Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Educar para a vida

Educar para a vida

06/10/2013 Gilmar Silvério

Todos sabemos a importância da educação para o desenvolvimento humano e emancipação das pessoas.

Por isso, ela não pode ser tratada nem encarada, em hipótese alguma, como uma mera mercadoria. Esse direito, assegurado inclusive pela Constituição Federal, deve ser visto como uma conquista, uma evolução de cada um de nós ao longo dos anos. Estamos falando, portanto, de um processo que envolve o relacionamento entre vários atores sociais importantes: professores, pais, alunos, gestores da educação e a sociedade organizada.

Logo, um ensino de qualidade só será possível com a junção de esforços de todas essas pessoas. Para isso, é preciso envolver elementos como a sociabilidade, o acesso e a manipulação de conhecimentos produzidos pela humanidade, a compreensão, a experimentação e a expressão de todas as formas de convívio e de linguagens.

O ambiente adequado para propiciar essas condições é, por excelência, a escola. Ela deve estimular o convívio entre estudantes, professores, diretores e demais profissionais da área, além da comunidade local. A boa escola e o bom educador são aqueles que preparam, realmente, nossas crianças e jovens para se tornarem cidadãos capacitados a enfrentar os desafios do mundo.

Fazer isso significa despertar nos alunos valores ligados à solidariedade, à fraternidade e à paz, sempre respeitando as diferenças existentes entre as pessoas. O fato é que não há escola democrática e de qualidade sem a participação efetiva de todos os que nela estão direta ou indiretamente envolvidos.

Daí que o empenho e a dedicação dos profissionais de ensino no cumprimento de sua tarefa, muitas vezes de maneira ainda árdua, deve ser louvada e elogiada por quem acredita que outro mundo é possível: um mundo de pessoas críticas, conscientes e promotoras da justiça social.

*Gilmar Silvério é professor da rede estadual de ensino e secretário de Educação de Santo André.



Análise de dados e a saúde dos colaboradores nas empresas

Como a análise de dados está ajudando empresas a melhorar a saúde dos colaboradores.


16 senadores suplentes, sem votos, gozam das benesses no Senado

Quando o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), pretende colocar em votação Emenda Constitucional para acabar com a figura de SENADOR SUPLENTE?


Há tempos são os jovens que adoecem

Há alguns anos o Netflix lançou uma série chamada “Thirteen Reasons Why”, ou, em tradução livre, “As Treze Razões”.


Administração estratégica: desafios para o sucesso em seu escritório jurídico

Nos últimos 20 anos o mercado jurídico mudou significativamente.


Qual o melhor negócio: investir em ações ou abrir a própria empresa?

Ser um empresário ou empresária de sucesso é o sonho de muitas pessoas.


Intercooperação: qual sua importância no pós- pandemia?

Nos últimos dois anos, o mundo enfrentou a maior crise sanitária dos últimos 100 anos.


STF e a Espada de Dâmocles

O Poder Judiciário, o Ministério Público e a Polícia Investigativa são responsáveis pela persecução penal.


Lista tríplice, risco ao pacto federativo

Desde o tempo de Brasil-Colônia, a lista tríplice tem sido o instrumento para a nomeação de promotores e procuradores do Ministério Público.


ESG: prioridade da indústria e um mar de oportunidades

Uma pesquisa divulgada recentemente pelo IBM Institute for Business Value mostra que a sustentabilidade tem ocupado um lugar diferenciado no ranking de prioridades de CEOs pelo mundo se comparado a levantamentos anteriores.


Como conciliar negócios e família?

“O segredo para vencer todas as metas e propostas é colocar a família em primeiro lugar.”, diz a co-fundadora da Minucci RP, Vivienne Ikeda.


O limite do assédio moral e suas consequências

De maneira geral, relacionamento interpessoal sempre foi um grande desafio para o mundo corporativo, sobretudo no que tange aos valores éticos e morais, uma vez que cada indivíduo traz consigo bagagens baseadas nas próprias experiências, emoções e no repertório cultural particular.


TSE, STF e a censura prévia

Sabe-se que a liberdade de expressão é um dos mais fortes pilares da democracia.