Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Previsões para 2021

Previsões para 2021

19/01/2021 Danny Allan

Desenvolvedores terão mais voz no direcionamento da tecnologia e na estratégia de dados das companhias.

Veremos uma mudança agressiva de estratégias em todas as indústrias, onde CIO’s dependerão mais dos seus times de desenvolvimento para guiar a direção técnica da companhia.

Historicamente, equipes de desenvolvimento adotaram uma abordagem de cima para baixo para mover seus dados para a nuvem, mas – como várias coisas no mundo – isso mudou com a pandemia com o reforço de ambientes baseados na nuvem.

Em 2021, veremos times de DevOps tendo muito mais voz em seus processos de estratégia de dados, e como resultado veremos um grande aumento na mobilidade das cargas de trabalho, correlacionando com um aumento nas técnicas de gerenciamento de dados na nuvem.

Foco maior na proteção e gestão da plataforma de colaboração de trabalho em nuvem

Forças de trabalho distribuídas já estavam em uma trajetória ascendente, mas foram completamente aceleradas com a pandemia do COVID-19.

Com diversas empresas estendendo o trabalho em casa, a confiança nas plataformas de colaboração baseadas em nuvem só aumentará.

Isso significa que ainda mais equipes buscarão aproveitar o poder da nuvem para armazenar um fluxo de dados das plataformas de colaboração.

Em 2021, isso criará mais foco, conscientização e necessidade de proteção e gerenciamento de dados em software de colaboração.

Com o declínio de hardware, modelos definidos por software se tornarão mais proeminentes

Os aparelhos diminuirão em atrativos à medida que há uma mudança em direção a modelos definidos por software.

Há dez anos, os hardwares eram esses brinquedos brilhantes que todos queriam ter em suas mãos, entretanto eles não tiveram a permanência que nós prevíamos. Na verdade, nós vimos uma mudança em direção a backup como serviço.

O trabalho remoto na pandemia teve um impacto real sobre como nós lidamos com hardware em 2020, que continuará em 2021 com modelos definidos por software ocupando o centro do palco.

Aprendizado de máquina passará a ser democratizado na nuvem em torno dos dados

Já estamos vendo as organizações reconhecendo oportunidades ilimitadas disponíveis por meio dos dados que elas já têm coletado.

Dados reutilizados serão uma grande tendência para a qual nós veremos as organizações mudando em 2021, com muitos alavancando o poder do aprendizado de máquina para ajudá-los nisso.

Isso está ainda em um estado emergente, entretanto, sua adoção aumentará à medida que as organizações reconhecerem como isso pode ajudá-las a analisar e reutilizar dados que elas já têm.

Ao alavancar o aprendizado de máquina na nuvem, as organizações se tornarão por fim mais inteligentes.

As multas de regulamentação de compliance não verão um aumento. Elas continuarão em tendência de queda

As regulamentações de privacidade de dados continuarão a ganhar forma em 2021. Em particular, eu prevejo as novas regulamentações federais sobre o tema ainda no início do ano.

No entanto, as multas de conformidade continuarão numa tendência de queda como vimos em 2020. Nós vimos um grande salto nas multas de conformidade em 2019, o que consolidou o quão a sério GDPR, CCPA precisavam ser levados.

Agora que essa atenção foi recebida e a conscientização já existe, a mudança será em relação a uma maior consistência das regulamentações de privacidade a nível federal.

Os investimentos em TI irão se recuperar

Apesar da turbulência da economia trazida pela pandemia em 2020, nós veremos de cinco a 10% de aumento nos gastos gerais em TI em 2021.

Os investimentos provavelmente focarão mais em segurança, modernização gerais de sistemas (backup, aparelhos, migrações de nuvem etc.), e atualização de software.

Além disso, organizações prestarão atenção no que estava em espera em 2020 para endereçar os gastos de TI que acontecem em uma base recorrente anual.

Por exemplo, hardware deve ser atualizado a cada três anos, e se a pandemia interrompeu a atenção de uma organização para hardware, é possível que também tenha um investimento nesse sentido.

* Danny Allan é CTO da Veeam Software.

Fonte: Ink Comunicação



16 senadores suplentes, sem votos, gozam das benesses no Senado

Quando o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), pretende colocar em votação Emenda Constitucional para acabar com a figura de SENADOR SUPLENTE?


Há tempos são os jovens que adoecem

Há alguns anos o Netflix lançou uma série chamada “Thirteen Reasons Why”, ou, em tradução livre, “As Treze Razões”.


Administração estratégica: desafios para o sucesso em seu escritório jurídico

Nos últimos 20 anos o mercado jurídico mudou significativamente.


Qual o melhor negócio: investir em ações ou abrir a própria empresa?

Ser um empresário ou empresária de sucesso é o sonho de muitas pessoas.


Intercooperação: qual sua importância no pós- pandemia?

Nos últimos dois anos, o mundo enfrentou a maior crise sanitária dos últimos 100 anos.


STF e a Espada de Dâmocles

O Poder Judiciário, o Ministério Público e a Polícia Investigativa são responsáveis pela persecução penal.


Lista tríplice, risco ao pacto federativo

Desde o tempo de Brasil-Colônia, a lista tríplice tem sido o instrumento para a nomeação de promotores e procuradores do Ministério Público.


ESG: prioridade da indústria e um mar de oportunidades

Uma pesquisa divulgada recentemente pelo IBM Institute for Business Value mostra que a sustentabilidade tem ocupado um lugar diferenciado no ranking de prioridades de CEOs pelo mundo se comparado a levantamentos anteriores.


Como conciliar negócios e família?

“O segredo para vencer todas as metas e propostas é colocar a família em primeiro lugar.”, diz a co-fundadora da Minucci RP, Vivienne Ikeda.


O limite do assédio moral e suas consequências

De maneira geral, relacionamento interpessoal sempre foi um grande desafio para o mundo corporativo, sobretudo no que tange aos valores éticos e morais, uma vez que cada indivíduo traz consigo bagagens baseadas nas próprias experiências, emoções e no repertório cultural particular.


TSE, STF e a censura prévia

Sabe-se que a liberdade de expressão é um dos mais fortes pilares da democracia.


Sociedade civil e a defesa da democracia

As últimas aparições e discursos do presidente da República vêm provocando uma nova onda de empresários, instituições e figuras públicas em defesa da democracia e do sistema eleitoral no Brasil.