Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Por que e como incentivar a comunicação entre franqueados?

Por que e como incentivar a comunicação entre franqueados?

22/01/2015 Germano Leardi Neto

Os franqueados e franqueadores ganham muito se compartilharem as suas experiências entre si.

A comunicação é um ponto fundamental em franquias: os franqueados atuam como sócios do franqueador, ou seja, eles têm responsabilidades e precisam dar as suas opiniões sobre o dia a dia do negócio.

Ocorre que esse tipo de troca nem sempre acontece. Os franqueados e franqueadores ganham muito se compartilharem as suas experiências entre si. Estabelecer um sistema de comunicação pensado nessa troca, portanto, é fundamental para que esse diálogo ocorra.

Com uma comunicação ativa e imediata, fica muito mais fácil criar estratégias de atuação e novas ações para a marca. Mudar planos que não estão dando certo também fica mais fácil. Além disso, qualquer problema operacional pode ser rapidamente solucionado com a troca de mensagens. Agora, se já não é fácil promover uma comunicação interna eficiente dentro de uma empresa, imagina incentivar a troca de mensagens entre diversas unidades?

De fato, trata-se de um desafio que requer muita organização do franqueador e profissionais que sejam responsáveis por essa função. Conheça alguns caminhos que podem incentivar a comunicação interna dos franqueados:

Criação de um blog - Que tal concentrar importantes informações sobre o nicho de mercado da marca em um único lugar? Cada vez mais as empresas estão apostando e investindo na criação de um blog. Comece publicando as tendências do setor e abrindo um espaço para comentários, onde os franqueados compartilham suas experiências. Vale lembrar que o blog só faz diferença quando atualizado constantemente.

Lista de e-mail - Para assuntos internos, como movimentação do caixa e estratégias de negócio, o e-mail é o seu maior aliado. Pode ser uma solução simples, como a criação de uma lista de contato de todas as unidades. Assim, a comunicação fica mais organizada e direta.

Promover encontros pessoais - Os instrumentos virtuais de comunicação são ótimos, mas nada melhor do que um diálogo olho no olho. Claro, é impossível fazer encontros presenciais todo mês, ainda mais para franquias com atuação regional ou nacional.

Aproveite, então, a realização de encontros pessoais para isso. Dependendo da demanda dos franqueados, esses encontros podem ser esporádicos ou anuais. Colocando em prática essas atividades, a ideia é que todos saiam ganhando. Afinal de contas, os envolvidos precisam estar em sintonia para alcançar os seus objetivos: enquanto os franqueados querem obter sucesso na sua unidade, os franqueadores pretendem expandir ainda mais sua marca.

*Germano Leardi Neto é diretor de relações institucionais da franqueadora imobiliária Paulo Roberto Leardi.



Pegando o ônibus errado

Certo dia, o cidadão embarca tranquilamente na sua costumeira condução e, quadras depois da partida, em direção ao destino, percebe que está dentro do ônibus errado.


Resiliência em tempos de distanciamento social

Em meio à experiência que o mundo todo está vivendo, ainda não é possível mensurar o impacto do distanciamento social em nossas vidas, dada a complexidade desse fenômeno e a incerteza do que nos aguarda.


Nasce a organização do século 21

Todos sabemos que a vida a partir de agora – pós-epidemia ou período de pandemia, até termos uma vacina – não será a mesma.


Luto e perdas na pandemia: o que estamos vivendo?

Temos presenciado uma batalha dolorosa em todo o mundo com o novo coronavírus (COVID-19).


Encare a realidade da forma correta

Em algum momento todos nós vamos precisar dessa mensagem.


Contraponto a manifestação do Jornalista Lucas Lanna

Inicialmente gostaria de parabenizar o jovem e competente jornalista Lucas Lanna Resende, agradecendo a forma respeitosa que diverge da matéria por mim assinada e intitulada “O Brasil deve um almoço a Roberto Jefferson”.


O Brasil deve um almoço a Roberto Jefferson?

Nos últimos dias, um artigo intitulado O Brasil deve um almoço a Roberto Jefferson, do advogado e ex-juiz do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), Bady Curi, foi publicado neste espaço


O Brasil deve um almoço a Roberto Jefferson

A esquerda diz temer pela Democracia em razão de alguns pronunciamentos do Presidente Bolsonaro.


O Brasil, a logística e os “voos de galinha”

Parcerias público-privadas, com base no tripé da sustentabilidade podem proporcionar excelentes projetos para a logística no Brasil.


Eça e a famosa estatueta

Nos derradeiros anos do século transacto, tive a oportunidade de conhecer e entrevistar, D. Emília Eça de Queiroz.


Roda de histórias

Meu avô paterno, Seu Dito, era um bom contador de histórias. Contava com a mesma ênfase, fatos e ficções.


Infodemia: a pandemia de desinformação

Todos os dias em nossos smartphones, computadores e TVs, temos uma verdadeira chuva de informações, e nem sempre é possível conferir a veracidade delas.