Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Abatimento com PGBL do Imposto de Renda 2019

Abatimento com PGBL do Imposto de Renda 2019

18/12/2019 Thamires Ferreira

Termina em dezembro o prazo para conseguir o abatimento com PGBL do Imposto de Renda 2019.

A declaração de imposto de renda referente ao ano fiscal de 2019, acontecerá provavelmente, só a partir de março de 2020.

No entanto, para aqueles que incluem os gastos empregados na educação, saúde, dependentes – dentre outros consumos dedutíveis –, devem ficar atentos ao fato de que somente os gastos realizados até o dia 31 de dezembro deste ano valerão para o uso na dedução do imposto de renda.

Dentro do âmbito destes gastos, existe também a possibilidade de deduzir o equivalente a até 12% da renda anual bruta na pessoa física, em aportes feitos na previdência privada, no modelo PGBL, conforme o artigo 11 da lei nº 9532/97:

“As deduções relativas às contribuições para entidades de previdência privada a que se refere a alínea e do inciso II do art. 8° da Lei nº 9.250, de 26 de dezembro de 1995, e às contribuições para o Fundo de Aposentadoria Programada Individual (Fapi), a que se refere a Lei nº 9.477, de 24 de julho de 1997, cujo o ônus seja da própria pessoa física, ficam condicionadas ao recolhimento também de contribuições para o regime geral de previdência social ou, quando for o caso, para regime próprio de previdência social dos servidores titulares de cargo efetivo da União, dos Estados, do Distrito Federal ou dos Municípios, observada a contribuição mínima, e limitadas a 12% do total dos rendimentos computados na determinação da base de cálculo do imposto devido na declaração de rendimentos” - Redação dada pela Lei nº 10.887, de 2004.

Na prática, acontece da seguinte forma: uma pessoa que tem uma renda de R$ 10 mil reais mensais na pessoa física, por exemplo, pagaria o imposto de renda sobre um ganho anual de R$ 120.000,00.

Porém, caso este indivíduo aporte até R$ 14.400, em PGBL (R$ 120.000, x 12%), passará a pagar o imposto sobre uma renda de R$ 105.600,00.

Esta redução na base de cálculo fará com que o investido tenha aumente sua restituição no imposto de renda ou diminua o valor a ser pago, em cerca de R$ 4.000,00.

Essa dedução é possível, independentemente das demais realizadas sob os gastos com a educação, saúde, dependentes, etc.

Ao investir em previdência privada via PGBL, o investidor contará com alguns benefícios. A primeira vantagem é o diferimento fiscal, ou seja, ao invés de pagar o imposto agora, pagará apenas no futuro, quando fizer o resgate do valor investido.

O segundo benefício é a redução na alíquota do imposto sobre este valor, pois a mesma sairá dos 27,5% e pode cair até o mínimo de 10% - a partir de 10 anos.

Já o terceiro ganho de se fazer o uso dos investimentos em previdência privada via PGBL, é o ganho de capital – visto que a previdência privada é um investimento.

Nos tempos de hoje, inclusive, existem fundos com excelentes performances no mercado, o que por fim pode garantir um grande lucro na maioria dos casos.

O pré-requisito para aproveitar este benefício é fazer a declaração completa do imposto de renda e contribuir com o INSS.

Funcionários públicos que possuem regimentos próprios de previdência social, também podem usufruir desta vantagem, desde que participem do regime próprio do seu órgão empregador.

O ideal é que se procure pela ajuda de um assessor de investimentos capacitado, pois somente o mesmo poderá auxiliá-lo quanto a escolha do melhor fundo de investimento de previdência privada, respeitando o seu perfil de investidor e adequando a sua realidade de renda e objetivos futuros.

* Thamires Ferreira é economista, assessora de investimentos na Monteverde Investimentos e especialista em previdência privada.

Fonte: Naves Coelho Comunicação



Lançado o primeiro carrinho inteligente da América Latina

Com o novo carrinho inteligente da Nextop no Enxuto é possível contabilizar e pagar as compras com total autonomia.

Lançado o primeiro carrinho inteligente da América Latina

A promessa da Enjin Coin (ENJ) caiu por terra. As perspectivas de Mushe (XMU) continuam crescendo

A Enjin Coin (ENJ) trouxe uma forma interessante de integrar partes anteriormente díspares do espaço dos criptoativos. Porém, será que sua valorização se manterá consistente ao longo do tempo?

A promessa da Enjin Coin (ENJ) caiu por terra. As perspectivas de Mushe (XMU) continuam crescendo

Artesãos mineiros expõem seus produtos no 15º Salão do Artesanato, em Brasília

Evento, que acontece de 04 a 08 de maio, reunirá mais de 500 artesãos de 25 estados do Brasil.

Artesãos mineiros expõem seus produtos no 15º Salão do Artesanato, em Brasília

Faturamento de bares e restaurantes deve aumentar 30% no Dia das Mães

Data é segundo melhor dia do ano em relação ao movimento, diz Abrasel.

Faturamento de bares e restaurantes deve aumentar 30% no Dia das Mães

Wax (WAXP) e Mushe (XMU): as melhores criptomoedas eco-friendly

Existe uma forma para as finanças descentralizadas se tornarem mais sustentáveis. Aqui estão as empresas que estão pavimentando o caminho.

Wax (WAXP) e Mushe (XMU): as melhores criptomoedas eco-friendly

Percentuais de endividados e inadimplentes são os maiores em 12 anos

Índice de endividados chegou a 77,7% em abril. O cartão de crédito é o principal motivo das dívidas.

Percentuais de endividados e inadimplentes são os maiores em 12 anos

Financiar carro vale a pena?

Especialista em análise de crédito esclarece os principais mitos dessa alternativa.

Financiar carro vale a pena?

Você e seu time estão progredindo?

Em qualquer empreitada, pessoal, profissional ou de times, medir resultados é crucial.


A governança de riscos e gestão em fintechs

Em complemento às soluções e instituições financeiras já existentes, o mercado de crédito ficou muito mais democrático com a expansão das fintechs.


Kanban ainda é pouco explorado, mas pode revolucionar o cotidiano das empresas

Como trazer soluções efetivas em condições de fluxo de atividade em escala?

Kanban ainda é pouco explorado, mas pode revolucionar o cotidiano das empresas

Investimentos registram captação de R$ 46 bi no primeiro trimestre

O segmento de fundos de investimentos fechou o primeiro trimestre de 2022 com absorção líquida de R$ 46,1 bilhões, movimentação de 56,9% menor do que o observado no mesmo período de 2021.


Cadastro Positivo insere mais de 464 mil mineiros no mercado de crédito

Dados divulgados pela ANBC demonstram contingente da população mineira que se beneficiou da primeira consulta de crédito após a implantação do Cadastro Positivo com adesão automática.

Cadastro Positivo insere mais de 464 mil mineiros no mercado de crédito