Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Entenda o que são os infoprodutos e como funciona a sua tributação

Entenda o que são os infoprodutos e como funciona a sua tributação

24/07/2020 Divulgação

Em momento de pandemia o mercado digital cresceu cerca de 200%, entenda como lidar com este.

Entenda o que são os infoprodutos e como funciona a sua tributação

O aumento das vendas dos chamados infoprodutos só vem aumentando diante pandemia, que já dura no Brasil a cerca de 4 meses. De um dia para o outro, surgiram diversos aplicativos de venda online, os empresários aproveitaram a oportunidade do negócio digital e se lançaram neste meio.

São considerados infoprodutos:

- E-books;

- Apostilas;

- Cursos online;

- Videoaulas;

- Screencasts;

- Aplicativos;

- Livros digitais e kits.

É preciso ter empresa/CNPJ para essa atividade?

A contadora Gisele Machioski, responde, “Não é obrigatório abrir uma empresa para vender os infoprodutos, mas é preciso analisar, pois pode ter menos custos, e em algumas plataformas, como a Hotmart por exemplo, as pessoas físicas podem sacar da sua conta o valor máximo de R$ 1900,00 enquanto quem é pessoa jurídica pode sacar mais do que esse valor, desde que haja dinheiro suficiente na conta”.

Como tributar o rendimento?

Pessoa física:

Todo valor recebido será tributado conforme tabela do Imposto de Renda, não podendo deduzir custos algum. Se a receita com infoprodutos for até 28 mil no ano, terá isenção. “Nesse caso vale a pena continuar como pessoa física”, apresenta a contadora.

Pessoa jurídica

MEI – Microempreendedor Individual

Em geral, é recomendado para quem deseja formalizar o negócio de infoprodutos que se enquadre, inicialmente, na modalidade MEI – microempreendedor individual. Este é o modo mais simples e barato de abrir uma empresa, desde que o faturamento por ano seja de até R$ 81 mil e a mesma não contrate mais do que um empregado de carteira assinada e nem seja sócio de outra empresa.

Assim, “Vale a pena porque o custo fica em torno de R$ 55,00 por mês e ainda serve para aposentadoria/auxilio doença” expõe a profissional.

Vale lembrar que, mesmo o MEI pode emitir nota fiscal, com a vantagem que não é uma obrigação, desde que comercialize os seus produtos e serviços para o consumidor final. Se a venda for realizada para uma empresa, recomenda-se que seja emitido o documento.

Atividades permitidas para o MEI:

5819-1/00 - Edição de cadastros, listas e de outros produtos gráficos;

5811-5/00 - Edição de livros;

5912-0/99 - Atividades de pós-produção cinematográfica, de vídeos e de programas de televisão não especificadas anteriormente;

8599-6/04 - Treinamento em desenvolvimento profissional e gerencial;

7319-0/02 - Promoção de vendas.

MICROEMPRESA, EMPRESA DE PEQUENO PORTE OU NORMAL:

Se o faturamento de R$ 81 mil for ultrapassado, será necessário abrir um outro tipo de empresa e ter um contador, ficando a tributação entre 6% até 17%, dependendo do faturamento da loja.

Essas são as atividades que podem ser realizadas:

8599-6/04 – Cursos ou treinamentos, para quem produz conteúdo digital, como manuais online;

5811-5/00 – Edição de livros, para quem desenvolve todo tipo de e-books (se for optante pelo simples, a tributação começa com 4,5%);

6319-4/00 – Dados digitais, entretenimento, busca e outros conteúdos na web para quem trabalha nesses ramos;

7319-0/02 – Promoção de vendas, ideal para os afiliados;

7319-0/03 – Marketing direto.

Entretanto, “Não é lógico e nem aconselhável uma agência de marketing abrir várias empresas para cada lançamento ou infoprodutos” alerta Gisele. Em vista que não será possível gerenciar os produtos e os custos ficariam altíssimos. A orientação é que o responsável abra um CNPJ e faça um contrato de parcerias com os clientes, sendo pessoas físicas ou jurídicas.

Será necessário também, “Atentar para abertura da empresa no cadastro, principalmente junto à prefeitura para liberação de alvará”, finaliza a contadora.

Fonte: Machioski Contabilidade e Toda Comunicação



CNC prevê alta de 5,3% nas vendas para o Dia dos Pais

Estimativa é criar 18,5 mil vagas temporárias.

CNC prevê alta de 5,3% nas vendas para o Dia dos Pais

Confiança dos pequenos negócios cai em julho

Comércio foi o setor mais confiante e serviços foi o que apresentou menor confiança.

Confiança dos pequenos negócios cai em julho

Arquivei marca presença em grande evento de contabilidade em BH

Coordenadoras da empresa participam de palestra sobre visões estratégicas que podem gerar economia no setor contábil.


Pequenos negócios geram 72% das vagas de emprego no primeiro semestre

Micro e pequenas empresas criam 961 mil postos no período no país.


Quatro principais desafios de vendas para superar até 2023

À medida que o mundo volta a alguma normalidade, começamos a perceber também que a forma de vender mudou fundamentalmente em comparação com os tempos pré-pandemia.

Quatro principais desafios de vendas para superar até 2023

MEI poderá emitir nota fiscal de serviço no Portal do Simples Nacional

Mais de 13 milhões de empreendedores devem ser beneficiados.

MEI poderá emitir nota fiscal de serviço no Portal do Simples Nacional

Mais de 70% dos empresários mineiros estão otimistas com o 2º semestre de 2022

Primeiro semestre do ano teve aumento de 51,9% nas vendas em relação a 2021.

Mais de 70% dos empresários mineiros estão otimistas com o 2º semestre de 2022

Como o “jeito fintech” de fazer negócios tem possibilitado o surgimento de novas empresas

Quem já se aventurou no empreendedorismo ou está fazendo isso agora sabe o quanto é difícil se destacar em um ambiente extremamente competitivo.

Como o “jeito fintech” de fazer negócios tem possibilitado o surgimento de novas empresas

Volatilidade da economia gera incertezas e oportunidades no mercado imobiliário

De janeiro a maio, o CUB/m2 já acumula variação de 10,05%, enquanto o custo com material cresceu 9,02% e o custo com a mão de obra, 11,17%.

Volatilidade da economia gera incertezas e oportunidades no mercado imobiliário

Líder ou Gestor, entenda a diferença

Existe uma grande diferença entre um gestor e um líder.

Líder ou Gestor, entenda a diferença

Estudo aponta crescimento do mercado audiovisual em Belo Horizonte

Nos últimos sete anos, capital mineira teve aumento de 108% no número de trabalhadores em atividade no setor.

Estudo aponta crescimento do mercado audiovisual em Belo Horizonte

Fidelização como diferencial para o sucesso

A competitividade no mundo dos negócios exige cada vez mais das empresas.

Fidelização como diferencial para o sucesso