Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Reengenharia de Processos, a chave para reduzir custos

Reengenharia de Processos, a chave para reduzir custos

24/04/2017 Gustavo Coelho

Trata-se de viabilizar de forma estruturada e permanente a melhor relação qualidade x custo.

Em qualquer mercado de serviços ou produtos já estabelecido, sobressairá a empresa que tiver a melhor relação qualidade x preço. Porém, por trás dessa afirmação óbvia, existe sempre a indagação sobre como alcançar esse diferencial.

Pode-se aumentar a qualidade por meio de mais investimentos com equipamentos, materiais, treinamentos, aumentando equipes etc. Mas como esse investimento implicará, fatalmente, em aumento de preço para o consumidor final, a citada relação acaba perdendo força.

Por outro lado, pode-se promover uma guerra de preços, aumentando sobremaneira o risco para a organização, posto que focar unicamente nessa estratégia colocará em detrimento a qualidade. Em cenários de alta competitividade, o melhor caminho para se ampliar investimentos sem impactar nos preços é a famigerada redução de custos.

Enxugar o quadro de funcionários, alterar o local de trabalho, renegociar contratos de serviços, terceirizar e eliminar desperdícios são medidas comumente adotadas pelas empresas para atingir este objetivo. Algumas são mais efetivas, outras nem tanto. Algumas perduram por mais tempo ao passo que outras são pontuais.

Umas não geram impactos, outras colocam em detrimento o bom ambiente de trabalho ou a qualidade. Qual seria então a melhor forma de alcançar redução de custos duradoura, sustentada e sem impactos?

A resposta está na reengenharia de processos que, a partir de seus princípios e técnicas, permite o alcance do poder transformador dos processos otimizados e aderentes à estratégia da organização. Revisar papéis e responsabilidades, eliminar aspectos susceptíveis ao retrabalho, promover capacitações, identificar onde o trabalho faz mais sentido, eliminar handoffs, envolver o menor número de pessoas possível e promover sistematização são alguns dos princípios que podem ser empregados na atividade de reengenharia e que respondem diretamente à questão supra.

A reengenharia de processos resulta no “fazer acontecer” com a melhor qualidade, no menor custo e direcionado aos objetivos traçados pela alta administração. Trata-se de viabilizar de forma estruturada e permanente a melhor relação qualidade x custo ou, conforme introduzimos neste artigo, qualidade x preço, sem viés ou impactos associados.

A reengenharia é universalmente transformadora. Qualquer empresa em qualquer ramo de atuação pode aplicá-la observados os fatores:

Engajamento da alta administração e de todos os níveis funcionais da organização;

Equipe com conhecimento consolidado em BPM – business processos management;

Sistemas de processos apropriados.

Em um mercado cada vez mais competitivo e oscilante, o futuro está reservado para as empresas organizadas em torno de seus – otimizados – processos.

* Gustavo Coelho é Gerente de Processos e Qualidade da Cleartech.



Liderança desengajada é obstáculo para uma gestão de mudanças eficaz

O mundo tem experimentado transformações como nunca antes, impulsionadas por inovações tecnológicas, crises econômicas e transições geracionais, dentre outros acontecimentos.

Autor: Francisco Loureiro


Neoindustrialização e a nova política industrial

Com uma indústria mais produtiva e competitiva, com equilíbrio fiscal, ganha o Brasil e a sociedade.

Autor: Gino Paulucci Jr.


O fim da ‘saidinha’, um avanço

O Senado Federal, finalmente, aprovou o projeto que acaba com a ‘saidinha’ (ou ‘saidão’) que vem colocando nas ruas milhares de detentos, em todo o país, durante os cinco principais feriados do ano.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


O Brasil e a quarta chance de deixar a população mais rica

O Brasil é perseguido por uma sina de jogar fora as oportunidades. Sempre ouvimos falar que o Brasil é o país do futuro. Um futuro que nunca alcançamos. Vamos relembrar as chances perdidas.

Autor: J.A. Puppio


Dia Bissexto

A cada quatro anos, a humanidade recebe um presente – um presente especial que não pode ser forjado, comprado, fabricado ou devolvido – o presente do tempo.

Autor: Júlia Roscoe


O casamento e a política relacional

Uma amiga querida vem relatando nas mesas de boteco a saga de seu filho, que vem tendo anos de relação estável com uma moça, um pouco mais velha, que tem uma espécie de agenda relacional bastante diferente do rapaz.

Autor: Marco Antonio Spinelli


O que esperar do mercado imobiliálio em 2024

Após uma forte queda em 2022, o mercado imobiliário brasileiro vem se recuperando e o ano de 2023 mostrou este avanço de forma consistente.

Autor: Claudia Frazão


Brasileiros unidos por um sentimento: a descrença nacional

Um sentimento – que já perdura algum tempo, a propósito - toma conta de muitos brasileiros: a descrença com o seu próprio país.

Autor: Samuel Hanan


Procurando o infinito

Vocês conhecem a história do dragãozinho que procurava sem parar o infinito? Não? Então vou te contar. Era uma vez….

Autor: Eduardo Carvalhaes Nobre


A reforma tributária é mesmo Robin Hood?

O texto da reforma tributária aprovado no Congresso Nacional no fim de dezembro encerrou uma novela iniciada há mais de 40 anos.

Autor: Igor Montalvão


Administrar as cheias, obrigação de Governo

A revolução climática que vemos enfrentando é assustadora e mundial. Incêndios de grandes proporções, secas devastadoras, tempestades não vistas durante décadas e uma série de desarranjos que fazem a população sofrer.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Escravidão Voluntária

Nossa única revolução possível é a da Consciência. Comer com consciência. Respirar com consciência. Consumir com consciência.

Autor: Marco Antonio Spinelli