Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Está na hora de inovar a Gestão Financeira

Está na hora de inovar a Gestão Financeira

07/04/2020 Fernando Artea

Você conseguiria dizer, agora, como está o caixa de sua empresa?

Tem visibilidade total sobre como está o gerenciamento dos recebíveis? Se responder essas perguntas parece um grande desafio para seu negócio, saiba que isso está longe de ser exclusividade de sua organização.

Afinal de contas, com as operações cada vez mais complexas, acompanhar o fluxo da área financeira das empresas se tornou uma das tarefas mais exigentes para a administração corporativa atual.

Mas será que é possível mudar esse cenário? A resposta é sim. Graças ao avanço da tecnologia, já é possível checar – de qualquer lugar e a qualquer hora – todos os principais dados da gestão financeira de uma operação, mesmo em companhias com atuação global.

Hoje, os sistemas mais modernos permitem centralizar, em uma única fonte da verdade, todos os dados e recursos para a gestão de caixa, análise de faturamento, verificação de contas e acompanhamento dos demonstrativos de resultados de uma organização, independentemente de onde ela esteja.

Os ganhos dessa inovação são muitos. Por exemplo: se sua organização ainda segue fazendo todos os controles por meio de planilhas, você deve concordar que fazer tudo manualmente leva muito tempo – e nem sempre é uma tarefa extremamente confiável, não é?

É exatamente esse tipo de problema que a automação inteligente das áreas financeiras pode resolver, oferecendo mais agilidade e confiabilidade.

Essa é uma vantagem competitiva real, pois, sem dúvida, um dos desafios mais comuns na rotina das atuais equipes de gestão financeira e de pagamentos é agilizar as tomadas de decisão.

Como as operações estão cada vez mais segmentadas e descentralizadas, muitas empresas acabam adotam diversos programas e processos trabalhando separadamente, o que acaba gerando uma enorme quantidade de informação isolada e sem função estratégica.

Por isso mesmo, aprimorar as ferramentas e processos deve ser encarado como uma demanda fundamental para os líderes corporativos, que devem estar atentos às constantes mudanças nos modelos de negócios. É preciso evoluir e tornar tudo mais rápido e inteligente.

Até porque, é fato que quanto mais tempo você e sua equipe gastam conferindo arquivos e registros, menos tempo sobra para identificar riscos, avaliar oportunidades e mitigar ameaças.

Para companhias enxutas, como são a maioria das empresas atuais, com equipes multitarefas, deixar de investir na modernização da gestão financeira pode significar, não apenas, colocar a gestão financeira e os resultados organizacionais em constante tensão, e também perder dinheiro e resultado operacional.

Ao adotar ferramentas mais modernas, principalmente aquelas baseadas em Nuvem e com ferramentas de análise de dados, os gestores ganham o poder de avaliar os resultados e as variáveis relacionadas à administração financeira de seus negócios, até mesmo em operações mais complexas, sem perder a visibilidade geral sobre os dados da organização.

Isso garante mais agilidade e assertividade ao negócio, ao mesmo tempo em que permite acelerar a identificação de estratégias mais adequadas.

Além disso, outra vantagem é que esses sistemas facilitam o trabalho de identificação e prevenção de problemas, alertando todas as áreas da companhia.

Em síntese, a evolução das plataformas de gestão financeira está oferecendo uma nova realidade para os líderes que desejam ampliar o valor de suas operações por meio de novas tecnologias.

A partir de uma poderosa combinação de aplicativos inteligentes, é muito mais fácil aprimorar a geração de insights e de análise do mercado.

De acordo com pesquisas da SAP, uma das maiores desenvolvedoras de sistemas de gerenciamento corporativo do mundo, as organizações que já utilizam esse tipo solução estão conquistando ganhos expressivos, incluindo a redução de até 167% no tempo de processamento de pagamento e de aproximadamente 40% na quantidade de interações manuais.

Isso, ainda, sem falar da possibilidade de gerar relatórios financeiros mais completos e em tempo real, sempre que necessário.

Isso quer dizer que a transformação digital não está apenas na linha de produção ou na área de vendas. A gestão financeira também tem muito a ganhar com a inovação da nova era da tecnologia.

São essas novidades que permitirão às organizações terem a flexibilidade, visibilidade e consistência que elas precisam para o futuro.

Hoje, empresas de todos os portes e segmentos estão ampliando suas oportunidades de sucesso, evitando falhas e diminuindo os riscos de gestão financeira. Tudo de forma inteligente, automatizada e com uma interface mais simples, prática e funcional.

Está na hora, portanto, de observar a área de finanças como um campo estratégico de seu negócio - e isso começa, sem dúvida, com a valorização dos dados, gerando informações inteligentes à disposição de sua equipe.

* Fernando Artea é Diretor Executivo da Qintess.

Fonte: PLANIN



Como cuidar do fluxo de caixa pós-pandemia

Lembrando que o poder de compra dos clientes e dos potenciais clientes também deve mudar.


Sucesso nos negócios: estratégia ou acaso?

Embora sejam simples, as estratégias não são simplistas, e a maioria avassaladora das empresas brasileiras não possui esse tipo de direcionamento.

Sucesso nos negócios: estratégia ou acaso?


Acredite, 2020 será o melhor ano da vida de muitas pessoas

Independente do cenário, muitas pessoas estão fazendo dinheiro como nunca. E a causa primária disso é a Internet.


O momento pede revisão na estratégia para manutenções

Como essa nova realidade mundial enfrentada pelo coronavírus impõe mudanças na estratégia de gestão dos ativos.


Economia brasileira recua 1,5% no primeiro trimestre

Resultado foi afetado pelo novo coronavírus e isolamento social.

Economia brasileira recua 1,5% no primeiro trimestre

O engajamento dos colaboradores em um mundo colocado à força em home office

É fato que muitas empresas, no Brasil e no mundo, já tinham essa como uma prática regular.

O engajamento dos colaboradores em um mundo colocado à força em home office

Pesquisa mostra consumo mais consciente e compromisso com a sustentabilidade

61% dos consumidores esperam que as marcas que compram tenham práticas claras de sustentabilidade.


Coronavírus provoca a maior queda da história na intenção de consumo das famílias

ICF cai 13,1% em segunda retração mensal consecutiva e atinge menor nível desde novembro de 2017.

Coronavírus provoca a maior queda da história na intenção de consumo das famílias

A hipótese das três crises

Ao colocar as pessoas em isolamento social, a pandemia do coronavírus gerou uma crise múltipla.


Shopping Centers – O desafio da reinvenção

Há a necessidade de ir mais além, mergulhar no íntimo do conhecimento do nosso cliente, usar definitivamente o que se aprendeu nos bancos da universidade - a antropologia do consumo, o atendimento personalizado, ir além.


Produtores do Cerrado fazem primeira venda coletiva de queijo minas artesanal

Produtores da Aprocer comercializam 450 quilos de queijo a um valor superior ao que vinha sendo negociado regionalmente.

Produtores do Cerrado fazem primeira venda coletiva de queijo minas artesanal