Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Por que e como incentivar a comunicação entre franqueados?

Por que e como incentivar a comunicação entre franqueados?

22/01/2015 Germano Leardi Neto

Os franqueados e franqueadores ganham muito se compartilharem as suas experiências entre si.

A comunicação é um ponto fundamental em franquias: os franqueados atuam como sócios do franqueador, ou seja, eles têm responsabilidades e precisam dar as suas opiniões sobre o dia a dia do negócio.

Ocorre que esse tipo de troca nem sempre acontece. Os franqueados e franqueadores ganham muito se compartilharem as suas experiências entre si. Estabelecer um sistema de comunicação pensado nessa troca, portanto, é fundamental para que esse diálogo ocorra.

Com uma comunicação ativa e imediata, fica muito mais fácil criar estratégias de atuação e novas ações para a marca. Mudar planos que não estão dando certo também fica mais fácil. Além disso, qualquer problema operacional pode ser rapidamente solucionado com a troca de mensagens. Agora, se já não é fácil promover uma comunicação interna eficiente dentro de uma empresa, imagina incentivar a troca de mensagens entre diversas unidades?

De fato, trata-se de um desafio que requer muita organização do franqueador e profissionais que sejam responsáveis por essa função. Conheça alguns caminhos que podem incentivar a comunicação interna dos franqueados:

Criação de um blog - Que tal concentrar importantes informações sobre o nicho de mercado da marca em um único lugar? Cada vez mais as empresas estão apostando e investindo na criação de um blog. Comece publicando as tendências do setor e abrindo um espaço para comentários, onde os franqueados compartilham suas experiências. Vale lembrar que o blog só faz diferença quando atualizado constantemente.

Lista de e-mail - Para assuntos internos, como movimentação do caixa e estratégias de negócio, o e-mail é o seu maior aliado. Pode ser uma solução simples, como a criação de uma lista de contato de todas as unidades. Assim, a comunicação fica mais organizada e direta.

Promover encontros pessoais - Os instrumentos virtuais de comunicação são ótimos, mas nada melhor do que um diálogo olho no olho. Claro, é impossível fazer encontros presenciais todo mês, ainda mais para franquias com atuação regional ou nacional.

Aproveite, então, a realização de encontros pessoais para isso. Dependendo da demanda dos franqueados, esses encontros podem ser esporádicos ou anuais. Colocando em prática essas atividades, a ideia é que todos saiam ganhando. Afinal de contas, os envolvidos precisam estar em sintonia para alcançar os seus objetivos: enquanto os franqueados querem obter sucesso na sua unidade, os franqueadores pretendem expandir ainda mais sua marca.

*Germano Leardi Neto é diretor de relações institucionais da franqueadora imobiliária Paulo Roberto Leardi.



Liderança desengajada é obstáculo para uma gestão de mudanças eficaz

O mundo tem experimentado transformações como nunca antes, impulsionadas por inovações tecnológicas, crises econômicas e transições geracionais, dentre outros acontecimentos.

Autor: Francisco Loureiro


Neoindustrialização e a nova política industrial

Com uma indústria mais produtiva e competitiva, com equilíbrio fiscal, ganha o Brasil e a sociedade.

Autor: Gino Paulucci Jr.


O fim da ‘saidinha’, um avanço

O Senado Federal, finalmente, aprovou o projeto que acaba com a ‘saidinha’ (ou ‘saidão’) que vem colocando nas ruas milhares de detentos, em todo o país, durante os cinco principais feriados do ano.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


O Brasil e a quarta chance de deixar a população mais rica

O Brasil é perseguido por uma sina de jogar fora as oportunidades. Sempre ouvimos falar que o Brasil é o país do futuro. Um futuro que nunca alcançamos. Vamos relembrar as chances perdidas.

Autor: J.A. Puppio


Dia Bissexto

A cada quatro anos, a humanidade recebe um presente – um presente especial que não pode ser forjado, comprado, fabricado ou devolvido – o presente do tempo.

Autor: Júlia Roscoe


O casamento e a política relacional

Uma amiga querida vem relatando nas mesas de boteco a saga de seu filho, que vem tendo anos de relação estável com uma moça, um pouco mais velha, que tem uma espécie de agenda relacional bastante diferente do rapaz.

Autor: Marco Antonio Spinelli


O que esperar do mercado imobiliálio em 2024

Após uma forte queda em 2022, o mercado imobiliário brasileiro vem se recuperando e o ano de 2023 mostrou este avanço de forma consistente.

Autor: Claudia Frazão


Brasileiros unidos por um sentimento: a descrença nacional

Um sentimento – que já perdura algum tempo, a propósito - toma conta de muitos brasileiros: a descrença com o seu próprio país.

Autor: Samuel Hanan


Procurando o infinito

Vocês conhecem a história do dragãozinho que procurava sem parar o infinito? Não? Então vou te contar. Era uma vez….

Autor: Eduardo Carvalhaes Nobre


A reforma tributária é mesmo Robin Hood?

O texto da reforma tributária aprovado no Congresso Nacional no fim de dezembro encerrou uma novela iniciada há mais de 40 anos.

Autor: Igor Montalvão


Administrar as cheias, obrigação de Governo

A revolução climática que vemos enfrentando é assustadora e mundial. Incêndios de grandes proporções, secas devastadoras, tempestades não vistas durante décadas e uma série de desarranjos que fazem a população sofrer.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Escravidão Voluntária

Nossa única revolução possível é a da Consciência. Comer com consciência. Respirar com consciência. Consumir com consciência.

Autor: Marco Antonio Spinelli