Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Junho é o mês do amor e da reflexão

Junho é o mês do amor e da reflexão

27/05/2023 Cristiane Martins

O mês de junho é o mês do amor, mas também é o mês de reflexão, já que no dia 12 de junho comemoramos o Dia de Conscientização da Cardiopatia Congênita.

Mas o que é Cardiopatia Congênita (CC)? As CC são malformações cardíacas que ocorrem durante a formação do bebê dentro do útero materno.

Embora para alguns o termo seja desconhecido, este tipo de anormalidade é extremamente frequente acometendo 1 em cada 100 crianças que nascem e em 80% dos casos ocorreram em casais sem nenhum fator de risco detectável. E qual a consequência de um bebê nascer com alguma cardiopatia congênita?

Embora a maioria das cardiopatias sejam consideradas simples, ou seja, de resolução espontânea ou tratáveis através de procedimentos intervencionistas (cateterismo cardíaco) ou através de cirurgias de baixa complexidade, até 30 % das doenças cardíacas podem apresentar evolução extremamente grave após o nascimento ocupando a triste posição de 3ª causa de óbito após o nascimento.

Segundo dados do Ministério da Saúde nascem no Brasil cerca de 23.000 crianças por ano com uma cardiopatia congênita, porém, poucas conseguem ser atendidas em centros especializados.

O mês de junho é o momento de celebrar as conquistas conseguidas no tratamento cada vez mais das cardiopatias congênitas, mas também temos que usar essa data para conscientizar a população sobre as doenças cardíacas congênitas e sobre a importância do diagnóstico de maneira precoce.

Mas como diagnosticar uma cardiopatia congênita? Idealmente, o diagnóstico de uma CC deveria ser ainda em fase intrauterina.

O coração do feto está completamente formado a partir de 8 semanas e as alterações cardíacas podem ser detectadas de forma tão precoce quanto 18 semanas de gestação.

Já a ultrassonografia fetal, um exame realizado por especialista em coração fetal, consegue detectar aproximadamente 98% dos DCC e até 100% dos defeitos cardíacos graves.

O ideal é que ela seja realizada por volta da 26ª semana de gestação ou mais precoce caso o ultrassom morfológico suspeite de alguma alteração.

O objetivo da Ecocardiografia fetal não é o tratamento de uma cardiopatia em fase fetal, embora isto possa ser feito em alguns tipos de cardiopatia, a maior contribuição da ecocardiografia é o de ter tempo para programar o nascimento do bebê em um centro de referência reduzindo o stress com transferência inter- hospitalar além de acolher os familiares fragilizados diante do diagnóstico de uma CC.

Muitas vezes, estes bebês nascem e saem das maternidades sem um diagnóstico de CC e neste caso o pediatra pode detectar alguma alteração e encaminhar estas crianças para avaliação cardiológica.

* Cristiane Martins é coordenadora da cardiologia pediátrica do Biocor Instituto/Rede D'Or e presidente do Departamento de Cardiopatias Congênitas e Cardiologia Pediátrica da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC).

Para mais informações sobre cardiopatia congênita clique aqui…

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: Naves Coelho Comunicação



A tragédia já foi. E agora?

Impossível não se sensibilizar e chocar com a situação do Rio Grande do Sul, atingido por chuvas sem precedentes que causaram inundações em grande parte do estado, da capital ao interior.

Autor: Janguiê Diniz


O preconceito que condena

O programa Fantástico da Rede Globo trouxe mais uma história de injustiça cometida pelo Poder Judiciário brasileiro contra um jovem preto e periférico.

Autor: Marcelo Aith


O risco de politização da tragédia no RS

O Brasil todo tem assistido, consternado, ao desastre ambiental que se abateu sobre o Rio Grande do Sul nos últimos dias.

Autor: Wilson Pedroso


Cavalo Caramelo e quando a água baixar

O final de Abril e o começo de Maio foram marcados pelo pior desastre ecológico da história do Rio Grande do Sul, com inundações, mortes e milhares de desabrigados e de pessoas ilhadas.

Autor: Marco Antonio Spinelli

Cavalo Caramelo e quando a água baixar

O fim da reeleição de governantes

Está tramitando pelo Congresso Nacional mais um projeto que revoga a reeleição de Presidente da República, Governador de Estado e Prefeito Municipal.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


PEC das drogas

O que esperar com a sua aprovação?

Autor: Marcelo Aith


PEC do Quinquênio simboliza a metástase dos privilégios no Brasil

Aprovar a PEC significará premiar, sem justificativa plausível, uma determinada categoria.

Autor: Samuel Hanan


O jovem e o voto

Encerrou-se no dia 8 de maio o prazo para que jovens de 16 e 17 anos pudessem se habilitar como eleitores para as eleições municipais deste ano.

Autor: Daniel Medeiros


Um mundo fragmentado

Em fevereiro deste ano completaram-se dois anos desde a invasão russa à Ucrânia.

Autor: João Alfredo Lopes Nyegray


Leitores em extinção

Ontem, finalmente, tive um dia inteiro de atendimento on-line, na minha casa.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Solidariedade: a Luz de uma tragédia

Todos nós, ou melhor dizendo, a grande maioria de nós, está muito sensibilizado com o que está sendo vivido pela população do Rio Grande do Sul.

Autor: Renata Nascimento


Os fios da liberdade e o resistir da vida

A inferioridade do racismo é observada até nos comentários sobre os cabelos.

Autor: Livia Marques