Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Não, imprensa, quem venceu no Canadá foi a esquerda

Não, imprensa, quem venceu no Canadá foi a esquerda

03/11/2015 Alexandre Borges

Fiquem alertas: os semi-analfabetos da imprensa bananeira estão traduzindo “liberal”, no sentido americano/canadense (esquerda), por “liberal” (direita), como se entende no Brasil ou na Europa.

É um erro cometido até por alguns dicionários, mas não se engane: o que americanos e canadenses chamam de “liberal” não tem nada de liberal.

E qualquer um minimamente familiarizado com política deveria saber disso. Os jornalistas investem nessa confusão para que você vote em esquerdistas achando que vota em liberais, mas não caia no truque.

A palavra “liberal” nos EUA e no Canadá é usada para esquerdistas, lá o PT seria “liberal”. Os direitistas nesses países são chamados de “conservatives” e “classic liberals”.

Muitos brasileiros caem nessa armadilha por conta da guinada ideológica da política por aqui. Como o PSDB, mesmo sendo um partido de centro-esquerda, é chamado de “direita” pelos petistas, inclusive os da imprensa, muito brasileiro confunde “esquerda” com “extrema-esquerda” e “social democracia”, “centro-esquerda” ou “socialismo europeu” com “direita” .

O único partido “liberal clássico” do Brasil hoje é o Partido Novo, que acaba de nascer. Quem venceu as eleições no Canadá foi a esquerda e é um erro absurdo escrever “liberais no poder”, como nessa matéria.

É como se o tradutor não soubesse que “football” por lá é um jogo que se joga com bola oval e usando as mãos. Justin Trudeau, o novo primeiro-ministro eleito, é tão esquerdista quanto Barack Obama.

Na Europa, o termo “liberal” assume seu sentido original, o mesmo que usamos no Brasil: defensores do estado como um garantidor da segurança e da ordem e não um engenheiro social ativo que quer redesenhar a sociedade segundo as taras ideológicas da burocracia estatal e radicais da academia.

Não aceite essa terminologia de forma alguma no Brasil, já que não há nada de liberal num esquerdista, a não ser em relação aos seus instintos fisiológicos. Para todo resto, sua agenda é controlar, regular, taxar e proibir.

Todo texto político dos EUA ou Canadá em que aparecer o termo “liberalism” você deve entender “esquerdismo”, “progressismo” ou “socialismo”.

Traduzir “liberal” em inglês da América do Norte como “liberal” em português é tão ridículo e absurdo como dizer que “push” é “puxar”, “college” é “colégio”, “actually” é “atualmente” ou “enroll” é “enrolar”. Chega de enrolação.

* Alexandre Borges é carioca, comentarista político e publicitário.



Missão do avô

Na família os avós são conselheiros dos pais e dos netos.


A importância das relações governamentais e institucionais

As relações governamentais e institucionais têm sido um instrumento de alta relevância para qualquer organização no atual momento político brasileiro.


Namoro na adolescência: fato ou fake?

O início da adolescência coincide com o final do Ensino Fundamental, fase em que desabrocham as paixões e, com elas, o convite: “quer namorar comigo?”.


Autobiografias: revelações das experiências em família

A curiosidade de muitas pessoas sobre a (auto) biografia de personalidades tem se tornado cada vez mais crescente, nos últimos anos.


What a wonderful world

Louis Daniel Armstrong foi um cantor e instrumentista nascido na aurora do século 20, e foi considerado “a personificação do jazz”.


A violência doméstica

Em Portugal, desde o início do ano, apesar de se combater, por todos os meios, a violência na família, contam-se já mais de uma dezena de mulheres, assassinadas.


O desrespeito ao teto constitucional e o ativismo judicial

O ativismo do Executivo e do Judiciário está “apequenando” o Legislativo.


Indicadores e painéis urbanos aliados à administração pública

A cidade com fatos visualizados está remodelando a forma como os cidadãos e gestores vêm a conhecê-la e governá-la.


Os perigos do Transporte Aéreo Clandestino

Os regulamentos aeronáuticos buscam estabelecer critérios mínimos a serem seguidos pelos integrantes da indústria em questão.


A agenda do dia seguinte

A reforma da Previdência será aprovada no Congresso, salvo fatos graves e imprevistos. A dúvida, hoje, se restringe a quanto será, efetivamente, a economia do governo, em dez anos, já que as estimativas variam entre 500 a 900 bilhões de reais.


Comissão de Justiça e Paz

A CJP de Vitória foi criada em 1978 pelos Bispos Dom João Baptista da Motta e Albuquerque e Dom Luís Gonzaga Fernandes.


A sabedoria dos mineiros em ajudar os menos favorecidos

Há quatro organizações não governamentais de assistência social situadas em Belo Horizonte que estão fazendo um trabalho maravilhoso para ajudar os menos favorecidos.