Portal O Debate
Grupo WhatsApp

“Virar a casaca”

“Virar a casaca”

04/01/2023 Humberto Pinho da Silva

Sempre que há uma revolução ou mudança de regime, parte dos cidadãos aproveitam a oportunidade de ascenderem socialmente ou ocuparem cargos bem remunerados.

O povo chama-os de vira casacas. E não escassearam ao longo da História. Mas, o que poucos sabem é quem foi Manuel Carlos, Duque de Sabóia, que ficou conhecido como: Vira - Casaca.

Na guerra entre Espanha e a França, esse titular, umas vezes apoiava a Espanha, outras vezes – consoante o interesse de ocasião, – a França.

Para economizar, na farda, mandou confeccionar uma de duas faces: de um lado era branca, de outra, vermelha. Se defendia a França, vestia o lado branco, se dava razão a Espanha, vesti-a do lado vermelho. Daqui nasceu a expressão: " É um vira-casaca!"

Viram a casaca, muitos intelectuais, na ânsia de receberem benesses, alguns meios de comunicação, na esperança de receberem subsídios, e simples empregados, para subirem na hierarquia da empresa.

Há, também, que, vire a casaca, por medo ou receio de perder emprego ou cargo de chefia. Esses pobres diabos, merecem a nossa piedade.

Compreendemos perfeitamente esse receio, porque infelizmente, é frequente os "saneamentos" em quase todos os países.

" Sanear", é a habilidade política de retirar o trabalhador do cargo que ocupa para dá-lo a familiar, amigo ou camarada de partido. Se não tiver competência, o remédio, é colocar adjunto, para executar a tarefa. É, foi, e será sempre assim.

* Humberto Pinho da Silva

Para mais informações sobre oportunidade clique aqui…

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!



Dia Bissexto

A cada quatro anos, a humanidade recebe um presente – um presente especial que não pode ser forjado, comprado, fabricado ou devolvido – o presente do tempo.

Autor: Júlia Roscoe


O casamento e a política relacional

Uma amiga querida vem relatando nas mesas de boteco a saga de seu filho, que vem tendo anos de relação estável com uma moça, um pouco mais velha, que tem uma espécie de agenda relacional bastante diferente do rapaz.

Autor: Marco Antonio Spinelli


O que esperar do mercado imobiliálio em 2024

Após uma forte queda em 2022, o mercado imobiliário brasileiro vem se recuperando e o ano de 2023 mostrou este avanço de forma consistente.

Autor: Claudia Frazão


Brasileiros unidos por um sentimento: a descrença nacional

Um sentimento – que já perdura algum tempo, a propósito - toma conta de muitos brasileiros: a descrença com o seu próprio país.

Autor: Samuel Hanan


Procurando o infinito

Vocês conhecem a história do dragãozinho que procurava sem parar o infinito? Não? Então vou te contar. Era uma vez….

Autor: Eduardo Carvalhaes Nobre


A reforma tributária é mesmo Robin Hood?

O texto da reforma tributária aprovado no Congresso Nacional no fim de dezembro encerrou uma novela iniciada há mais de 40 anos.

Autor: Igor Montalvão


Administrar as cheias, obrigação de Governo

A revolução climática que vemos enfrentando é assustadora e mundial. Incêndios de grandes proporções, secas devastadoras, tempestades não vistas durante décadas e uma série de desarranjos que fazem a população sofrer.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Escravidão Voluntária

Nossa única revolução possível é a da Consciência. Comer com consciência. Respirar com consciência. Consumir com consciência.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Viver desequilibrado

Na Criação, somos todos peregrinos com a oportunidade de evoluir. Os homens criaram o dinheiro e a civilização do dinheiro, sem ele nada se faz.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


Mar Vermelho: o cenário atual do frete marítimo e seus reflexos globais

Como bem sabemos, a crise bélica no Mar Vermelho trouxe consigo uma onda de mudanças significativas no mercado de frete marítimo nesse início de 2024.

Autor: Larry Carvalho


O suposto golpe. É preciso provas…

Somos contrários a toda e qualquer solução de força, especialmente ao rompimento da ordem constitucional e dos parâmetros da democracia.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Oportunidade de marketing ou marketing oportunista?

No carnaval de 2024, foi postada a notícia sobre o "Brahma Phone" onde serão distribuídas 800 unidades de celulares antigos para os participantes das festas de carnaval.

Autor: Patricia Punder