Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Quem lê para os filhos compartilha afetos

Quem lê para os filhos compartilha afetos

03/06/2020 Cléo Busatto

Neste momento em que tantas crianças aqui e mundo afora estão isoladas em casa, longe de colegas, amigos e com uma nova rotina imposta, é muito importante que os pais leiam para elas.

Você que é pai, mãe, e está com seu filho em casa, priorize algum tempo para a leitura literária. Ao ler uma história para seu pequeno, mais que entreter e transmitir uma ideia, você compartilha afetos.

Ler é um ato de amor. Seu filho ou sua filha vai perceber que você está disponível para ela, porque  você vai parar o que está fazendo, sentar ou deitar ao seu lado, abrir um livro ou trazer uma história da memória.

Você vai doar o que tem de mais significativo: seus sentimos e experiência de vida. Com tantos afazeres, que parecem ter aumentado em quantidade nesses tempos de isolamento, é importante preservar e priorizar a relação com a criança. 

Construa com ela este universo de acolhimento, de encantamento, onde ela aprenderá muitas coisas através da literatura. Ofereça histórias que tratem de diferentes situações.

Nesta campanha que eu estou fazendo nas minhas redes sociais - contar histórias para crianças em quarentena - escolhi temas atuais, que fazem parte do livro “Histórias que eu gosto de contar”, de minha autoria.

Uma delas trata de um vilão, de um feiticeiro sem alma, e eu pergunto para as crianças: quem é o feiticeiro sem alma que está nos apavorando nesse momento? Como nós podemos destruir esse feiticeiro?

Quando você lê ou conta uma história, você oferece à criança possibilidades de ela lidar com diferentes situações. E o melhor: vai aproximá-la de você.

Não precisa muita habilidade para promover esta mediação de leitura. Não há segredo nesta partilha. É só pegar um livro e ler, com pausas, ritmo, com vontade.

Leia com amor, é tudo. Desfrute deste momento de encantamento e de prazer junto ao seu filho.

* Cléo Busatto é escritora e mediadora de leitura, uma artista da palavra.

Fonte: LC Agência de Comunicação



O fim da reeleição de governantes

Está tramitando pelo Congresso Nacional mais um projeto que revoga a reeleição de Presidente da República, Governador de Estado e Prefeito Municipal.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


PEC das drogas

O que esperar com a sua aprovação?

Autor: Marcelo Aith


PEC do Quinquênio simboliza a metástase dos privilégios no Brasil

Aprovar a PEC significará premiar, sem justificativa plausível, uma determinada categoria.

Autor: Samuel Hanan


O jovem e o voto

Encerrou-se no dia 8 de maio o prazo para que jovens de 16 e 17 anos pudessem se habilitar como eleitores para as eleições municipais deste ano.

Autor: Daniel Medeiros


Um mundo fragmentado

Em fevereiro deste ano completaram-se dois anos desde a invasão russa à Ucrânia.

Autor: João Alfredo Lopes Nyegray


Leitores em extinção

Ontem, finalmente, tive um dia inteiro de atendimento on-line, na minha casa.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Solidariedade: a Luz de uma tragédia

Todos nós, ou melhor dizendo, a grande maioria de nós, está muito sensibilizado com o que está sendo vivido pela população do Rio Grande do Sul.

Autor: Renata Nascimento


Os fios da liberdade e o resistir da vida

A inferioridade do racismo é observada até nos comentários sobre os cabelos.

Autor: Livia Marques


Violência urbana no Brasil, uma guerra desprezada

Reportagem recente do jornal O Estado de S. Paulo, publicada no dia 3 de março, revela que existem pelo menos 72 facções criminosas nas prisões brasileiras.

Autor: Samuel Hanan


Mundo de mentiras

O ser humano se afastou daquilo que devia ser e criou um mundo de mentiras. Em geral o viver passou a ser artificial.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


Um País em busca de equilíbrio e paz

O ambiente político-institucional brasileiro não poderia passar por um tempo mais complicado do que o atual.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Nem Nem: retratos do Brasil

Um recente relatório da OCDE coloca o Brasil em segundo lugar entre os países com maior número de jovens que não trabalham e nem estudam.

Autor: Daniel Medeiros