Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Filho:preocupação financeira começa antes do nascimento

Filho:preocupação financeira começa antes do nascimento

05/02/2017 Reinaldo Domingos

Ter ou não um filho é uma decisão que, cada vez mais, leva em conta a questão financeira.

Filho:preocupação financeira começa antes do nascimento

A chegada de uma criança na família é uma alegria que exige um planejamento para garantir sua segurança em todas as etapas. Afinal, de acordo com cálculos da DSOP Educação Financeira, criar um filho do 0 aos 21 anos, para uma família com renda mensal de R$ 5 mil, fica em torno de R$ 400 mil.

Entre os principais gastos estão mobília do quarto, equipamentos (carrinho, banheira, etc.) enxoval, consultas médicas, exames, custos com o parto, fraldas, remédios, despesas com babá ou creche, educação, vestuário, presentes e festas em datas especiais, passeios, lazer, alimentação e saúde (assistência médica e odontológica), entre outros.

Enfim, ter um filho engloba muitos gastos, então é preciso garantir a realização de todas as etapas de sua vida com segurança. Para isso, recomendo que, com a antecedência de dois anos, já comece a guardar aproximadamente 25% do que se ganha para esse fim.

Para os que falam que isso não é possível, pode ter certeza que depois que a criança nascer isso terá que ser feito, assim, o melhor é se antecipar. Para quem não planejou, já teve ou terá um filho, o caminho é começar a adequar o seu padrão de vida a essa nova realidade e, por mais que os gastos pré-natais sejam pesados, buscar poupar parte do que ganha para criar uma reserva de emergência.

É fundamental ter em mente que sacrifícios devem ser feitos, mas que todos valerão a pena com a presença de mais um membro da família. Outro ponto primordial para os pais é planejar o futuro do filho e para tanto recomendo que comecem uma previdência privada para ele.

O pouco que se poupa hoje tende a se tornar muito quando o filho fizer 18 anos, já que os juros estarão trabalhando a seu favor. Para se ter ideia, se, quando a criança nascer, os pais começarem a poupar R$ 100 por mês (o que não é nenhum absurdo), em um tipo de investimento com rendimentos médios de 0,6% ao mês, com reajuste inflacionário de 10% ao ano, ao fim desse período terá garantido para o filho aproximadamente R$ 100 mil.

Um valor como esse possibilitará uma boa faculdade, pós-graduação e/ou uma viagem ao exterior. Assim, ter um filho é uma dádiva que a grande maioria das pessoas almeja e que, quando precedida por um planejamento financeiro, tende a acontecer com menor preocupação e maior aproveitamento dos momentos de alegria e realização.

* Reinaldo Domingos é doutor em educação financeira, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) e da DSOP Educação Financeira e autor do best-seller Terapia Financeira, do lançamento Diário dos Sonhos e da primeira Coleção Didática de Educação Financeira do Brasil.



O que esperar do mercado imobiliálio em 2024

Após uma forte queda em 2022, o mercado imobiliário brasileiro vem se recuperando e o ano de 2023 mostrou este avanço de forma consistente.

Autor: Claudia Frazão


Brasileiros unidos por um sentimento: a descrença nacional

Um sentimento – que já perdura algum tempo, a propósito - toma conta de muitos brasileiros: a descrença com o seu próprio país.

Autor: Samuel Hanan


Procurando o infinito

Vocês conhecem a história do dragãozinho que procurava sem parar o infinito? Não? Então vou te contar. Era uma vez….

Autor: Eduardo Carvalhaes Nobre


A reforma tributária é mesmo Robin Hood?

O texto da reforma tributária aprovado no Congresso Nacional no fim de dezembro encerrou uma novela iniciada há mais de 40 anos.

Autor: Igor Montalvão


Administrar as cheias, obrigação de Governo

A revolução climática que vemos enfrentando é assustadora e mundial. Incêndios de grandes proporções, secas devastadoras, tempestades não vistas durante décadas e uma série de desarranjos que fazem a população sofrer.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Escravidão Voluntária

Nossa única revolução possível é a da Consciência. Comer com consciência. Respirar com consciência. Consumir com consciência.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Viver desequilibrado

Na Criação, somos todos peregrinos com a oportunidade de evoluir. Os homens criaram o dinheiro e a civilização do dinheiro, sem ele nada se faz.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


Mar Vermelho: o cenário atual do frete marítimo e seus reflexos globais

Como bem sabemos, a crise bélica no Mar Vermelho trouxe consigo uma onda de mudanças significativas no mercado de frete marítimo nesse início de 2024.

Autor: Larry Carvalho


O suposto golpe. É preciso provas…

Somos contrários a toda e qualquer solução de força, especialmente ao rompimento da ordem constitucional e dos parâmetros da democracia.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Oportunidade de marketing ou marketing oportunista?

No carnaval de 2024, foi postada a notícia sobre o "Brahma Phone" onde serão distribuídas 800 unidades de celulares antigos para os participantes das festas de carnaval.

Autor: Patricia Punder


O gato que caiu dentro das latas de tinta

Todas as histórias começam com Era uma Vez… A minha não vai ser diferente.

Autor: Eduardo Carvalhaes Nobre


Apesar da polarização radical, brasileiros não abrem mão da Democracia

Desde as eleições presidenciais de 2018, temos percebido a intensificação da polarização política no país, com eleitores cada vez mais divididos.

Autor: Wilson Pedroso