Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A empresa pode obrigar o funcionário a trabalhar na quarentena?

A empresa pode obrigar o funcionário a trabalhar na quarentena?

02/04/2020 Bianca Canzi

A situação não é boa para economia, mas é importante para saúde da população.

A empresa pode obrigar o funcionário a trabalhar na quarentena?

Alguns governadores e prefeitos decretaram estado de emergência em saúde, determinando o fechamento de comércio para prevenção ao aumento de casos do coronavírus. Assim, estipularam multa para os comerciantes que não fecharem os estabelecimentos e reforçaram a fiscalização nas ruas para evitar a presença de vendedores ambulantes.

Ocorre, que muitos comerciantes e empresários estão questionando essas iniciativas por parte dos governantes, pois alegam que o prejuízo e a crise econômica será muito grande.

Sem dúvidas, a situação não é boa para economia, mas é importante para saúde da população, dessa forma, os empresário devem pensar na saúde do funcionários, que ao se exporem estarão sujeitos à contaminação do vírus.

No entanto, por meio de uma decisão liminar, a Justiça de Goiás autorizou o funcionamento de algumas empresas de prestação de serviço, limpeza, segurança e segurança a continuarem funcionando, apesar do Governo do Estado de Goiás proibir.

Diante do exposto, os funcionários ficam desnorteados, sem saber como prosseguir, pois a situação gera um conflito jurídico, onde o Governo tem uma iniciativa divergente do posicionamento do empregador.

Nesta situação, caso o funcionário convocado para trabalhar no período da quarentena faça parte do grupo de risco, deverá comunicar o empregador, provar documentalmente da forma que puder que se encontra num grupo de risco ou que tem em seu convívio doméstico alguém nessa condição, para que o empregador lhe afaste, com licença remunerada.
Porém, se o empregado não conceder a licença, o funcionário deverá recorrer ao sindicato da categoria, e se mesmo assim não solucionar o conflito, deverá recorrer a um advogado trabalhista, para resolver judicialmente.

Já na hipótese do funcionário suspeitar que tenha contraído coronavírus ou que manteve contato com alguém nesta condição, poderá se manter afastado por sete dias, contanto que informe o empregador. Também não será necessário a apresentação de atestado médico, visto que nesta no último 27 de março a Câmara aprovou a dispensa do documento, uma vez que ao se dirigir ao pronto socorro os riscos aumentam.

Além desta iniciativa, o Câmara dos Deputados também o auxílio emergencial de R$600,00 por mês para trabalhadores autônomos, desempregados e microempreendedores de baixa renda, com o objetivo de protege-los em meio da crise econômica, gerada pelo coronavírus. Essa foi uma bo ainiciativa do GOverno que deve continuar agindo na defesa dos empregos e de uma economia sustentável em tempos de pandemia.

* Bianca Canzi é advogada trabalhista do escritório Aith, Badari e Luchin Advogados

Fonte: Ex-Libris Comunicação Integrada



Comércio perde 7,8% de empresas e reduz salários em 2020, aponta IBGE

Dados fazem parte da Pesquisa Anual de Comércio.

Comércio perde 7,8% de empresas e reduz salários em 2020, aponta IBGE

Mercado infantil tem projeções de crescimento para os próximos cinco anos

Ramo de franquias no setor registra alta tanto em faturamento quanto em número de unidades.

Mercado infantil tem projeções de crescimento para os próximos cinco anos

Empresas poderão renegociar dívidas com o Fisco com 70% de desconto

Portaria estende à Receita Federal a modalidade de renegociação chamada de transação tributária.

Empresas poderão renegociar dívidas com o Fisco com 70% de desconto

Gestão de custos e planejamento a longo prazo

Gestão de custos é o processo de planejar e controlar efetivamente os custos envolvidos em um negócio.

Gestão de custos e planejamento a longo prazo

Salário mínimo pode ser de R$ 1.294 em 2023

Se o valor for confirmado, vai ser o quarto ano seguido sem reajuste real.

Salário mínimo pode ser de R$ 1.294 em 2023

CNC prevê alta de 5,3% nas vendas para o Dia dos Pais

Estimativa é criar 18,5 mil vagas temporárias.

CNC prevê alta de 5,3% nas vendas para o Dia dos Pais

Confiança dos pequenos negócios cai em julho

Comércio foi o setor mais confiante e serviços foi o que apresentou menor confiança.

Confiança dos pequenos negócios cai em julho

Arquivei marca presença em grande evento de contabilidade em BH

Coordenadoras da empresa participam de palestra sobre visões estratégicas que podem gerar economia no setor contábil.


Pequenos negócios geram 72% das vagas de emprego no primeiro semestre

Micro e pequenas empresas criam 961 mil postos no período no país.


Quatro principais desafios de vendas para superar até 2023

À medida que o mundo volta a alguma normalidade, começamos a perceber também que a forma de vender mudou fundamentalmente em comparação com os tempos pré-pandemia.

Quatro principais desafios de vendas para superar até 2023

MEI poderá emitir nota fiscal de serviço no Portal do Simples Nacional

Mais de 13 milhões de empreendedores devem ser beneficiados.

MEI poderá emitir nota fiscal de serviço no Portal do Simples Nacional

Mais de 70% dos empresários mineiros estão otimistas com o 2º semestre de 2022

Primeiro semestre do ano teve aumento de 51,9% nas vendas em relação a 2021.

Mais de 70% dos empresários mineiros estão otimistas com o 2º semestre de 2022