Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Novos materiais podem revelar bons nichos no mercado

Novos materiais podem revelar bons nichos no mercado

14/05/2017 Marco Colosio

É hora de identificar oportunidades que possam revelar bons nichos no mercado.

Em recuperação de uma fase amarga, enfrentada nos últimos dois anos em consequência da recessão local, a indústria automotiva sinaliza a procura por novos produtos para ganhar competitividade e conquistar novos mercados.

Neste cenário de desafios, a engenharia deve se concentrar em aplicações de materiais que realmente acrescentem valor aos veículos. Essa é a regra principal. Não há tempo a perder com temas secundários.

Hoje a principal busca é a redução de custo, que pode ser obtida, por exemplo, com o desenvolvimento de projetos mais robustos, que façam o emprego de aços avançados e outros materiais mais leves, a exemplo de compósitos e alumínios. É sempre válida a discussão sobre o custo por quilo.

Isto é, o material pode ser mais caro a princípio, mas o produto final pode ser mais barato se o material for usado em menor quantidade. Mas não basta somente dispor de novos materiais se não houver domínio de novos processos, que permitam eficientes aplicações nos veículos, como soldagens ou até fixações por adesivo.

Os novos materiais apresentam características diferentes, que necessitam de conhecimentos também diferentes. Sem a disseminação dessas experiências, o risco é estacionar em alguns processos.

Para a criação de ambiente favorável de crescimento, com novas rotas de pesquisa e desenvolvimento de produtos, é fundamental o conhecimento dos processos que viabilizem o uso dos materiais como, por exemplo, aplicação de aços estampados a quente (PHS – Press Harderning Steel), soldagem de aços de alta resistência e soldagem de alumínio.

Todos esses processos são hoje temas de primeira linha para a indústria nacional. Especialistas de diferentes setores da cadeia automotiva, responsáveis por materiais, processos e produtos, estarão reunidos para debater o assunto no 10º Simpósio SAE BRASIL de Novos Materiais e Aplicações na Mobilidade, que será realizado no Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), em São Paulo, nos dias 6 e 7 de junho.

É hora de identificar oportunidades que possam revelar bons nichos no mercado. Nesta edição, o encontro abordará o avanço dos aços, com foco em produtos de aços planos, longos e inoxidáveis, a presença crescente do alumínio nos produtos da carroceria (BIW) e a forte promessa dos compósitos para a melhoria de desempenho e a redução de peso, além do vasto campo de aplicações dos materiais em peças automotivas, com ênfase nos novos processos de manufatura.

* Marco Colosio é gerente de Engenharia do Produto da General Motors do Brasil e chairperson do 10º Simpósio SAE BRASIL de Novos Materiais e Aplicações na Mobilidade.



Liderança desengajada é obstáculo para uma gestão de mudanças eficaz

O mundo tem experimentado transformações como nunca antes, impulsionadas por inovações tecnológicas, crises econômicas e transições geracionais, dentre outros acontecimentos.

Autor: Francisco Loureiro


Neoindustrialização e a nova política industrial

Com uma indústria mais produtiva e competitiva, com equilíbrio fiscal, ganha o Brasil e a sociedade.

Autor: Gino Paulucci Jr.


O fim da ‘saidinha’, um avanço

O Senado Federal, finalmente, aprovou o projeto que acaba com a ‘saidinha’ (ou ‘saidão’) que vem colocando nas ruas milhares de detentos, em todo o país, durante os cinco principais feriados do ano.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


O Brasil e a quarta chance de deixar a população mais rica

O Brasil é perseguido por uma sina de jogar fora as oportunidades. Sempre ouvimos falar que o Brasil é o país do futuro. Um futuro que nunca alcançamos. Vamos relembrar as chances perdidas.

Autor: J.A. Puppio


Dia Bissexto

A cada quatro anos, a humanidade recebe um presente – um presente especial que não pode ser forjado, comprado, fabricado ou devolvido – o presente do tempo.

Autor: Júlia Roscoe


O casamento e a política relacional

Uma amiga querida vem relatando nas mesas de boteco a saga de seu filho, que vem tendo anos de relação estável com uma moça, um pouco mais velha, que tem uma espécie de agenda relacional bastante diferente do rapaz.

Autor: Marco Antonio Spinelli


O que esperar do mercado imobiliálio em 2024

Após uma forte queda em 2022, o mercado imobiliário brasileiro vem se recuperando e o ano de 2023 mostrou este avanço de forma consistente.

Autor: Claudia Frazão


Brasileiros unidos por um sentimento: a descrença nacional

Um sentimento – que já perdura algum tempo, a propósito - toma conta de muitos brasileiros: a descrença com o seu próprio país.

Autor: Samuel Hanan


Procurando o infinito

Vocês conhecem a história do dragãozinho que procurava sem parar o infinito? Não? Então vou te contar. Era uma vez….

Autor: Eduardo Carvalhaes Nobre


A reforma tributária é mesmo Robin Hood?

O texto da reforma tributária aprovado no Congresso Nacional no fim de dezembro encerrou uma novela iniciada há mais de 40 anos.

Autor: Igor Montalvão


Administrar as cheias, obrigação de Governo

A revolução climática que vemos enfrentando é assustadora e mundial. Incêndios de grandes proporções, secas devastadoras, tempestades não vistas durante décadas e uma série de desarranjos que fazem a população sofrer.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Escravidão Voluntária

Nossa única revolução possível é a da Consciência. Comer com consciência. Respirar com consciência. Consumir com consciência.

Autor: Marco Antonio Spinelli