Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O que contou pastor quando visitou convento católico

O que contou pastor quando visitou convento católico

11/11/2021 Humberto Pinho da Silva

Nas últimas décadas do século XX, estive com Yung, ilustre pastor luterano, quando este foi convidado a visitar convento franciscano.

Receberam-nos de braços abertos, com a franqueza e a simplicidade peculiar dos franciscanos. Fomos acompanhados, na visita, pelo Frei Martinho. Durante longo tempo, conversamos sobre a inconveniência da divisão da Igreja de Cristo.

A propósito, o pastor, concordando a lamentável separação, argumentou ter a vantagem de haver entre as várias denominações, mais incentivo, maior vontade de levar Cristo, ainda mais longe.

A certo momento, da interessante e proveitosa conversa, o conhecido pastor, narrou o que lhe aconteceu, quando pregava, nos Estados Unidos, com o fim de angariar fundos para as missões.

Pelo cair do crepúsculo, de dia soalheiro, bateu à porta de moradia, cercada de viçoso gramado. Abriram-lhe a porta.

Chegou a ampla e sombria sala, onde casal, com filhos, estavam estirados no chão, de pés nus, a ver TV. Disse-lhes ao que vinha. O dono da casa, virando-se para o Reverendo, disse-lhe:

- Vai ao meu escritório. Abre a primeira gaveta, e tira tantos dólares.

Estranhou, o pastor, o a vontade, e ainda mais a confiança, que faziam nele.

Foi ao escritório. Abriu a gaveta e ficou atónico: estava recheada de notas… Tirou a quantia combinada, e foi despedir-se, agradecendo a generosidade e a confiança depositada

Em resposta, ouviu o seguinte:

- Não é pastor?! Porque havia de desconfiar!?… 

Concluiu o sacerdote: qual o crente, na América Latina, e mesmo em Portugal, confiava assim num padre ou pastor?

E eu fiquei a pensar: Pena é que não seja assim, em toda a parte. Como seria bom, que os crentes tivessem total confiança nos ministros de Deus. Que devem dar o exemplo de: honradez, lealdade, e honestidade.

Infelizmente, há de tudo…

* Humberto Pinho da Silva

Para mais informações sobre Igreja clique aqui…

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!



Dia Bissexto

A cada quatro anos, a humanidade recebe um presente – um presente especial que não pode ser forjado, comprado, fabricado ou devolvido – o presente do tempo.

Autor: Júlia Roscoe


O casamento e a política relacional

Uma amiga querida vem relatando nas mesas de boteco a saga de seu filho, que vem tendo anos de relação estável com uma moça, um pouco mais velha, que tem uma espécie de agenda relacional bastante diferente do rapaz.

Autor: Marco Antonio Spinelli


O que esperar do mercado imobiliálio em 2024

Após uma forte queda em 2022, o mercado imobiliário brasileiro vem se recuperando e o ano de 2023 mostrou este avanço de forma consistente.

Autor: Claudia Frazão


Brasileiros unidos por um sentimento: a descrença nacional

Um sentimento – que já perdura algum tempo, a propósito - toma conta de muitos brasileiros: a descrença com o seu próprio país.

Autor: Samuel Hanan


Procurando o infinito

Vocês conhecem a história do dragãozinho que procurava sem parar o infinito? Não? Então vou te contar. Era uma vez….

Autor: Eduardo Carvalhaes Nobre


A reforma tributária é mesmo Robin Hood?

O texto da reforma tributária aprovado no Congresso Nacional no fim de dezembro encerrou uma novela iniciada há mais de 40 anos.

Autor: Igor Montalvão


Administrar as cheias, obrigação de Governo

A revolução climática que vemos enfrentando é assustadora e mundial. Incêndios de grandes proporções, secas devastadoras, tempestades não vistas durante décadas e uma série de desarranjos que fazem a população sofrer.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Escravidão Voluntária

Nossa única revolução possível é a da Consciência. Comer com consciência. Respirar com consciência. Consumir com consciência.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Viver desequilibrado

Na Criação, somos todos peregrinos com a oportunidade de evoluir. Os homens criaram o dinheiro e a civilização do dinheiro, sem ele nada se faz.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


Mar Vermelho: o cenário atual do frete marítimo e seus reflexos globais

Como bem sabemos, a crise bélica no Mar Vermelho trouxe consigo uma onda de mudanças significativas no mercado de frete marítimo nesse início de 2024.

Autor: Larry Carvalho


O suposto golpe. É preciso provas…

Somos contrários a toda e qualquer solução de força, especialmente ao rompimento da ordem constitucional e dos parâmetros da democracia.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Oportunidade de marketing ou marketing oportunista?

No carnaval de 2024, foi postada a notícia sobre o "Brahma Phone" onde serão distribuídas 800 unidades de celulares antigos para os participantes das festas de carnaval.

Autor: Patricia Punder