Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Estratégias que encantam o consumidor

Estratégias que encantam o consumidor

20/07/2017 Ádila Ribeiro Berretella

O universo do consumidor e os bastidores para despertar o desejo de compra.

Quando o consumidor visita uma loja não imagina todos os esforços realizados para que as exposições e as vitrines estejam arrumadas de maneira a conquistá-lo. Pode parecer pouco, mas não é: há todo um planejamento e estratégia para que o produto se torne atrativo e, consequentemente, desperte o interesse pela compra.

Do mesmo modo, ao entrar em um hipermercado, o consumidor se depara com vários setores – alimentício, eletroportáteis, bazar, vestuário, beleza – em um único lugar, dando a ele a oportunidade de apreciar as novidades e, em alguns casos, fazer a experimentação do produto desejado.

É algo rotineiro para o consumidor, mas a arrumação, a limpeza e a criatividade do que está exposto estão sempre associadas com a estratégia de marketing da rede visitada e das marcas por ela comercializadas.

E para que tudo aconteça com a máxima sincronia – e dentro das regras –, os fornecedores seguem os layouts determinados pela rede ao realizar as exposições dos produtos por meio de seus promotores e repositores de vendas. Os estabelecimentos, além da equipe interna de funcionários, também contam, e muito, com o apoio do pessoal de promoção.

Talvez o consumidor não se atente, mas o televisor ligado no setor de eletroportáteis, com lindas imagens, sons e recursos foi premeditadamente “programado” para que ele imagine como ficaria na sala de sua casa e os benefícios que a sua Família teria com essa compra.

Ou uma promotora realizando degustação com um liquidificador incrível, potente e colorido, que resultou na elaboração daquela mousse divina. Ao passar pelo setor de bazar há uma exposição linda de uma mesa de jantar, com pratos, talheres, copos, guardanapos e jogo americano.

Será a partir dali que despertará no consumidor a ideia de como fazer o mesmo em casa, especialmente pontuando todos os itens indispensáveis para o mais agradável dos jantares.

Enquanto no setor de vestuário infantil os looks estão fantásticos com as mais variadas combinações, no de beleza, expositores com shampoos, cremes e maquiagens trazem lindas atrizes no material promocional.

Enfim, as possibilidades são inesgotáveis, mas tudo precisa ser feito rigorosamente dentro das regras e criteriosamente pensado. E, para isso, promotores e repositores são indispensáveis.

Mas como garantir os melhores espaços e pontos estratégicos dentro da loja para despertar ao máximo o desejo de compra no consumidor? É necessário seguir alguns passos:

- Ter produtos com embalagens chamativas e com fácil visualização dos diferenciais do produto;

- Dispor de materiais promocionais que apontem os benefícios dos produtos, como wobbler, testeiras, totem, móbile, faixa de gôndola, balões, cubos, papel forração etc;

- Criar um planograma dos produtos para que os promotores e repositores tenham direcionamento de como deverão expor os produtos;

- Desenvolver um calendário promocional com as datas festivas de cada mês e trabalhar com ações pontuais, como vitrines, degustações e demonstrações;

- Ter representantes da empresa como promotores, repositores e coordenadores visitando as lojas e criando relacionamento com gerentes e líderes do setor.

Diante de tantas opções de marcas oferecidas ao consumidor dentro de uma loja, é fundamental que as empresas desenvolvam estratégias para a sua marca ter destaque e consequentemente vendas.

* Ádila Ribeiro Berretella é diretora da TOP PEOPLE, empresa especializada em trade marketing e recrutamento e seleção.



O que esperar do mercado imobiliálio em 2024

Após uma forte queda em 2022, o mercado imobiliário brasileiro vem se recuperando e o ano de 2023 mostrou este avanço de forma consistente.

Autor: Claudia Frazão


Brasileiros unidos por um sentimento: a descrença nacional

Um sentimento – que já perdura algum tempo, a propósito - toma conta de muitos brasileiros: a descrença com o seu próprio país.

Autor: Samuel Hanan


Procurando o infinito

Vocês conhecem a história do dragãozinho que procurava sem parar o infinito? Não? Então vou te contar. Era uma vez….

Autor: Eduardo Carvalhaes Nobre


A reforma tributária é mesmo Robin Hood?

O texto da reforma tributária aprovado no Congresso Nacional no fim de dezembro encerrou uma novela iniciada há mais de 40 anos.

Autor: Igor Montalvão


Administrar as cheias, obrigação de Governo

A revolução climática que vemos enfrentando é assustadora e mundial. Incêndios de grandes proporções, secas devastadoras, tempestades não vistas durante décadas e uma série de desarranjos que fazem a população sofrer.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Escravidão Voluntária

Nossa única revolução possível é a da Consciência. Comer com consciência. Respirar com consciência. Consumir com consciência.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Viver desequilibrado

Na Criação, somos todos peregrinos com a oportunidade de evoluir. Os homens criaram o dinheiro e a civilização do dinheiro, sem ele nada se faz.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


Mar Vermelho: o cenário atual do frete marítimo e seus reflexos globais

Como bem sabemos, a crise bélica no Mar Vermelho trouxe consigo uma onda de mudanças significativas no mercado de frete marítimo nesse início de 2024.

Autor: Larry Carvalho


O suposto golpe. É preciso provas…

Somos contrários a toda e qualquer solução de força, especialmente ao rompimento da ordem constitucional e dos parâmetros da democracia.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Oportunidade de marketing ou marketing oportunista?

No carnaval de 2024, foi postada a notícia sobre o "Brahma Phone" onde serão distribuídas 800 unidades de celulares antigos para os participantes das festas de carnaval.

Autor: Patricia Punder


O gato que caiu dentro das latas de tinta

Todas as histórias começam com Era uma Vez… A minha não vai ser diferente.

Autor: Eduardo Carvalhaes Nobre


Apesar da polarização radical, brasileiros não abrem mão da Democracia

Desde as eleições presidenciais de 2018, temos percebido a intensificação da polarização política no país, com eleitores cada vez mais divididos.

Autor: Wilson Pedroso