Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Biometria: o futuro na ponta dos dedos

Biometria: o futuro na ponta dos dedos

25/09/2013 Marcelo Neves

A cada 15 segundos alguém é vítima de uma tentativa de roubo de identidade no Brasil.

Para diminuir esta estatística, países investem cada vez mais em tecnologias seguras que possam reduzir a fragilidade de seus sistemas.

Uma destas tecnologias, que tem sido mais difundida nos últimos meses e se mostra muito eficaz, é a biometria. Biometria é a técnica automatizada de medição de um traço pessoal ou característica física e sua comparação a informações previamente armazenadas numa base de dados para fins de identificação positiva de um indivíduo.

As técnicas de biometria, principalmente a impressão digital, há muitos anos vêm sendo utilizadas por governos e suas autoridades públicas ao redor do mundo no cadastramento e identificação de cidadãos. Sinais biométricos são gravados diariamente em bases de dados e também em documentos eletrônicos, como é o caso dos passaportes de muitas nações. Obviamente os registros nas bases de dados devem prover a vinculação dos sinais biométricos com as demais informações de cada indivíduo: sinais biométricos + dados biográficos + dados legais.

Com a massificação do uso dos smartphones e tablets, estes se tornam canais muito interessantes e atrativos para a geração de novos negócios. Hoje já existem dispositivos biométricos que se conectam externamente a smartphones, como leitores de digitais, de assinaturas e até mesmo leitores da íris para iPhone. Ainda é necessário que tais recursos de leitura biométrica sejam totalmente integrados, ou embarcados, aos dispositivos móveis, o que já começa a acontecer, para que tenhamos uma massa crítica interessante.

A Unisys atua no desenvolvimento de soluções integradas de segurança que contemplam tecnologias para captura, armazenamento e verificação de sinais biométricos, como impressões digitais, íris, foto, padrão de veias da palma das mãos etc. Uma dessas tecnologias, conhecida como Library of Electronic Identity Artifacts (LEIDA) é capaz de gerenciar todo o ciclo de vida de identidade biométrica, biográfica e legal de uma pessoa, desde a captura e geração da base de dados, garantia de qualidade baseada em padrões e normas internacionais de identificação biométrica, emissão de credenciais como smart cards e verificação da identidade, desde a consulta 1 para 1 onde verifica-se se uma biometria realmente corresponde a quem uma pessoa diz ser, até a consulta 1 para n, onde busca-se identificar uma pessoa contra uma base de 1, 10 ou centenas de milhões de registros.

Na ótica da gestão de pessoas e ativos nas empresas, o uso da biometria pode ser um forte aliado no controle de acesso físico às suas instalações e no controle de acesso local ou remoto às suas redes corporativas. Um exemplo é o controle de empregados e visitantes uma vez que torna mandatória a presença física nos pontos de verificação, não sendo mais obrigatório o uso de crachás e a lembrança de senhas e PINs.

Os pontos de verificação incluem os pontos de acesso lógico (estações de trabalho compartilhadas ou não, laptops, smartphones etc) e pontos de acesso físico (por exemplo, acesso ao data center da empresa). Todo ano a Unisys promove uma pesquisa em diversos países para avaliar a percepção dos cidadãos em diversos aspectos relacionados à segurança, gerando um índice nacional. O relatório deste ano indicou que 75% dos mais de 1.000 brasileiros ouvidos afirmaram confiar de alguma forma na capacidade dessas tecnologias biométricas para proteger suas transações financeiras.

Do total de participantes que expressaram confiança na utilização de recursos por biometria, 29% responderam estar ‘muito confiantes’. Quando o tema é segurança, torna-se fundamental desenvolver soluções integradas e convergentes de forma que as empresas possam habilitar o uso de tendências inovadoras ao invés de bloqueá-las, de modo a contribuir para o crescimento de receita, redução de custos e a criação de novos e lucrativos canais de transações comercias.

* Marcelo Neves é especialista em segurança e diretor da unidade de Tecnologia, Consultoria e Soluções de Integração (TCIS) da Unisys Brasil.



Marcas de um passado ainda presente

Há quem diga que a infância é esquecida, que nada daquele nosso passado importa. Será mesmo?

Autor: Paula Toyneti Benalia


Quais são os problemas que o perfeccionismo causa?

No mundo complexo e exigente em que vivemos, é fácil se deparar com um padrão implacável de perfeição.

Autor: Thereza Cristina Moraes


De quem é a América?

Meu filho tinha oito anos de idade quando veio me perguntar: “papai, por que os americanos dizem que só eles vivem na América?”.

Autor: Leonardo de Moraes


Como lidar com a dura realidade

Se olharmos para os acontecimentos apresentados nos telejornais veremos imagens de ações terríveis praticadas por pessoas que jamais se poderia imaginar que fossem capazes de decair tanto.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


O aumento da corrupção no país: Brasil, que país é este?

Recentemente, a revista The Economist, talvez a mais importante publicação sobre a economia do mundo, mostrou, um retrato vergonhoso para o Brasil no que diz respeito ao aumento da corrupção no país, avaliação feita pela Transparência Internacional, que mede a corrupção em todos os países do mundo.

Autor: Ives Gandra da Silva Martins


O voto jovem nas eleições de 2024

O voto para menores de 18 anos é opcional no Brasil e um direito de todos os adolescentes com 17 ou 16 anos completos na data da eleição.

Autor: Wilson Pedroso


Um novo e desafiador ano

Janeiro passou. Agora, conseguimos ter uma ideia melhor do que 2024 reserva para o setor de telecomunicações, um dos pilares mais dinâmicos e relevante da economia.

Autor: Rafael Siqueira


Desafios da proteção de dados e a fraude na saúde

Segundo o Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) R$ 34 bilhões dos gastos das operadoras médico-hospitalares com contas e exames, em 2022, foram consumidos indevidamente por fraudes, como, por exemplo, reembolso sem desembolso, além de desperdícios com procedimentos desnecessários no país.

Autor: Claudia Machado


Os avanços tecnológicos e as perspectivas para profissionais da área tributária

Não é de hoje que a transformação digital vem impactando diversas profissões.

Autor: Fernando Silvestre


Inteligência Artificial Generativa e o investimento em pesquisa no Brasil

Nos últimos meses, temos testemunhado avanços significativos na área da inteligência artificial (IA), especialmente com o surgimento da inteligência artificial generativa.

Autor: Celso Hartmann


Oppenheimer e Prometeu

Quando eu saí do cinema após ter visto “Oppenheimer” a primeira vez, falei para meu filho: “É Oscar de Melhor Filme, Melhor Ator, Melhor Ator Coadjuvante”.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Interferência política e a desvalorização da Petrobras

Recentemente, o presidente Lula chamou o mercado de voraz por causa das quedas no valor das ações da Petrobras equivalentes a aproximadamente 60 bilhões de reais.

Autor: Ives Gandra da Silva Martins