Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Geração Y e as exigências do mundo corporativo

Geração Y e as exigências do mundo corporativo

18/08/2013 Lisia Beraldo

Em minhas experiências com jovens, eu sempre fico admirada com a fome deles de vencer.

Uma ambição sem limites. Respostas prontas e firmes quanto ao futuro: vou ser rico, vou ter meu próprio negocio, quero ser gerente e daí para mais.

O que é mais preocupante é que eles querem alcançar o topo pulando os degraus. Não há como fazer isso sem passar por experiências que será à base do seu conhecimento. É como fazer um bolo e não colocar os ovos para andar mais rápido, a massa não vai prestar.

Afinal como vão atuar como gestores e saber conciliar os conflitos que surgirem nas equipes?

Por isso é necessário desenvolver a maturidade profissional.

Essa impaciência, esse entusiasmo devem ser acompanhados de conhecimentos técnicos, de engajamento profissional, parcerias e muito aprendizado.

O caminho a trilhar necessita de persistência, flexibilidade, colaboração e autoconhecimento.

Muitos praticam o preconceito. Não querem aprender com os “velhos” de casa.

É preciso abrir a mente. Ter a capacidade de ouvir e estar aberto ao aprendizado.

Aceitar um feedback e fazer da crítica um ponto positivo e um desafio. Quem se adaptar vai evoluir e crescer na empresa. Mas o caminho é longo. Não podem desistir diante das barreiras e nem ficar trocando de emprego como se troca de roupa.

Essa geração é o futuro do país e as empresas têm feito esforços contínuos para prepará-los diante das exigências do mundo dos negócios. Não basta ter diploma. É preciso ter habilidades, competências, atitudes, ação e muita inteligência emocional.

E isso requer prática. Lidar com pessoas tem sido o dilema mais difícil até hoje. Como equilibrar e conciliar as prioridades da empresa e os interesses dos colaboradores?

Esses empreendedores serão bons líderes se souberem aproveitar seus talentos pessoais e intelectuais aliados ao objetivo da empresa. Incorporar uma postura desafiadora perante a realidade.

E a realidade não tem a ver com esperteza, caminhos fáceis, desvios para chegar mais rápido ao topo.

* Lisia Beraldo, Coaching de vida, Coaching de carreira e Coaching de liderança



Argentina e Venezuela são alertas para países que ainda são ricos hoje

No meu novo livro How Nations Escape Poverty, mostro como as nações escapam da pobreza, mas também tenho alguns comentários sobre como países que antes eram muito ricos se tornaram pobres.

Autor: Rainer Zitelmann


Como a integração entre indústria e universidade pode trazer benefícios

A parceria entre instituições de ensino e a indústria na área de pesquisa científica é uma prática consolidada no mercado que já rendeu diversas inovações em áreas como TI e farmacêutica.

Autor: Thiago Turcato


Marcas de um passado ainda presente

Há quem diga que a infância é esquecida, que nada daquele nosso passado importa. Será mesmo?

Autor: Paula Toyneti Benalia


Quais são os problemas que o perfeccionismo causa?

No mundo complexo e exigente em que vivemos, é fácil se deparar com um padrão implacável de perfeição.

Autor: Thereza Cristina Moraes


De quem é a América?

Meu filho tinha oito anos de idade quando veio me perguntar: “papai, por que os americanos dizem que só eles vivem na América?”.

Autor: Leonardo de Moraes


Como lidar com a dura realidade

Se olharmos para os acontecimentos apresentados nos telejornais veremos imagens de ações terríveis praticadas por pessoas que jamais se poderia imaginar que fossem capazes de decair tanto.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


O aumento da corrupção no país: Brasil, que país é este?

Recentemente, a revista The Economist, talvez a mais importante publicação sobre a economia do mundo, mostrou, um retrato vergonhoso para o Brasil no que diz respeito ao aumento da corrupção no país, avaliação feita pela Transparência Internacional, que mede a corrupção em todos os países do mundo.

Autor: Ives Gandra da Silva Martins


O voto jovem nas eleições de 2024

O voto para menores de 18 anos é opcional no Brasil e um direito de todos os adolescentes com 17 ou 16 anos completos na data da eleição.

Autor: Wilson Pedroso


Um novo e desafiador ano

Janeiro passou. Agora, conseguimos ter uma ideia melhor do que 2024 reserva para o setor de telecomunicações, um dos pilares mais dinâmicos e relevante da economia.

Autor: Rafael Siqueira


Desafios da proteção de dados e a fraude na saúde

Segundo o Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) R$ 34 bilhões dos gastos das operadoras médico-hospitalares com contas e exames, em 2022, foram consumidos indevidamente por fraudes, como, por exemplo, reembolso sem desembolso, além de desperdícios com procedimentos desnecessários no país.

Autor: Claudia Machado


Os avanços tecnológicos e as perspectivas para profissionais da área tributária

Não é de hoje que a transformação digital vem impactando diversas profissões.

Autor: Fernando Silvestre


Inteligência Artificial Generativa e o investimento em pesquisa no Brasil

Nos últimos meses, temos testemunhado avanços significativos na área da inteligência artificial (IA), especialmente com o surgimento da inteligência artificial generativa.

Autor: Celso Hartmann