Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Procurando o infinito

Procurando o infinito

19/02/2024 Eduardo Carvalhaes Nobre

Vocês conhecem a história do dragãozinho que procurava sem parar o infinito? Não? Então vou te contar. Era uma vez….

Um filhote de dragão que queria de todo custo achar o infinito.

O nome dele era Foguinho e vocês sabem o porquê?

Como era pequeno ainda não sabia soltar fogo pela boca e fumaça pelo nariz.

Por mais que tentasse, o fogo que saia era pequeno e fraco e não acendia nem uma vela.

Por isto ele queria achar o infinito porque alguém tinha dito para ele que um dragão só lançaria fogo quando encontrasse o infinito.

Então, Foguinho saiu pela estrada em busca do seu sonho.

Andando sem parar encontrou uma porteira fechada que estava sendo guardada por um macaco muito sapeca. O dragãozinho perguntou:

- ONDE FICA O INFINITO?

O macaco sapeca respondeu:

- SE VOCÊ ME DER UMA BANANA EU MOSTRO O CAMINHO.

Foguinho que estava carregando uma sacola de frutas tirou uma banana e deu para o macaco que agradeceu e falou:

- SIGA EM FRENTE!

Foguinho abriu a porteira e seguiu pela estrada.

Andou, andou e andou até encontrar outra porteira também fechada. E quem ele encontrou?

O macaco sapeca que estava com a chave do trinco da porteira.

O dragãozinho perguntou:

- AQUI É O INFINITO?

E o macaco respondeu:

- VOCÊ AINDA NÃO CHEGOU MAS...

- PARA ABRIR O TRINCO EU QUERO OUTRA BANANA.

Depois do Foguinho dar a banana ouviu:

- SIGA EM FRENTE

Foguinho seguiu em frente achando que estava quase chegando no infinito.

E chegou em outra porteira. E tudo se repetiu umas dez vezes.

Cansado de andar, de fazer perguntas sobre onde ficava o infinito, de dar bananas para o macaco, de seguir em frente, Foguinho acabou deitando na grama verdinha e dormiu profundamente.

E sonhou com a sua mãe falando:

- VOCÊ NUNCA VAI ENCONTRAR O INFINITO PORQUE NINGUÉM SABE ONDE FICA.

Foguinho acordou triste com este sonho. Achava que iria encontrar o que procurava e seguiu em frente.

E novamente encontrou o macaco sapeca que queria mais bananas em troca de informações.

Mas agora Foguinho sabia que se fosse em frente não encontraria o infinito.

Lembrando do sonho com a sua mãe falou para o macaco:

- SABE QUE ENCONTREI LÁ ATRÁS? O INFINITO.

- SE EU FOSSE VOCÊ VOLTARIA CORRENDO PORQUE LÁ TEM UM CAMINHÃO CHEIO DE BANANAS.

O macaco era sapeca mas acreditava em tudo, pulou da porteira e voltou correndo. E está correndo até hoje procurando o infinito

Moral da história: se você é um dragão e quer soltar fogo pela boca e fumaça pelo nariz você tem que crescer e para isto tem que comer verduras verdes e legumes porque fazem bem para a saúde.

Mas, se você for um menino esperto também tem de se alimentar como a mamãe te ensinou.

Comer bem, nas horas certas, tomar muito liquido, praticar esportes, obedecer a mamãe e o papai e estudar vai fazer de você um adulto grande, forte e saudável.

Um verdadeiro dragão.
 

* Eduardo Carvalhaes Nobre é diretor de O Debate
 

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp



A medicina é para os humanos

O grande médico e pintor português Abel Salazar, que viveu entre 1889 e 1946, dizia que “o médico que só sabe de medicina, nem de medicina sabe”.

Autor: Felipe Villaça


Dia de Ogum, sincretismo religioso e a resistência da umbanda no Brasil

Os Orixás ocupam um lugar central na espiritualidade umbandista, reverenciados e cultuados de forma a manter viva a conexão com as divindades africanas, além de representar forças da natureza e aspectos da vida humana.

Autor: Marlidia Teixeira e Alan Kardec Marques


O legado de Mário Covas ainda vive entre nós

Neste domingo, dia 21 de abril, Mário Covas completaria 94 anos de vida. Relembrar sua vida é resgatar uma parte importante de nossa história.

Autor: Wilson Pedroso


Elon Musk, liberdade de expressão x TSE e STF

Recentemente, o ministro Gilmar Mendes, renomado constitucionalista e decano do Supremo Tribunal Federal, ao se manifestar sobre os 10 anos da operação Lava-jato, consignou “Acho que a Lava Jato fez um enorme mal às instituições.”

Autor: Bady Curi Neto


Senado e STF colidem sobre descriminalizar a maconha

O Senado aprovou, em dois turnos, a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) das Drogas, que classifica como crime a compra, guarda ou porte de entorpecentes.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


As histórias que o padre conta

“Até a metade vai parecer que irá dar errado, mas depois dá certo!”

Autor: Dimas Künsch


Vulnerabilidades masculinas: o tema proibido

É desafiador para mim escrever sobre este tema, já que sou um gênero feminino ainda que com certa energia masculina dentro de mim, aliás como todos os seres, que tem ambas as energias dentro de si, feminina e masculina.

Autor: Viviane Gago


Entre o barril de petróleo e o de pólvora

O mundo começou a semana preocupado com o Oriente Médio.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Nome comum pode ser bom, mas às vezes complica!

O nosso nome, primeira terceirização que fazemos na vida, é uma escolha que pode trazer as consequências mais diversas.

Autor: Antônio Marcos Ferreira


A Cilada do Narcisista

Nelson Rodrigues descrevia em suas crônicas as pessoas enamoradas de si mesmas com o termo: “Ele está em furioso enamoramento de si mesmo”.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Brasil, amado pelo povo e dividido pelos governantes

As autoridades vivem bem protegidas, enquanto o restante da população sofre os efeitos da insegurança urbana.

Autor: Samuel Hanan


Custos da saúde aumentam e não existe uma perspectiva que possa diminuir

Recente levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indica que os brasileiros estão gastando menos com serviços de saúde privada, como consultas e planos de saúde, mas desembolsando mais com medicamentos.

Autor: Mara Machado