Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Minas, um encontro de riquezas!

Minas, um encontro de riquezas!

16/03/2021 Wirley Reis

Minas Gerais é além de nós! Como disse o poeta, Minas Gerais é um estado de espírito.

E é isso que estamos redescobrindo, de forma abrangente e internacional, com as últimas notícias divulgadas pela imprensa mundial acerca dos destinos turísticos do Brasil e do mundo.

Nessas matérias, Minas ocupa, em todas elas, posição de destaque, sempre figurando entre os melhores destinos de nosso país, de nosso continente e do planeta.

Temos que nos orgulhar muito disso, divulgar e dizer que o nosso maior patrimônio é o povo das Minas Gerais.

Povo nascido da junção do ouro com o estrangeiro, da culinária com o encontro de raças, das culturas com a natureza local. Essa é a Minas profunda, um estado surgido do que era improvável, por isso tão admirado e cultuado.

Vale lembrar que Minas Gerais foi eleito o melhor destino turístico do Brasil para se viajar internamente, em enquete realizada em 2019 por um dos maiores jornais do país.

No final do ano passado chegou a notícia internacional de que Minas Gerais é também uma das dez regiões mais acolhedoras do mundo para o turismo.

Esse ranking global foi o resultado da premiação Traveller Review Awards 2021, da plataforma de reservas on-line Booking.com, que homenageia os parceiros de acomodações e transporte que oferecem os melhores serviços em hospitalidade, segundo os clientes da plataforma.

Minas Gerais figurou entre destinos conhecidos de Taiwan, Eslováquia, Canadá e Estados Unidos. Isso vem apenas aferir, mais uma vez, o que já sabemos há anos.

Reunimos aqui todas as condições para receber o turista nacional e internacional e essa acolhida passa por todas as dimensões do turismo, desde a cultural, histórica, natural, gastronômica, de aventuras, arquitetônica, religiosa, de vivências e social.

Agora, novamente, recebemos a confirmação de que Minas Gerais ocupa um posto relevante no cenário turístico brasileiro.

A premiação da plataforma de reservas on-line, a mesma que concedeu a Minas o título de um dos destinos mais acolhedores do mundo, publicou no início de fevereiro a lista de cidades brasileiras mais acolhedoras do país.

E Minas Gerais figura novamente em posição de destaque. De acordo com a premiação Traveller Review Awards 2021, Minas abriga três das dez regiões mais acolhedoras do Brasil.

Na lista divulgada pela Booking.com, Monte Verde, distrito de Camanducaia, no extremo no Sul de Minas, aparece em segundo lugar. Já Lavras Novas, distrito de Ouro Preto, na região central, está na sétima posição.

Quem fecha o rol dos locais mais acolhedores do país, ocupando o 10º lugar, é a Serra do Cipó, compreendida pelo município de Santana do Riacho, também na região central de Minas Gerais.

O que temos até aqui é o reconhecimento externo, de pessoas que viajam por Minas e descobrem seus muitos tesouros guardados por entre nossas montanhas.

Mais do que nunca é preciso subir no alto dessas serras e propagar em alto e bom som para todo o mundo o muito que temos por aqui. Além de uma acolhida única e inigualável em nosso país.

* Wirley Reis é prefeito de Itapecerica e presidente da Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais.

Para mais informações sobre Minas Gerais clique aqui…

Fonte: Petrônio Souza



Governar com economia e sem aumentar impostos

Depois de alguns tiros no pé, como as duas Medidas Provisórias que o presidente editou com o objetivo de revogar ou inviabilizar leis aprovadas pelo Congresso Nacional - que foram devolvidas sem tramitação - o governo admite promover o enxugamento de gastos.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


A poderosa natureza

O dinheiro é um vírus que corrompe tudo e quando a pessoa se “infecta”, dificilmente se livra.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


A maior eleição do mundo e o nacionalismo hindu

O ano de 2024 está sendo considerado o superano das eleições pelo mundo. Ao todo, mais de 50 países terão pleitos variados, dentre os quais o Brasil e os Estados Unidos.

Autor: João Alfredo Lopes Nyegray


8 de janeiro

Venho aqui versar a defesa dos patriotas do “mal”

Autor: Bady Curi Neto


Aborto legal e as idiossincrasias reinantes no Congresso Nacional

A Câmara dos Deputados, em uma manobra pouco ortodoxa do seu presidente, aprovou, nessa semana, a tramitação em regime de urgência do Projeto de Lei nº 1904/2024, proposto pelo deputado Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), integrante da ala bolsonarista e evangélica, que altera, sensivelmente, as regras de tratamento do crime de aborto.

Autor: Marcelo Aith


Há solução para as enchentes, mas será que há vontade?

Entre o fim de abril e o início de maio de 2024, a maior tragédia climática da história se abateu sobre o Rio Grande do Sul.

Autor: Alysson Nunes Diógenes


Primeiro semestre: como estão as metas traçadas para 2024?

O que mais escutamos nas conversas é: “Já estamos em junho! E daqui a pouco é Natal!”

Autor: Elaine Ribeiro


Proliferação de municípios, caminho tortuoso

Este é um ano de eleições municipais no Brasil. Serão eleitos 5.570 prefeitos, igual número de vice-prefeitos e milhares de vereadores.

Autor: Samuel Hanan


“Vaquinha virtual” nas eleições de 2024

A campanha para as eleições municipais de 2024 ainda não foi iniciada de fato, mas o financiamento coletivo já está autorizado.

Autor: Wilson Pedroso


Cotas na residência médica: igualdade x equidade

Um grande amigo médico, respeitado, professor, preceptor de Residentes Médicos (com letras maiúsculas), indignado com uma reportagem publicada, em periódico do jornal Estado de São Paulo, no dia 05 do corrente mês, enviou-me uma cópia, requestando que, após a leitura, tecesse os comentários opinativos.

Autor: Bady Curi Neto


O impacto das enchentes no RS para a balança comercial brasileira

Nas últimas semanas, o Brasil tem acompanhado com apreensão os estragos causados pelas enchentes no Rio Grande do Sul.

Autor: André Barros


A força do voluntariado nas eleições

As eleições de 2022 contaram com mais de 1,8 milhão de mesários e mesárias, que trabalharam nos municípios de todo o país. Desse total, 893 mil foram voluntários.

Autor: Wilson Pedroso