Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Por que as pessoas ainda estão na sua empresa?

Por que as pessoas ainda estão na sua empresa?

11/05/2017 Gilmar Tamanini

O resultado de um negócio depende, e muito, do time que diariamente está atuando por ele.

Por que as pessoas ainda estão na sua empresa?

Basta uma olhada rápida nas notícias do mundo corporativo para ver que a gestão de pessoas é ainda um grande desafio nos negócios. Porque empresas, acima de tudo, são formadas por gente que busca satisfazer sonhos, é movida por determinados objetivos e precisa estar constantemente motivada.

E então fica a pergunta: o que você faz para manter um time experiente, interessado e que quer, de fato, estar na sua empresa por vontade e não obrigação? Na área de tecnologia da informação, temos ainda na falta de mão de obra qualificada mais um motivo para nos preocuparmos com a gestão de pessoas.

Segundo a consultoria IDC, em 2015 já faltavam 119 mil profissionais qualificados no setor. E não há outra forma de motivar pessoas do que começar pela arte de ouvir e compartilhar.

Afinal, o que faz o seu time estar às 8h da manhã na empresa, pronto para buscar novos resultados? Conhecer as pessoas com quem trabalhamos nos fez perceber que não importa a área de atuação, manter uma boa comunicação interna é essencial.

O que estamos entregando em contrapartida ao trabalho que recebemos todos os dias? Foi-se o tempo em que o contracheque no fim do mês era suficiente para garantir a permanência de um bom profissional. As pessoas querem ser ouvidas, poder falar, conhecer o que acontece em seu local de trabalho.

Em tempos de smartphones e conexão 24 horas, em que a informação está cada vez mais acessível, não se pode mais ignorar a comunicação interna. A tecnologia nos dá excelentes ferramentas para isso e, de quebra, proporciona a gestores e empresários um ganho imensurável: o sentimento de pertencimento da equipe.

Porque quando um profissional está em um ambiente que preza por uma comunicação clara e transparente, sabe que faz parte daquele contexto. Quando participamos de uma pesquisa interna de satisfação com metodologia da Great Place to Work, percebemos que os 81% de aprovação não vieram de graça.

São resultado de um esforço coletivo, que visa criar dentro da nossa empresa um grupo de pessoas profissionalmente motivadas e pessoalmente realizadas. Ouvir, falar e compartilhar é uma tríade que há muito tempo deixou de ser algo exclusivo aos discursos de consultores e coachings.

Precisa, cada vez mais, ser parte de uma cultura interna engajada em motivar para crescer. Porque o resultado de um negócio depende, e muito, do time que diariamente está atuando por ele.

* Gilmar Tamanini é CEO da Teclógica.



A primeira romaria do ano em Portugal

A 10 de Janeiro – ou domingo mais próximo dessa data, dia do falecimento de S. Gonçalo, realiza-se festa rija em Vila Nova de Gaia.


Medicina Preventiva x Medicina Curativa

A medicina curativa domina o setor de saúde e farmacêutico. Mas existe outro tipo de cuidado em crescimento, chamado de Medicina Personalizada.


A importância da inovação em programas de treinamento e desenvolvimento

O desenvolvimento de pessoas em um ambiente corporativo é um grande desafio para gestores de recursos humanos, principalmente para os que buscam o melhor aproveitamento das habilidades de um time através do autoconhecimento.


Por que o 13º salário gera “confiança” nos brasileiros?

O fim do ano está chegando, mas antes de pensar no Natal as pessoas já estão de olho no 13º salário.


O gênero “neutro” ou a “neutralização” de gênero

Tenho visto algumas matérias sobre a “neutralização” do gênero na língua portuguesa, no Brasil, algumas contra e algumas a favor. Digo no Brasil, porque em Portugal não vejo isto.


O poder da gentileza

O mês de novembro traz uma comemoração muito especial e essencial para estes tempos pandêmicos e de tanta polarização política: o Dia da Gentileza.


Branco no preto

As pessoas pretas no Brasil vivem pior do que as pessoas brancas, independentemente de qualquer situação.


Politicamente Correto, Liberdade de Expressão e Dignidade Humana

Estamos vivenciando, há tempos, a dicotomia de opiniões, a divisão clássica na qual a forma de expressar, de pensar, contém apenas lados antagônicos, separados que não podem convergir ou, ao menos, serem respeitados.


Prévia tucana, um tiro no escuro

Diferente das eleições primárias norte-americanas, onde os partidos Democrata e Republicano escolhem seus candidatos e definem a plataforma eleitoral, a prévia que o PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) realizará neste domingo (21/11) está cercada de interrogações.


A imagem do Senhor Jesus de Santa Marinha de Vila Nova de Gaia

Nesta época pandémica, que parece não deixar de nos dizimar – dizem: por causa de novas variantes e à facilidade de movimentação, – é oportuno recordar como o povo de Deus se libertou de funestas calamidades, recorrendo à oração e à penitência.


Algoritmos e automação: a combinação certa para potencializar a vida na era digital

Há quinze anos, quem poderia imaginar que seria possível trabalhar, fazer compras, ter planos personalizados para treinos da academia e conseguir organizar investimentos em bolsas globais sem sair de casa?


Transformação digital: os desafios de um novo modelo

Com a chegada da Quarta Revolução Industrial, organizações dos mais diferentes portes e setores estão encarando obstáculos de toda ordem para lidar com as novas demandas do consumidor.