Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Hidratação do corpo merece atenção especial

Hidratação do corpo merece atenção especial

10/03/2018 Dr. Pedro Rubens Pereira Junior

O calor excessivo provoca o aumento da transpiração, o que pode resultar na perda de água e minerais

Hidratação do corpo merece atenção especial

Em época de temperatura elevada na maior parte do país, as pessoas precisam ficar atentas aos cuidados com a saúde, principalmente com a hidratação do corpo. Isso porque o calor excessivo provoca o aumento da transpiração, o que pode resultar na perda de água e minerais e, consequentemente, causar sintomas como cansaço, dor de cabeça, desregulação do trânsito intestinal e tonturas.

Para evitar esse problema, é essencial consumir água, pois essa é a melhor maneira de combater a desidratação, além de ser essencial em todos os processos metabólicos vitais do organismo. O líquido é o grande responsável por manter o corpo em equilíbrio, digerir e absorver os alimentos, diminuir a densidade do sangue, minimizar o inchaço, regular a temperatura corporal, reduzir infecções e desintoxicar.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), para manter o corpo saudável, uma pessoa adulta deve beber entre oito e dez copos de água por dia (aproximadamente 2 litros), enquanto as crianças devem ingerir de quatro a seis copos. Nos dias mais quentes, porém, deve-se aumentar a ingestão. Quando falamos em hidratação, bebidas como os sucos de frutas - que, além de possuir água em sua composição, fornecem também diversos nutrientes ao organismo - são ótimas opções.

Outra que merece destaque é a água de coco, pois conta com composição semelhante à de líquidos corporais, contribuindo também para a reposição de minerais como o potássio, geralmente perdido pela transpiração. Nesse caso, a única ressalva é para as pessoas hipertensas e com deficiência renal, que precisam consumir com cautela, pois a bebida possui sódio entre seus nutrientes.

Para aqueles que praticam atividades físicas, a recomendação é apostar nas bebidas isotônicas, desenvolvidas para repor os líquidos e sais minerais perdidos pelo suor, o que garante uma melhora no desempenho esportivo - o ideal é consumir ao término de uma atividade física de alta intensidade. Também é importante destacar que os atletas que consomem líquidos da maneira correta apresentam temperatura interna mais baixa e melhor frequência cardíaca.

Mesmo com a correria do dia a dia, a ingestão de líquidos não pode ser deixada de lado. Para facilitar, escolha uma bebida que agrade o seu paladar (água, suco ou um chá gelado), coloque em uma garrafa e leve a todos os lugares aonde for, seja carro, trabalho, academia e até mesmo os cômodos de casa. Essa é a melhor maneira de se manter hidratado e colaborar com a sua saúde.

* Dr. Pedro Rubens Pereira Junior é coordenador do pronto-atendimento adulto do HSANP, centro hospitalar de média complexidade localizado na zona norte de São Paulo.



Trabalhadores de aplicativos: necessidades e vulnerabilidades diferentes

A tecnologia é uma realidade cotidiana irreversível. As plataformas, potencializadas pelos reflexos da pandemia da Covid-19, estão inseridas nas principais atividades da vida humana.

Autor: Ricardo Pereira de Freitas Guimarães


O que é direita? O que é esquerda?

O Brasil sofreu uma enorme polarização política nos últimos anos; mas afinal, o que é esquerda ou direita na política?

Autor: Leonardo de Moraes


Reparação mecânica e as tendências para 2024

No agitado mundo automotivo, as tendências e expectativas para 2024 prometem transformar o mercado de reparação de veículos.

Autor: Paulo Miranda


Política não evoluiu no período pós-redemocratização

O que preocupa é a impressão de que no Brasil não mais existem pessoas dedicadas, honestas e com boas intenções dispostas a entrar na política.

Autor: Luiz Carlos Borges da Silveira


Manifestação da paulista: exemplo de civilidade e democracia

Vivenciamos no último domingo, 25/02/2024, um dos maiores espetáculos da democracia.

Autor: Bady Curi Neto


Rio 459 anos: batalhas deram origem à capital carioca

Diversas lutas e conquistas deram origem à capital carioca. Começo pelo dia em que Estácio de Sá venceu uma grande batalha contra os nativos que viviam no território da atual cidade do Rio de Janeiro.

Autor: Víktor Waewell


Números da economia no governo Lula

Déficit de 231 bilhões de reais: um furo extraordinário.

Autor: Ives Gandra da Silva Martins


Lá vai Maria

Lata d’água na cabeça Lá vai Maria Lá vai Maria

Autor: Osvaldo Luiz Silva


O combate ao etarismo em favor da dignidade da pessoa idosa

É fundamental compreender que o envelhecimento é um processo natural e que todos nós, se tivermos a sorte de viver tempo suficiente, nos tornaremos idosos.

Autor: André Naves


Qual é o futuro do ser humano?

No planeta Terra a vida tem sido, em grande parte, moldada por materialistas que examinam a situação, planejam, estabelecem os objetivos e os põem em execução.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


Liderança desengajada é obstáculo para uma gestão de mudanças eficaz

O mundo tem experimentado transformações como nunca antes, impulsionadas por inovações tecnológicas, crises econômicas e transições geracionais, dentre outros acontecimentos.

Autor: Francisco Loureiro


Neoindustrialização e a nova política industrial

Com uma indústria mais produtiva e competitiva, com equilíbrio fiscal, ganha o Brasil e a sociedade.

Autor: Gino Paulucci Jr.