Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Entenda o que são os infoprodutos e como funciona a sua tributação

Entenda o que são os infoprodutos e como funciona a sua tributação

24/07/2020 Divulgação

Em momento de pandemia o mercado digital cresceu cerca de 200%, entenda como lidar com este.

Entenda o que são os infoprodutos e como funciona a sua tributação

O aumento das vendas dos chamados infoprodutos só vem aumentando diante pandemia, que já dura no Brasil a cerca de 4 meses. De um dia para o outro, surgiram diversos aplicativos de venda online, os empresários aproveitaram a oportunidade do negócio digital e se lançaram neste meio.

São considerados infoprodutos:

- E-books;

- Apostilas;

- Cursos online;

- Videoaulas;

- Screencasts;

- Aplicativos;

- Livros digitais e kits.

É preciso ter empresa/CNPJ para essa atividade?

A contadora Gisele Machioski, responde, “Não é obrigatório abrir uma empresa para vender os infoprodutos, mas é preciso analisar, pois pode ter menos custos, e em algumas plataformas, como a Hotmart por exemplo, as pessoas físicas podem sacar da sua conta o valor máximo de R$ 1900,00 enquanto quem é pessoa jurídica pode sacar mais do que esse valor, desde que haja dinheiro suficiente na conta”.

Como tributar o rendimento?

Pessoa física:

Todo valor recebido será tributado conforme tabela do Imposto de Renda, não podendo deduzir custos algum. Se a receita com infoprodutos for até 28 mil no ano, terá isenção. “Nesse caso vale a pena continuar como pessoa física”, apresenta a contadora.

Pessoa jurídica

MEI – Microempreendedor Individual

Em geral, é recomendado para quem deseja formalizar o negócio de infoprodutos que se enquadre, inicialmente, na modalidade MEI – microempreendedor individual. Este é o modo mais simples e barato de abrir uma empresa, desde que o faturamento por ano seja de até R$ 81 mil e a mesma não contrate mais do que um empregado de carteira assinada e nem seja sócio de outra empresa.

Assim, “Vale a pena porque o custo fica em torno de R$ 55,00 por mês e ainda serve para aposentadoria/auxilio doença” expõe a profissional.

Vale lembrar que, mesmo o MEI pode emitir nota fiscal, com a vantagem que não é uma obrigação, desde que comercialize os seus produtos e serviços para o consumidor final. Se a venda for realizada para uma empresa, recomenda-se que seja emitido o documento.

Atividades permitidas para o MEI:

5819-1/00 - Edição de cadastros, listas e de outros produtos gráficos;

5811-5/00 - Edição de livros;

5912-0/99 - Atividades de pós-produção cinematográfica, de vídeos e de programas de televisão não especificadas anteriormente;

8599-6/04 - Treinamento em desenvolvimento profissional e gerencial;

7319-0/02 - Promoção de vendas.

MICROEMPRESA, EMPRESA DE PEQUENO PORTE OU NORMAL:

Se o faturamento de R$ 81 mil for ultrapassado, será necessário abrir um outro tipo de empresa e ter um contador, ficando a tributação entre 6% até 17%, dependendo do faturamento da loja.

Essas são as atividades que podem ser realizadas:

8599-6/04 – Cursos ou treinamentos, para quem produz conteúdo digital, como manuais online;

5811-5/00 – Edição de livros, para quem desenvolve todo tipo de e-books (se for optante pelo simples, a tributação começa com 4,5%);

6319-4/00 – Dados digitais, entretenimento, busca e outros conteúdos na web para quem trabalha nesses ramos;

7319-0/02 – Promoção de vendas, ideal para os afiliados;

7319-0/03 – Marketing direto.

Entretanto, “Não é lógico e nem aconselhável uma agência de marketing abrir várias empresas para cada lançamento ou infoprodutos” alerta Gisele. Em vista que não será possível gerenciar os produtos e os custos ficariam altíssimos. A orientação é que o responsável abra um CNPJ e faça um contrato de parcerias com os clientes, sendo pessoas físicas ou jurídicas.

Será necessário também, “Atentar para abertura da empresa no cadastro, principalmente junto à prefeitura para liberação de alvará”, finaliza a contadora.

Fonte: Machioski Contabilidade e Toda Comunicação



Desafios empresariais

Empreender envolve correr riscos e encontrar soluções para os problemas das pessoas.

Autor: Leonardo Chucrute

Desafios empresariais

Um líder de verdade ensina o que sabe

Não são incomuns as histórias de profissionais que, voluntariamente, trocam de emprego para ganhar menos do que em suas posições anteriores.

Autor: Yuri Trafane

Um líder de verdade ensina o que sabe

Luciano Hang apoia manifesto isenção de impostos nas compras até US$50

Na noite de sexta-feira, 17, o dono da Havan, Luciano Hang, participou do jantar de encerramento do 39º Congresso Nacional de Sindicatos Empresariais (CNSE), em Balneário Camboriú (SC).

Autor: Divulgação


Como usar a inteligência emocional para lidar com os negócios?

Ser um empreendedor em um negócio altamente estressante é como estar em uma montanha-russa emocional.

Autor: João Roncati

Como usar a inteligência emocional para lidar com os negócios?

Azul cria fundo social para captação de recursos para desastres nacionais

Itaú Unibanco se torna o primeiro apoiador após doação de R$ 5 milhões.

Autor: Divulgação


Ultrapassei o limite do MEI e agora?

Entenda como funciona a transição para Microempresa.

Autor: Divulgação

Ultrapassei o limite do MEI e agora?

Por que tantas recuperações judiciais?

Nas últimas semanas, a imprensa reproduziu amplamente o indicador de recuperações judiciais produzido e monitorado pela Serasa Experian, a concorrente britânica do histórico SPC, este desenvolvido pela Câmara dos Dirigentes Logistas, que oferece serviços de proteção ao crédito.

Autor: Carlos Gomes


Empreendedorismo com propósito

Nasci em Nova Iguaçu, cidade do estado do Rio de Janeiro, e comecei a empreender desde muito cedo.

Autor: Leonardo Chucrute

Empreendedorismo com propósito

Reforma tributária: os desafios para impulsionar o crescimento econômico

“A simplificação do sistema tributário pode resultar em um catalisador para a criação de empregos, impulsionando a economia do país”, diz especialista.

Autor: Divulgação

Reforma tributária: os desafios para impulsionar o crescimento econômico

Empresário, você precisa sair do operacional

As estatísticas não são animadoras.

Autor: Paulo de Vilhena

Empresário, você precisa sair do operacional

Por que as PMEs são as mais vulneráveis à cibersegurança?

Embora elas possam enfrentar restrições orçamentárias, estão disponíveis soluções tecnológicas acessíveis e eficazes.

Autor: Denis Furtado

Por que as PMEs são as mais vulneráveis à cibersegurança?

A união entre marketing digital e comercial para o sucesso dos negócios

Até parece mentira, mas, nos tempos atuais, há quem ainda acredite que seu lugar não seja nas redes sociais.

Autor: Gustavo Alonge

A união entre marketing digital e comercial para o sucesso dos negócios