Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Cade multa e enquadra os Correios por práticas anticompetitivas.

Cade multa e enquadra os Correios por práticas anticompetitivas.

04/02/2019 Marcos Villela (Transporte Mundial)

Desde o surgimento e crescimento da internet, Os Correios (Empresa de Correios e Telégrafos) perderam algumas das suas funções sociais e, consequentemente, faturamento.

A estatal tem o monopólio da entrega de correspondências pessoais e comerciais garantido pela Constituição Federal, mas, por meio de milhares de ações na Justiça contra transportadoras, a empresa do governo tentou forçar que o monopólio fosse estendido para a entrega de cargas expressas e praticava a “litigância predatória de má-fé”, um termo jurídica para ações indevidas contra alguém com fins de prejudicar o outro.

Setcesp

Esses processos eram muito custosos para as transportadoras e encareciam suas operações. Os prejuízos causados pelos Correios à sociedade com tais processos em todo o País são estimados em R$ 766 milhões, segundo a Fundação Getúlio Vargas.

Diante disso, o Setcesp (Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de São Paulo e Região) entrou com um processo administrativo contra Os Correios em 2013 por práticas anticompetitivas no Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

STF já havia entendido que encomendas não é monopólio dos Correios

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) fez um acordo para que Os Correios pare imediatamente as práticas anticompetitivas. Além de ter que pagar uma multa de R$ 21,9 milhões, a estatal deverá criar um programa de compliance (conjunto de disciplinas para fazer cumprir as normas legais e regulamentares) concorrencial com procedimentos preventivos e de monitoramento para evitar a prática de condutas lesivas a concorrências.

Há nove anos, o Plenário do STF (Supremo Tribunal Federal), por seis votos a quatro, manteve o monopólio restrito à Lei 6.538/78. Com isso, cartas pessoais e comerciais, cartões-postais, correspondências agrupadas (malotes) só poderão ser transportadas e entregues pela empresa pública, além da fabricação de selos. Por outro lado, o Plenário entendeu que as transportadoras privadas não cometem crime ao entregar outros tipos de correspondências e encomendas.

* Marcos Villela - Editor da revista e site Transporte Mundial desde fevereiro de 2002.

Fonte: Transporte Mundial 



Cemig é a única empresa do setor elétrico não europeia no Índice Dow Jones de Sustentabilidade

Cemig permanece na seleta lista de empresas do Dow Jones Sustainability Index World (DJSI World), por 20 anos consecutivos, como a única empresa do setor elétrico não europeia, desde a criação desse importante índice.


Governo do Egito quer expandir comércio com o Brasil

País africano quer ampliar parceria no melhoramento genético de gado bovino.

Governo do Egito quer expandir comércio com o Brasil

Amazon Prime: a nova investida da Amazon no Brasil

A Amazon lançou, na última terça-feira (10), um novo serviço no Brasil: o Amazon Prime. A notícia fez as ações das maiores varejistas do país – Magazine Luiza, B2W e Via Varejo – despencarem.


Startup Pegaki conecta e-commerces a pontos de venda e resolve problema de entrega

Ao invés de esperar encomendas pelo correio, consumidores podem retirá-las pessoalmente em unidades de empresas que atraem clientes para seu ponto de venda.


Competição vai conectar 150 startups a 5 mil empresas brasileiras que buscam “comprar” inovação

Até o dia 12 de outubro, o Amcham Arena promoverá o encontro das startups com lideranças empresariais.

Competição vai conectar 150 startups a 5 mil empresas brasileiras que buscam “comprar” inovação

Abertura de empresas brasileiras de tecnologia no Reino Unido dura apenas 15 minutos

Evento na Assespro - PR em Curitiba explicou tudo o que é preciso saber para abrir uma empresa brasileira de TI no país europeu.


Percentual de endividados aumenta em agosto e é o maior em seis anos

Oitava alta mensal consecutiva no endividamento alcançou 64,8% das famílias.

Percentual de endividados aumenta em agosto e é o maior em seis anos

Data-Driven Marketing

Por que é o momento de adotar a estratégia.


Amazon Prime é importante. Alibaba é ainda mais!

A verdadeira ameaça para o varejo nacional não está na Amazon.


Sete passos para ser mais produtivo no trabalho

Especialista da consultoria Wyser mostra como priorizar corretamente as tarefas para aumentar o rendimento.


Liberação do FGTS e PIS/Pasep vai impulsionar o consumo até o fim do ano

De acordo com CNC, comércio e serviços deverão ser positivamente impactados.

Liberação do FGTS e PIS/Pasep vai impulsionar o consumo até o fim do ano

Comércio varejista cresce 1% em julho

É o 3º resultado positivo do indicador, que acumula alta de 1,6%.

Comércio varejista cresce 1% em julho