Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como agilizar as simulações do seu planejamento orçamentário

Como agilizar as simulações do seu planejamento orçamentário

22/07/2020 Emerson Douglas Ferreira

A incerteza é um dos maiores desafios da década.

A pandemia da Covid-19 assolou grandes nações e revelou uma nova série de incertezas nos mais diferentes aspectos tais como saúde, comportamento, economia e negócios.

Na definição clássica, manter o controle das finanças corporativas é determinante para se obter sucesso nos negócios, mas, diante de um cenário como o que estamos vivendo, ficamos em dúvida do que podemos fazer para mitigar os efeitos negativos desse impacto.

É bastante importante investir em tecnologia aplicada a uma boa fundamentação de dados, análises e projeções.

Não é de hoje que identificamos a necessidade de implantar softwares de planejamento, elaboração de orçamentos, previsão, análise e registro de resultados.

Na realidade, as plataformas de planejamento orçamentário vêm ganhando popularidade entre as empresas, e os gestores já entenderam a importância da criação de modelos de rentabilidade para diferentes cenários, capazes de atender às mais variadas demandas dos ambientes organizacionais.

Para uma boa fundamentação de dados, os recursos de suporte podem ser segmentados em cinco categorias relacionadas, como a análise de planejamento, a descritiva, de diagnóstico, preditiva e prescritiva.

Devemos contar também com o atual mercado totalmente incerto e refletir sobre o que podemos fazer diante dessa realidade.

Por isso, lembre-se que, seja qual for o planejamento corporativo, ele normalmente estará associado ao gerenciamento de desempenho da empresa, o que presume planejamento financeiro, orçamento e previsão.

Dessa forma, suas diretrizes precisam permear a compreensão de desempenhos passados, identificação de desvios de normas (plano vs real), avaliação de cenários possíveis, previsão de resultados prováveis e avaliação de riscos e restrições.

Quando se pensa em busca de resultados desafiadores com ciclos rápidos diante de um cenário absolutamente incerto, a análise de dados aliada à tecnologia pode ajudar na construção de planos com focos e cenários diferentes.

E, embora todos reconheçamos o seu valor, o planejamento corporativo exige comprometimento e ferramentas dedicadas e interconectadas com suporte a coleta e preparo de informações, estudo de dados que inclua modelos de variação e previsões, entrega dos relatórios executivos e a realização de ajuste de modelos com base em relatórios de variação capazes de melhorar a precisão das previsões.

A revisão do planejamento deve ser realizada de forma periódica e continua, e os planos devem ser ajustados de acordo com cada cenário, para garantir que decisões oportunas e precisas sejam tomadas usando como base dados atualizados e confiáveis.

O processo de tomada de decisão é a força vital das operações comerciais inteligentes e por isso, é importante ressaltar que o real motivo para a utilização de todas essas novas tecnologias, como Big Data, Business Intelligence (BI), inteligência artificial e outras, é o suporte à decisão, que auxilia de forma eficaz.

* Emerson Douglas Ferreira é especialista em consultoria de planejamento, inteligência de negócio e soluções que auxiliam executivos na tomada de decisão e fundador da Meeting Strategic Solutions.

Fonte: Vervi Assessoria



Novo fôlego para o empresariado

As micro e pequenas empresas brasileiras chegaram perto de entrar em colapso com o início da pandemia, em março do ano passado.


Trabalho presencial: quando e como será possível?

A volta, ou não, do trabalho presencial é um dos principais temas nas instâncias diretivas das grandes empresas brasileiras.

Trabalho presencial: quando e como será possível?

Modelo híbrido é alternativa ao home office? Pela legislação não é bem assim

É preciso cuidado, pois o que se tem dentro da legislação é que esse pode ficar em até 25% da carga horária em home office.

Modelo híbrido é alternativa ao home office? Pela legislação não é bem assim

Tecnologia, home office e a transformação do mercado imobiliário

A tecnologia é uma grande aliada e uma ferramenta cada vez mais fundamental para o mercado imobiliário.

Tecnologia, home office e a transformação do mercado imobiliário

Impostômetro chega à marca de R$ 2 trilhões

Em 2020, a marca foi atingida em 22 de dezembro, informa associação de SP.

Impostômetro chega à marca de R$ 2 trilhões

Setor de food service deve movimentar R$ 167 bilhões em 2021

Enfraquecido pela pandemia, segmento de food service deve estar preparado para o boom das operações, que se dará em 2022.

Setor de food service deve movimentar R$ 167 bilhões em 2021

CNC estima faturamento recorde do varejo para o Dia das Crianças

A data é a terceira mais importante depois do Natal e do Dia das Mães.

CNC estima faturamento recorde do varejo para o Dia das Crianças

Serasa mostra que empresas pagam 51% das dívidas em até 60 dias

Dívidas recentes são recuperadas em maior número que antigas.

Serasa mostra que empresas pagam 51% das dívidas em até 60 dias

4 dicas de decoração e arquitetura para escritórios

Há tempos que o local de trabalho deixou de ser um ambiente sem graça.

4 dicas de decoração e arquitetura para escritórios

Maioria de postos de trabalho foi criada por micro e pequena empresas

No acumulado do ano, as micro e pequenas empresas foram responsáveis por aproximadamente 70% dos postos de trabalho gerados no país.

Maioria de postos de trabalho foi criada por micro e pequena empresas

Pequenos negócios ainda registram queda no faturamento e se recuperam gradativamente

Pesquisa do Sebrae e da FGV mostra que indicadores do segmento apresentaram uma leve melhora em setembro, mas os impactos da crise ainda são sentidos pela maioria.

Pequenos negócios ainda registram queda no faturamento e se recuperam gradativamente

Um terço dos pequenos negócios mineiros investiu em RH para enfrentar a pandemia

Estudo do Sebrae Minas mostra, ainda, que 40% destas empresas precisaram reduzir as capacitações das equipes nos últimos 18 meses.

Um terço dos pequenos negócios mineiros investiu em RH para enfrentar a pandemia