Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Você e seu time estão progredindo?

Você e seu time estão progredindo?

01/05/2022 Valdez Monterazo

Em qualquer empreitada, pessoal, profissional ou de times, medir resultados é crucial.

Medir resultados corresponde a responder a seguinte pergunta: Estamos progredindo? Ou não?

Se em nível individual isso já é fundamental, a um nível de gestão, onde é necessário acompanhar a progressão e resultados de outras pessoas, isso se torna uma questão de sobrevivência.

Não são poucos os gestores e líderes que simplesmente negligenciam esse fator, seja isto simplesmente por desconhecer conceitos de gestão, ou por fatores comportamentais.

Muitos tem receio de quebras de relacionamento ao cobrar o time, outros acreditam que não devem fazer isso, pois as pessoas já são pagas para tal. Independente das razões ou crenças sobre o assunto, uma coisa é certa, ela não corresponde à realidade.

A realidade é que, a falta de disciplina em medir resultados causa uma falta generalizada de direção e quebras significativas de produtividade.

Dito isto, existem dois elementos cruciais que devem ser implementado quando se fala em medição. O primeiro, é saber exatamente o que está sendo medido, já o segundo está relacionado a estabelecer rotinas de medição de resultados.

1. O que está sendo medido?

Em geral, existem duas formas de acompanhar resultados. Podemos acompanhar a evolução e conclusão de atividades ou medir indicadores (KPIs).

Quando usar um ou outro depende inteiramente do tipo de trabalho a ser realizado, mas existe uma generalização que pode ser usada.

KPIs são comumente usados como índices para medir rotinas, atividades repetitivas. Atividades podem ser usadas para acompanhar novos projetos e iniciativas.

2. Rotinas de medição

Independente da forma de medição, é importante que um líder adote, crie um ritual de acompanhamento junto ao seu time.

Ou seja, é crucial que líderes reservem tempo para se reunir com seus liderados e medir os resultados alcançados em determinado período.

Por mais óbvio que isso possa parecer, não é exatamente o que ocorre na prática. Naturalmente, para se medir determinado resultado, é necessário que ele tenha sido previamente estabelecido.

Sendo mais claro, é impossível medir um resultado que não foi anteriormente planejado, organizado e delegado ao time.

Sendo assim, pode-se resumir o processo de medição de resultados, para não dizer o de gestão em si, em poucos passos:

1. Crie uma rotina de medição, seja em reuniões ou de maneira informal;

2. Avalie os principais resultados obtidos, através de atividades ou indicadores;

3. Forneça feedback relevante ao time;

4. Estabeleça os próximos resultados;

Simples, não é mesmo? A grande conclusão que você poderá chegar ao implementar o processo de medição em sua equipe é a seguinte:

Pouquíssimas pessoas conseguem manter bons resultados profissionais sem que alguém acompanhe seus resultados. Mas e você? Vem medindo os resultados do seu time de maneira consistente?

Fazer isso pode te ajudar a ser um gestor muito mais eficaz e, consequentemente, a ter uma equipe operando em altíssima performance.

* Valdez Monterazo é Coach Executivo, especializado em negócios, liderança e psicologia positiva. 

Para mais informações sobre resultados clique aqui…

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Case Comunicação



Conhecimento gera crescimento

O currículo costuma ser a principal referência de uma empresa para entender se um candidato atende ou não aos requisitos que ela necessita para ocupar uma determinada vaga.


Ser mãe é padecer… de cansaço?

Há um ditado que afirma que “ser mãe é padecer no paraíso”, remetendo às contraditórias emoções que seriam desencadeadas pelas vivências cotidianas da maternidade.

Ser mãe é padecer… de cansaço?

Eleições e os bélicos conflitos entre os Poderes

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, e, agora, as Forças Armadas estão aumentando a ofensiva contra a transparência e a segurança do processo eleitoral no Brasil.


Os amores de Salazar

O conceito que se tem de Salazar, é de político solitário, déspota e por vezes impiedoso. Mas seria o estadista, realmente, assim?


A importância da diversificação de investimentos em diferentes segmentos

Mesmo com os desafios impostos por dois anos de pandemia, o volume de investimentos para iniciativas brasileiras em 2021 foi expressivo.


Bullying: da vítima ao espectador

O bullying é um tipo particular de violência, caracterizado por agressões sistemáticas, repetitivas e intencionais, contra um ou mais indivíduos que se encontram em desigualdade de poder, gerando sofrimento para as vítimas, agressores e comunidade.


Explore seu universo de possibilidades

Você sabia que o ser humano enfrenta em média 23 adversidades por dia?


Um doidivanas incorrigível

Todos reconhecem Camilo Castelo Branco, como escritor talentoso. Admiram-lhe a riqueza do vocabulário e a vernaculidade da prosa.


Indulto x Interferência de Poderes

As leis, como de corriqueira sabença, obedecem a uma ordem hierárquica, assim escalonadas: – Norma fundamental; – Constituição Federal; – Lei; (Lei Complementar, Lei Ordinária, Lei Delegada, Medida Provisória, Decreto Legislativo e Resolução).


O peso da improbidade no destino das pessoas

O homem já em tempos pré-históricos se reunia em volta das fogueiras onde foi aperfeiçoada a linguagem humana.


Mercado imobiliário: muito ainda para crescer

Em muitos países, a participação do mercado imobiliário no Produto Interno Bruto (PIB) está acima de 50%, enquanto no Brasil estamos com algo em torno de 10%.


A governança de riscos e gestão em fintechs

Em complemento às soluções e instituições financeiras já existentes, o mercado de crédito ficou muito mais democrático com a expansão das fintechs.