Portal O Debate
Grupo WhatsApp

6 passos para encantar o cliente e superar as expectativas

6 passos para encantar o cliente e superar as expectativas

22/09/2022 Silvio Sallowicz

É notório que hoje os clientes estão cada vez mais informados e este movimento só tende a crescer.

6 passos para encantar o cliente e superar as expectativas

Quando se trata de ter clientes, é preciso, a todo momento, tê-los no centro da estratégia do negócio, facilitando suas vidas, compreendendo suas dores e criando ações efetivas e inovadoras, saindo definitivamente do Mar Vermelho e migrando para o Oceano Azul. Estas ações são extremamente válidas para conquistar as mentes e os corações de seu público. Mas como fazer isso?

É notório que hoje os clientes estão cada vez mais informados e este movimento só tende a crescer. A geração Z, por exemplo, que inclui nascidos entre 1995 a 2010, vai representar, em 2030, o maior público consumidor do mercado. Entre tantas características deles, a mais evidente talvez seja não se contentar com o básico.

Com isso, as empresas tendem a coletar grandes quantidades de informações de clientes, a fim de facilitar a personalização de experiências e aumentar as oportunidades de engajamento. No entanto, é preciso saber como usar esses dados prontamente disponíveis para se conectar de fato com os consumidores. Significa dizer que é necessário encontrar maneiras de estabelecer conexões emocionais, que tenham ampla efetividade.

O ponto de partida é manter um interesse genuíno no seu cliente, para garantir que a experiência dele com sua marca seja prazerosa e se aproxime ao máximo da perfeição, gerando encantamento. Essa conexão é poderosa para criar uma rede de sustentação, pois os clientes fiéis serão aqueles que vão apoiar a sua empresa, são eles que vão lhe ajudar na comunicação da marca, determinante para aumentar o engajamento com o público – o famoso boca a boca, que hoje também é uma fortaleza das mídias sociais.

Confira a seguir, 6 ações para encantar seus clientes e melhorar os resultados do seu negócio:

1. Surpreenda e antecipe as expectativas: encantar não se trata só de oferecer um serviço ou produto de forma eficaz. O encantamento realmente vem das ações que o cliente não espera, a princípio, e que excedem as suas expectativas. Quando essa ‘mágica’ ocorre, isso tende a criar um vínculo maior. É importante que as organizações entendam o que seus consumidores estão procurando e criem experiências, tendo eles em mente. E aí entra a relevância de compreender alguns padrões de comportamento, que podem ser baseados em pesquisas, demandas e conversas, além de se atualizar e informar constantemente. É dessa forma que uma empresa atende seus clientes com excelência e se mantém competitiva, antecipando-se ao que vem pela frente.

2. Seja empático: é essencial entender as demandas de seus clientes e ouvir o que eles têm a dizer. Ser empático, então, significa mostrar a todo momento que você está atento e se importa com a experiência dos seus consumidores. Porém, isso está além dos discursos e de palavras. Deve ser mostrado com ações e atitudes efetivas, e que partem do princípio que existe uma segmentação. Afinal, uma empresa, normalmente, não tem uma única persona, e a  segmentação se torna, desta forma, fundamental para adequar os esforços de marketing a grupos específicos. Acima de tudo, os clientes querem sentir que a marca reconhece que eles são indivíduos – não parte de um grupo – por isso é importante que as empresas atendam a isso.

3. Dê importância a interações tête-a-tête: Nos dias de hoje a tecnologia domina os canais de atendimento ao cliente, que podem ligar e enviar e-mail ou mensagens de texto para  um chat da marca, ou pelas mídias sociais. No entanto, a tecnologia às vezes leva à frustração ou a gaps de comunicação. Por isso, as interações personalizadas e mais diretas reduzem a probabilidade de comunicação falha de uma empresa, aumentando, assim, o potencial de uma conexão mais significativa. Uma dica é perguntar ao cliente qual é a sua forma de comunicação preferida e proceder dessa forma.

4.Valorize seus clientes e mostre que os aprecia: as empresas devem mostrar consideração pelos seus clientes, que vão além do simples "obrigado", para fazê-los se sentirem valorizados. Mostrar apreço tende a deixar um cliente feliz e mais propenso a retornar ao negócio. Se um cliente estiver satisfeito, ele divulgará a empresa para amigos e familiares, melhorando a reputação da empresa. No mais, as empresas devem considerar a criação de uma estratégia de valorização do cliente para recompensar os consumidores fiéis. Pode-se investir em convites para eventos culturais, encontros de relacionamento, compartilhar suas realizações nas mídias sociais; essas são apenas algumas formas de mostrar ao cliente como ele é importante.Mensagens personalizadas também são altamente  eficientes. E normalmente você escreve em cinco minutinhos algo que tem um grande efeito. Os clientes, em geral, sabem quando uma mensagem de empresa é genérica. Então, só de adicionar um toque pessoal, já é muito válido.

5. Preste atenção ao que está acontecendo nos bastidores da sua empresa: se houver problemas com os funcionários de sua equipe, é bem possível que atitudes negativas afetem a qualidade do atendimento ao seu cliente. É crucial ter um time unido e uma forte cultura empresarial dentro de casa. É preciso haver foco em relacionamentos, tratamento justo, bem-estar coletivo e contribuir para o desenvolvimento profissional. Uma boa ideia é facilitar a interação social, promovendo ações e eventos para seu público interno e, ainda, coletar feedbacks constantes. Assim, você ajuda a reter seus talentos e também seus clientes, está tudo ligado.

6. Seja autêntico e haja com propósito: sobretudo as novas gerações de consumidores, desejam consumir produtos e serviços de marcas engajadas com causas.  Mas os movimentos devem ser genuínos sempre. Os clientes percebem nitidamente posicionamentos vagos ou que soam hipócritas. É importante agir, evitando ao máximo palavras vazias ou que não condizem com ações práticas. Ter propósito e praticar a inclusão são hoje valores esperados pelos consumidores.

Sobre a Duo & Ecco: com atuação no Brasil e no mercado internacional, a empresa é referência em viagens de incentivo, eventos corporativos, premiações de colaboradores e live marketing. No mercado brasileiro, sua reputação é reconhecida amplamente, sendo que faturou 22 Prêmios Caio, conhecido como o Oscar do mercado de eventos. É a empresa pioneira em seu modelo de negócios, com a inovação como pilar central de seus negócios, e também a primeira do segmento a receber a certificação internacional SITE Crystal Awards. No DNA do grupo está a inovação e a personalização, além da empatia e do apoio à diversidade e à inclusão. Recentemente, as viagens de capacitação executiva entraram no portfólio de serviços. Com grande reputação e credibilidade, a empresa comemora seus 27 anos com o lançamento de uma marca única, a Duo & Ecco, fusão das duas organizações fundadas pelo CEO Silvio Sallowicz e seu sócio Gerson Palmeira. A atenção aos detalhes, a criatividade e o planejamento impecável são características que a Duo & Ecco adota para criar experiências memoráveis.

* Silvio Sallowicz, CEO da Duo & Ecco.

Para mais informações sobre Clientes clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Key Press Comunicação



Estratégias de desenvolvimento interno de equipes de alta performance

Apostar na formação de funcionários é a melhor saída para driblar a escassez de talentos especializados no mercado de trabalho.

Autor: Divulgação

Estratégias de desenvolvimento interno de equipes de alta performance

A estratégia de folha de pagamento na prática

Se os funcionários são o coração pulsante de uma organização, então a folha de pagamento é, de muitas maneiras, o sangue que a percorre.

Autor: Jeff Phipps

A estratégia de folha de pagamento na prática

União da Contabilidade e Marketing voltados para o ESG

O termo ESG surgiu há alguns anos e já tem se tornado prioridade no mundo dos negócios por estar embasado nas práticas ambientais, sociais e de administração de uma empresa.

Autor: Priscilla Helena Afonso Ejzenbaum

União da Contabilidade e Marketing voltados para o ESG

Como calcular o potencial de faturamento do seu negócio?

Conhecer o preço ideal da hora trabalhada em seu escritório ajuda a decidir quanto cobrar e qual pode ser a margem de lucro.

Autor: Beatriz Machnick

Como calcular o potencial de faturamento do seu negócio?

Como um ERP pode aumentar a eficiência de uma empresa?

Em meio a um cenário empresarial dinâmico e em evolução constante, a adoção de um sistema de gestão torna-se imprescindível para garantir a eficiência operacional.

Autor: Júlio Baruchi e Rodrigo Franco

Como um ERP pode aumentar a eficiência de uma empresa?

Felicidade nas empresas: ambientes resilientes e produtivos

Desde que o mundo é mundo, a felicidade sempre foi o tema da existência humana.

Autor: Nancy Quintela e Walderez Fogarolli

Felicidade nas empresas: ambientes resilientes e produtivos

Você sabe a importância do marketing e do branding para um bom líder?

Há duas ferramentas que são essenciais para um bom líder utilizar e ajudar a criar uma imagem positiva e forte da sua marca e negócio: o marketing e o branding.

Autor: Leonardo Chucrute

Você sabe a importância do marketing e do branding para um bom líder?

Quais os principais erros cometidos na hora de investir em cibersegurança?

Se as empresas estão engajadas na temática de segurança, por que continuamos vendo casos de ciberataques?

Autor: Renata Barros e Tailan Oliveira

Quais os principais erros cometidos na hora de investir em cibersegurança?

5 desafios de trade marketing

Como as empresas devem se preparar para 2024.

Autor: Kleber Astolfi

5 desafios de trade marketing

Empreender sem funcionários? Dicas para administrar o próprio negócio

Como alternativa para começar o próprio negócio, investir em empresas sem colaboradores é uma opção para ter autonomia com o trabalho.

Autor: Divulgação

Empreender sem funcionários? Dicas para administrar o próprio negócio

Por que abandonar o ‘marketês’ nas relações com clientes

Em novo livro, Carolina Fernandes incentiva pequenos e grandes empresários a abrasileirarem a comunicação para reforçar proximidade com todos os públicos.

Autor: Divulgação


“Contrato de gaveta” pode trazer instabilidade jurídica à sua empresa?

Contratos sem registro legal podem ser mais rápidos, mas trazem insegurança jurídica para a empresa.

Autor: Divulgação

“Contrato de gaveta” pode trazer instabilidade jurídica à sua empresa?