Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Liderança feminina – uma voz cada vez mais escutada

Liderança feminina – uma voz cada vez mais escutada

08/03/2018 Reinaldo Passadori

O empoderamento feminino é uma realidade fundamental a ser aceita.

A evolução de nossa sociedade proporcionou às mulheres, a possibilidade de alcançarem maior espaço no meio corporativo e nos negócios. Ainda há muito a conquistar, mas felizmente os avanços são diários. O empoderamento feminino é uma realidade fundamental a ser aceita.

No contexto empresarial, por exemplo, tenho observado que as mulheres estão galgando posições que antes só eram limitadas aos homens, mas, o mais importante é que incorporam às organizações uma característica própria que é a liderança pelo diálogo e não pela truculência.

A capacidade de comunicação das mulheres é destaque sendo fruto de diversos fatores, no entanto, observo uma busca intensa e contínua pelo desenvolvimento de habilidades, ou seja, por perceber que as dificuldades são maiores, as mulheres possuem uma preocupação maior em se capacitarem.

Característica essa necessária para o alcance de cargos de gestão que exigem cada vez mais qualificações. Por outro lado, um fator cada vez menos utilizado pelo mercado na contratação de uma mulher está relacionado a questão estética, uma vez que, hoje as contratações estão diretamente relacionadas a qualidade profissional e a responsabilidade como profissional.

Ou seja, hoje as mulheres afirmam com orgulho: “Estou aqui por que conquistei o espaço”. E essa afirmação é ainda mais condizente com a realidade já que essa valorização tem como característica aquilo que vem de dentro para fora. Ou seja, ela primeiramente percebe seu valor para depois deixar isso claro para o meio em que se relaciona.

E nesse ponto a comunicação tem um papel primordial. Além disso, nesses termos, o sexo feminino tem características primordiais que devem ser valorizadas e até mesmo copiadas pelos homens, como é o caso de uma sensibilidade mais aguçada no lidar com as situações e a intuição de saber se posicionar melhor perante as adversidades. Além é claro, do charme e astúcia que se mostram em sua comunicação.

Porém, mesmo frente a essas qualidades é primordial que a comunicação passe por constante capacitação e ajustes, pois, somente isso permitirá que a mulher dê ainda mais ênfase às suas qualidades e também aprimore e assimile novos conceitos que poderão fortalecer ainda mais a sua qualidade profissional.

Em resumo, a mulher tem enfrentado e quebrado muitas dessas barreiras, principalmente pelo seu esforço, valorizando cada vez mais estudos e especializações. Assim, por mais que muitas das mudanças passem pela conscientização de todos, um dos principais recursos favoráveis à valorização da mulher continua sendo a habilidade de se comunicar bem.

* Reinaldo Passadori é especialista em Comunicação Verbal e presidente do Instituto Passadori Educação Corporativa.



O Papa e a homossexualidade

O Papa Francisco declarou que as uniões homossexuais devem ser legalmente reconhecidas.


O PIB e os processos migratórios do ensino superior

As vidas de Alexandre e Letícia se encontraram quando se conheceram em uma grande universidade particular da capital paranaense – ela cursava Comunicação e ele, Engenharia.


Falsos profetas da renda variável

Os juros sempre foram altos no Brasil.


Mutilações Subjetivas: Holocausto Escolar

Indignar-se! Envergonhar-se! Esperançar-se! Já dizia o poeta Walter Franco, “viver é afinar o instrumento (que somos nós!), de dentro pra fora, de fora pra dentro”.


Longevidade e perspectivas na oncologia

As campanhas como Outubro Rosa e Novembro Azul têm o papel essencial de alertar a população para as doenças oncológicas.


Um verdadeiro estadista

Agora, aos 85 anos, completados em maio, a pandemia fez com que Mujica decidisse pela renúncia a um cargo que, como explicou, exige muito contato com a população.


A participação política dos profissionais da educação

Precisamos ser voz daqueles que não tem voz, usar nossa influência para que os parlamentares saibam que sem o voto, eles não podem continuar na vida pública.


O Líder da Consciência Empresarial Humanizada

Iniciei este trabalho sem muita clareza sobre o tema “Quem são os nossos líderes no mundo novo?”.


Aprender português com o Eça

Não sou filólogo nem purista, nem sequer escritor. Limito-me a ser modesto cronista, e deixo fugir – para minha vergonha, – calinadas, que muito me desgostam.


Uma paz ruim é melhor do que uma boa guerra

Em uma edição recente de um jornal, o Embaixador do Azerbaijão fez um esforço para justificar a agressão de seu país – a guerra mais feroz por enquanto do século XXI – contra Nagorno-Karabakh.


O stress e a inadimplência

O cenário econômico brasileiro não é dos melhores.


Fatos, opiniões e a sorte da Democracia

Comecemos com uma afirmação: “verdade é aquilo que não podemos modificar”.