Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Para escolher, é preciso conhecer

Para escolher, é preciso conhecer

19/11/2013 Mauro Calil

Assim como na vida temos escolhas a serem feitas e sempre procuramos a melhor, com o nosso dinheiro funciona de forma semelhante.

Se não tomarmos as melhores decisões, provavelmente passaremos muito tempo sofrendo perdas, pois não conseguiremos definir o caminho certo a tomar. No caso dos nossos investimentos, existem fatores que determinam o sucesso ou fracasso. O montante e o prazo de investimentos são alguns deles.

Quando temos um valor pequeno para investir, buscamos, primeiramente, segurança e, invariavelmente, temos que concentrar o investimento em renda fixa até que atinja um valor que possibilite distribuir os recursos em outros produtos financeiros. Essa postura impacta normalmente no prazo dos investimentos, que costumam ser menores. A caderneta de poupança, o CDB, o Tesouro Direto, as Letras de Câmbio, as Letras Hipotecárias, as Debêntures e os Fundos de Renda Fixa são algumas das opções disponíveis no mercado e possuem a rentabilidade pré-determinada no momento em que investimos o dinheiro.

A partir do momento que temos uma capacidade de poupança maior, de cerca de 30% da nossa renda mensal, após pagar todos os nossos compromissos, podemos pensar na diversificação, incluindo a renda variável. Como os produtos que compõem a renda variável estão sujeitos a oscilações, há a necessidade de que os recursos fiquem investidos por um prazo maior, de forma que o investidor minimize os riscos.

Apesar dos investimentos estarem atrelados aos humores do mercado, seus ganhos costumam compensar na rentabilidade. Investimentos como ações, fundos multimercados, ou contratos negociados em Bolsas de Valores são algumas opções que compõem a diversificação na renda variável. E é sempre bom lembrar que antes de nos comprometermos com um investimento, seja de curto ou de longo prazo, precisamos organizar quais os objetivos que temos em mente.

Assim como existem muitos investimentos, também existem muitos sonhos que podem mudar de um momento para o outro, adequando-se ao tempo e as nossas necessidades. Para evitar surpresas, basta que se planeje e pondere cada escolha. Afinal, examinar as contas, rever e fazer nossos projetos sempre aumentará as chances de encontrar o melhor caminho a seguir.

*Mauro Calil é palestrante, educador financeiro, autor dos livros "Separe uma verba para ser feliz" e "A receita do bolo", e ex- gerente geral do Instituto Nacional dos Investidores (INI).



Argentina e Venezuela são alertas para países que ainda são ricos hoje

No meu novo livro How Nations Escape Poverty, mostro como as nações escapam da pobreza, mas também tenho alguns comentários sobre como países que antes eram muito ricos se tornaram pobres.

Autor: Rainer Zitelmann


Como a integração entre indústria e universidade pode trazer benefícios

A parceria entre instituições de ensino e a indústria na área de pesquisa científica é uma prática consolidada no mercado que já rendeu diversas inovações em áreas como TI e farmacêutica.

Autor: Thiago Turcato


Marcas de um passado ainda presente

Há quem diga que a infância é esquecida, que nada daquele nosso passado importa. Será mesmo?

Autor: Paula Toyneti Benalia


Quais são os problemas que o perfeccionismo causa?

No mundo complexo e exigente em que vivemos, é fácil se deparar com um padrão implacável de perfeição.

Autor: Thereza Cristina Moraes


De quem é a América?

Meu filho tinha oito anos de idade quando veio me perguntar: “papai, por que os americanos dizem que só eles vivem na América?”.

Autor: Leonardo de Moraes


Como lidar com a dura realidade

Se olharmos para os acontecimentos apresentados nos telejornais veremos imagens de ações terríveis praticadas por pessoas que jamais se poderia imaginar que fossem capazes de decair tanto.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


O aumento da corrupção no país: Brasil, que país é este?

Recentemente, a revista The Economist, talvez a mais importante publicação sobre a economia do mundo, mostrou, um retrato vergonhoso para o Brasil no que diz respeito ao aumento da corrupção no país, avaliação feita pela Transparência Internacional, que mede a corrupção em todos os países do mundo.

Autor: Ives Gandra da Silva Martins


O voto jovem nas eleições de 2024

O voto para menores de 18 anos é opcional no Brasil e um direito de todos os adolescentes com 17 ou 16 anos completos na data da eleição.

Autor: Wilson Pedroso


Um novo e desafiador ano

Janeiro passou. Agora, conseguimos ter uma ideia melhor do que 2024 reserva para o setor de telecomunicações, um dos pilares mais dinâmicos e relevante da economia.

Autor: Rafael Siqueira


Desafios da proteção de dados e a fraude na saúde

Segundo o Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) R$ 34 bilhões dos gastos das operadoras médico-hospitalares com contas e exames, em 2022, foram consumidos indevidamente por fraudes, como, por exemplo, reembolso sem desembolso, além de desperdícios com procedimentos desnecessários no país.

Autor: Claudia Machado


Os avanços tecnológicos e as perspectivas para profissionais da área tributária

Não é de hoje que a transformação digital vem impactando diversas profissões.

Autor: Fernando Silvestre


Inteligência Artificial Generativa e o investimento em pesquisa no Brasil

Nos últimos meses, temos testemunhado avanços significativos na área da inteligência artificial (IA), especialmente com o surgimento da inteligência artificial generativa.

Autor: Celso Hartmann