Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Nascemos nus

Nascemos nus

22/09/2014 Natália Vilarouca

Você nasceu nu. O primeiro alimento que você ganhou proveio dos instintos maternos da tua mãe. Teus primeiros passos te conduziram ao chão. E nem sempre o choro foi o suficiente para que os outros satisfizessem teus desejos.

Nem sempre você foi correspondido no amor. Adoeceu, curou-se, voltou a adoecer. A esta altura da vida, a morte já deve ter se pronunciado na ausência de alguém próximo, trazendo a lembrança de um futuro inexorável. Seus olhos marejaram e já formaram lágrimas inteiras. O seu coração já deve ter batido muito forte também.

Alegria, medo, raiva, ódio, receio. Nem sempre você teve esperança. Esperança é um estado de espírito difícil. É uma voz surda. É a expectativa do silêncio. Há quem diga que ela é nosso maior tesouro. Há quem diga que ela nos faz piores. O seu corpo deve carregar alguma cicatriz. A queda na corrida, o escorregão na escada, o golpe certeiro no treino de boxe. Ou a palavra dita na hora errada, uma notícia incômoda, a derrota. Não se pode ganhar sempre. Essas marcas nada mais são do que lembranças de que você continua vivo.

*Natália Vilarouca é Acadêmica de Direito da UNIFOR e Especialista do Instituto Liberal.



Análise de dados e a saúde dos colaboradores nas empresas

Como a análise de dados está ajudando empresas a melhorar a saúde dos colaboradores.


16 senadores suplentes, sem votos, gozam das benesses no Senado

Quando o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), pretende colocar em votação Emenda Constitucional para acabar com a figura de SENADOR SUPLENTE?


Há tempos são os jovens que adoecem

Há alguns anos o Netflix lançou uma série chamada “Thirteen Reasons Why”, ou, em tradução livre, “As Treze Razões”.


Administração estratégica: desafios para o sucesso em seu escritório jurídico

Nos últimos 20 anos o mercado jurídico mudou significativamente.


Qual o melhor negócio: investir em ações ou abrir a própria empresa?

Ser um empresário ou empresária de sucesso é o sonho de muitas pessoas.


Intercooperação: qual sua importância no pós- pandemia?

Nos últimos dois anos, o mundo enfrentou a maior crise sanitária dos últimos 100 anos.


STF e a Espada de Dâmocles

O Poder Judiciário, o Ministério Público e a Polícia Investigativa são responsáveis pela persecução penal.


Lista tríplice, risco ao pacto federativo

Desde o tempo de Brasil-Colônia, a lista tríplice tem sido o instrumento para a nomeação de promotores e procuradores do Ministério Público.


ESG: prioridade da indústria e um mar de oportunidades

Uma pesquisa divulgada recentemente pelo IBM Institute for Business Value mostra que a sustentabilidade tem ocupado um lugar diferenciado no ranking de prioridades de CEOs pelo mundo se comparado a levantamentos anteriores.


Como conciliar negócios e família?

“O segredo para vencer todas as metas e propostas é colocar a família em primeiro lugar.”, diz a co-fundadora da Minucci RP, Vivienne Ikeda.


O limite do assédio moral e suas consequências

De maneira geral, relacionamento interpessoal sempre foi um grande desafio para o mundo corporativo, sobretudo no que tange aos valores éticos e morais, uma vez que cada indivíduo traz consigo bagagens baseadas nas próprias experiências, emoções e no repertório cultural particular.


TSE, STF e a censura prévia

Sabe-se que a liberdade de expressão é um dos mais fortes pilares da democracia.