Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Liderança inclusiva

Liderança inclusiva

05/05/2023 André Naves

A atividade empresarial, assim como a vida cotidiana de todos nós, exige, para a obtenção de prosperidade e desenvolvimento, um rito de liderança claro e eficiente, baseado na tomada de decisões adaptáveis a novos desafios, até mesmo para superá-los, transformando eventuais crises em oportunidades.

Dessa maneira, a liderança empresarial está intimamente ligada à gestão de crises e oportunidades, constituindo-se como verdadeiro motor da atividade econômica e do próprio negócio.

Nesse sentido, o método usado na escolha das decisões a serem tomadas é determinante, tanto para o sucesso como para a ruína empresarial.

Em outras palavras, um método decisório eficiente e enxuto, que seja sensível às inovações técnicas e de mercado, é fundamental para o bom desempenho econômico.

Ou seja, as decisões devem ser marcadas pela tônica da agilidade e adaptabilidade, ainda mais em um cenário de crescente inovação tecnológica.

Mas para que essa tomada de decisões, ágil, adaptável e eficiente, seja concretizada com sucesso, faz-se necessária uma minuciosa, e veloz, análise dos desafios presentes e futuros, por diversos pontos de vista - diferentes, porém complementares.

São essas diversas perspectivas acerca de uma mesma problemática que formam, em seu conjunto, a chamada liderança inclusiva, formada por uma equipe de pessoas plurais e diversas, cada uma com diferentes opiniões que, se levadas igualmente em consideração, podem, coletivamente, construir a chave para a superação de obstáculos.

As equipes de liderança, responsáveis por escolhas e decisões, precisam, não apenas, ser diversas, isso é, ser compostas de pessoas plurais. É necessário que também sejam inclusivas!

Por mais diversas que sejam, precisam ter igual protagonismo nas decisões e nos debates. É sempre bom lembrar que é do diálogo franco e acolhedor, ainda que conflituoso, que a criatividade é estimulada.

Para que soluções inovadoras surjam, pessoas diferentes devem contar com o mesmo espaço de protagonismo na construção coletiva de melhores alternativas para os negócios.

É esse o motivo pelo qual podemos assegurar que a Liderança Inclusiva é ótima para os negócios: com igual protagonismo de individualidades plurais e emancipadas, as melhores soluções para os presentes e futuros desafios são construídas a partir de uma lucrativa construção coletiva!

* André Naves é Defensor Público Federal, especialista em Direitos Humanos e Inclusão Social; Mestre em Economia Política.

Para mais informações sobre liderança inclusiva clique aqui…

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: Ex-Libris Comunicação Integrada



Primeiro semestre: como estão as metas traçadas para 2024?

O que mais escutamos nas conversas é: “Já estamos em junho! E daqui a pouco é Natal!”

Autor: Elaine Ribeiro


Proliferação de municípios, caminho tortuoso

Este é um ano de eleições municipais no Brasil. Serão eleitos 5.570 prefeitos, igual número de vice-prefeitos e milhares de vereadores.

Autor: Samuel Hanan


“Vaquinha virtual” nas eleições de 2024

A campanha para as eleições municipais de 2024 ainda não foi iniciada de fato, mas o financiamento coletivo já está autorizado.

Autor: Wilson Pedroso


Cotas na residência médica: igualdade x equidade

Um grande amigo médico, respeitado, professor, preceptor de Residentes Médicos (com letras maiúsculas), indignado com uma reportagem publicada, em periódico do jornal Estado de São Paulo, no dia 05 do corrente mês, enviou-me uma cópia, requestando que, após a leitura, tecesse os comentários opinativos.

Autor: Bady Curi Neto


O impacto das enchentes no RS para a balança comercial brasileira

Nas últimas semanas, o Brasil tem acompanhado com apreensão os estragos causados pelas enchentes no Rio Grande do Sul.

Autor: André Barros


A força do voluntariado nas eleições

As eleições de 2022 contaram com mais de 1,8 milhão de mesários e mesárias, que trabalharam nos municípios de todo o país. Desse total, 893 mil foram voluntários.

Autor: Wilson Pedroso


A força da colaboração municipal

Quando voltamos nossos olhares para os municípios brasileiros espalhados pelo país, notamos que as paisagens e as culturas são diversas, assim como as capacidades e a forma de funcionamento das redes de ensino, especialmente aquelas de pequeno e médio porte.

Autor: Maíra Weber


As transformações universais que afetam a paz

Recentemente a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP) aprovou projeto proposto pelo governo estadual paulista para a criação de escola cívico-militar.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


Por um governo a favor do Brasil

A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos estados, dos municípios e do Distrito Federal, constitui-se em estado democrático de direito e tem como fundamentos a soberania, a cidadania, a dignidade da pessoa humana, os valores sociais do trabalho, da livre iniciativa e do pluralismo político.

Autor: Samuel Hanan


Coração de Stalker

Stalking vem do Inglês e significa Perseguição. Uma perseguição obsessiva, implacável, com envolvimento amoroso e uma tentativa perversa de controle.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Na crise, informação

“Na gestão da crise, é muito importante a informação.” Com esta sentença afirmativa, o governador do Rio Grande do Sul abriu sua participação no Roda Viva, da TV Cultura.

Autor: Glenda Cury


Hiperconectividade: desafio ou poder da geração Alpha?

Qual adulto diante de um enigma tecnológico não recorreu ao jovem mais próximo? Afinal, “eles já nasceram com o celular!”.

Autor: Jacqueline Vargas