que jamais se poderia imaginar que fossem capazes de decair tanto.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


O aumento da corrupção no país: Brasil, que país é este?

Recentemente, a revista The Economist, talvez a mais importante publicação sobre a economia do mundo, mostrou, um retrato vergonhoso para o Brasil no que diz respeito ao aumento da corrupção no país, avaliação feita pela Transparência Internacional, que mede a corrupção em todos os países do mundo.

Autor: Ives Gandra da Silva Martins


O voto jovem nas eleições de 2024

O voto para menores de 18 anos é opcional no Brasil e um direito de todos os adolescentes com 17 ou 16 anos completos na data da eleição.

Autor: Wilson Pedroso


Um novo e desafiador ano

Janeiro passou. Agora, conseguimos ter uma ideia melhor do que 2024 reserva para o setor de telecomunicações, um dos pilares mais dinâmicos e relevante da economia.

Autor: Rafael Siqueira


Desafios da proteção de dados e a fraude na saúde

Segundo o Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) R$ 34 bilhões dos gastos das operadoras médico-hospitalares com contas e exames, em 2022, foram consumidos indevidamente por fraudes, como, por exemplo, reembolso sem desembolso, além de desperdícios com procedimentos desnecessários no país.

Autor: Claudia Machado


Os avanços tecnológicos e as perspectivas para profissionais da área tributária

Não é de hoje que a transformação digital vem impactando diversas profissões.

Autor: Fernando Silvestre


Inteligência Artificial Generativa e o investimento em pesquisa no Brasil

Nos últimos meses, temos testemunhado avanços significativos na área da inteligência artificial (IA), especialmente com o surgimento da inteligência artificial generativa.

Autor: Celso Hartmann


Oppenheimer e Prometeu

Quando eu saí do cinema após ter visto “Oppenheimer” a primeira vez, falei para meu filho: “É Oscar de Melhor Filme, Melhor Ator, Melhor Ator Coadjuvante”.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Interferência política e a desvalorização da Petrobras

Recentemente, o presidente Lula chamou o mercado de voraz por causa das quedas no valor das ações da Petrobras equivalentes a aproximadamente 60 bilhões de reais.

Autor: Ives Gandra da Silva Martins