Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Inovação e transparência devem andar de mãos dadas

Inovação e transparência devem andar de mãos dadas

16/01/2020 Isaac Ferreira

Segurança gera confiança e ajuda fidelizar o cliente. Sucesso e reconhecimento dependem dela.

Mas, para ter clareza nos propósitos e ações, é preciso inovar. Mais do que nunca, a tecnologia se confunde com produtos e serviços; permite sair do lugar-comum, melhorar a qualidade das entregas e assegurar a sobrevivência das companhias.

Os processos de inovação são um dos principais fatores de sucesso de uma empresa, de qualquer ramo ou porte. É por meio dela que uma companhia consegue encontrar saídas eficientes e com menores custos.

Além disso, pode impulsionar vendas, conquistar mais espaço e ter uma visão distinta de desejos específicos de seus clientes e até dos problemas na rotina da corporação. Quando efetiva, a gestão da inovação transforma, revigora.

A inovação flui por meio do incentivo à transparência. Motivos não faltam para estimular a transparência corporativa. As vantagens incluem: melhora no clima; maior colaboração; aumento de confiança da equipe; e fortalecimento da comunicação.

Na prática, significa que especialistas, gestores e avaliadores precisam de feedback no decorrer das iniciativas inovadoras. E de espaço, não somente físico, que permita troca assertiva de ideias.

Em resumo: é essencial dar autonomia. Em vez de manter as gerências como gargalos, a proposta é permitir que as equipes discutam, cooperem e inovem.

A transparência organizacional é o desejo autêntico de informar – pontos fortes e fracos, pois todos devem ser trabalhados.

O propósito é adquirir a confiança do mercado, divulgando clara e oportunamente tudo que seja relevante. Seja uma instituição iniciante ou consolidada, é imprescindível cultivar a transparência, rever posicionamentos e caminhos – ou seja, se reinventar. O tempo todo.

Se uma organização não consegue obter a melhor versão de si, com inovação e ética, dificilmente poderá fazê-lo por seus públicos, internos ou externos.

Para inovar, os novos recursos tecnológicos devem ter, cada vez mais, implantação descomplicada e o mínimo impacto na rotina do cliente – e o pano de fundo é a revolução dos modelos de negócio. Afinal, algo original só pode ser aplicado com êxito se tiver uma sustentação igualmente disruptiva.

A importância das novas soluções para a transparência do mercado é ainda maior diante de um futuro que precisa ser contextualizado em uma realidade volátil e imprevisível; de mudanças velozes que sofrem múltiplas influências, nem sempre controláveis.

Em um piscar de olhos, o rumo das transformações pode surpreender – e tirar o sono de quem não estiver pronto para lidar com as transições.

Os desafios que as empresas precisarão enfrentar, tendo como alicerce as expectativas do consumidor, por exemplo, são inúmeros.

Estar em conformidade com a legislação, a transparência, os princípios éticos e as melhores práticas de mercado é determinante para o futuro dos negócios.

* Isaac Ferreira é head de Engenharia de Produtos da Tecnobank.

Fonte: Central Press



Multas e sanções administrativas podem ‘matar’ uma PME

Como evitá-las adequando-se à LGPD?

Autor: Ricardo Maravalhas

Multas e sanções administrativas podem ‘matar’ uma PME

Minas atrai investimento que vai gerar 300 vagas para engenheiros na Grande BH

Empresa Wabtec anuncia construção de novo centro de engenharia em Contagem após Minas vencer concorrência com estados de dez países.

Autor: Divulgação


Como empresas e empresários devem agir para sobreviver às intempéries

Intempérie. No dicionário, a definição para esse substantivo feminino traz como significado: mau tempo ou tempestade.

Autor: Haroldo Matsumoto

Como empresas e empresários devem agir para sobreviver às intempéries

Desafios empresariais

Empreender envolve correr riscos e encontrar soluções para os problemas das pessoas.

Autor: Leonardo Chucrute

Desafios empresariais

Um líder de verdade ensina o que sabe

Não são incomuns as histórias de profissionais que, voluntariamente, trocam de emprego para ganhar menos do que em suas posições anteriores.

Autor: Yuri Trafane

Um líder de verdade ensina o que sabe

Luciano Hang apoia manifesto isenção de impostos nas compras até US$50

Na noite de sexta-feira, 17, o dono da Havan, Luciano Hang, participou do jantar de encerramento do 39º Congresso Nacional de Sindicatos Empresariais (CNSE), em Balneário Camboriú (SC).

Autor: Divulgação


Como usar a inteligência emocional para lidar com os negócios?

Ser um empreendedor em um negócio altamente estressante é como estar em uma montanha-russa emocional.

Autor: João Roncati

Como usar a inteligência emocional para lidar com os negócios?

Azul cria fundo social para captação de recursos para desastres nacionais

Itaú Unibanco se torna o primeiro apoiador após doação de R$ 5 milhões.

Autor: Divulgação


Ultrapassei o limite do MEI e agora?

Entenda como funciona a transição para Microempresa.

Autor: Divulgação

Ultrapassei o limite do MEI e agora?

Por que tantas recuperações judiciais?

Nas últimas semanas, a imprensa reproduziu amplamente o indicador de recuperações judiciais produzido e monitorado pela Serasa Experian, a concorrente britânica do histórico SPC, este desenvolvido pela Câmara dos Dirigentes Logistas, que oferece serviços de proteção ao crédito.

Autor: Carlos Gomes


Empreendedorismo com propósito

Nasci em Nova Iguaçu, cidade do estado do Rio de Janeiro, e comecei a empreender desde muito cedo.

Autor: Leonardo Chucrute

Empreendedorismo com propósito

Reforma tributária: os desafios para impulsionar o crescimento econômico

“A simplificação do sistema tributário pode resultar em um catalisador para a criação de empregos, impulsionando a economia do país”, diz especialista.

Autor: Divulgação

Reforma tributária: os desafios para impulsionar o crescimento econômico