Portal O Debate
Grupo WhatsApp


O novo perfil dos supermercados

O novo perfil dos supermercados

16/05/2014 Izaias Berni

Ir ao supermercado não é tarefa das mais simples, mesmo para os apaixonados por compras, das mais básicas aos estoques mensais, o passeio requer tempo e paciência do consumidor.

Talvez seja esse um dos principais motivos para encontrarmos, cada vez mais, supermercados que se assemelham a shoppings centers e dispõem de diversos serviços para aqueles que passam muito tempo no local. De acordo com dados divulgados pela Associação Paulista de Supermercados (Apas), os hipermercados cresceram 5,5% em 2013 e os supermercados 9,3%. No total, o setor faturou R$ 272 bilhões no ano passado, o que nos dá dimensão do potencial supermercadista.

Pegando carona na ascensão do setor, um segundo mercado é impactado positivamente: o de alimentação fora do lar. Isso porque o novo perfil dos estabelecimentos contempla verdadeiros centros gastronômicos que incorporam restaurantes, cafés e fast-foods. Quem escolhe o período da manhã para fazer a compra do mês, por exemplo, pode tomar um café ou almoçar no próprio supermercado. O mesmo acontece para quem opta pelo final da tarde, podendo lanchar ou jantar no local.

Frente a esse cenário as empresas alocadas nos supermercados precisam se equipar com produtos que ofereçam alta produtividade e, ao mesmo tempo, que se adequem a espaços menores. Nesse sentido, a indústria que servia apenas aos restaurantes, hoje serve às padarias, hotéis e até aos supermercados. O que nos permite concluir com esse movimento é que cada vez mais diferentes setores precisam se atualizar e se adaptar aos novos hábitos do consumidor.

*Izaias Berni é diretor comercial da Cozil, indústria que há 29 anos cria e desenvolve equipamentos para cozinhas profissionais.



Mass-Media “mascarada”

A semana passada, aventurei-me a sair, para um longo passeio, na minha cidade. Passeio a pé, porque ainda não frequentei o transporte público.


A quarentena e as artes

Schopenhauer foi um filósofo que penetrou no âmago do mundo.


O legado da possibilidade

Quando podemos dizer que uma coisa deu certo? O que é, afinal, um sucesso?


O que diabos está acontecendo?

A crise está a todo vapor e acelerando tendências que levariam décadas para se desenrolar.


STF e o inquérito do fim do mundo

Assim que o presidente da Suprema Corte determinou a abertura do inquérito criminal para apurar ameaças, fake news contra aquele sodalício, nomeando um dos ministros da alta corte para instaurá-lo, de ofício, com base no artigo 43 do Regimento Interno, não vi nenhuma ilegalidade.


As décadas de 20

A mais agitada década de vinte de todas foi a do século XX.


Nós acreditamos!

A história ensina lições. Muitas lições.


A saúde do profissional de educação em tempos de pandemia

Muitos profissionais tiveram que se adaptar por causa da pandemia.



“Quem viva?! …”

Contava meu pai, com elevada graça, que tivemos antepassado, muito desenrascado, que sempre encontrava resposta pronta, na ponta da língua.


Super-mãe. Eu?

Lembro-me de um episódio que aconteceu há alguns anos atrás e que fez com que eu refletisse seriamente sobre meu comportamento de mãe.


Inaugurada a era das assembleias virtuais

A pandemia acelera a digitalização nos condomínios.