Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Liderança nos tempos do COVID -19

Liderança nos tempos do COVID -19

18/04/2020 João Comério

Nos últimos dias o escritório da Innovatech, e tantos outros espalhados pelo nosso país, tem estado bem diferente do que estamos acostumados.

Em vez de técnicos, executivos e clientes em postos de trabalho, a grande maioria está tralhando a partir de casa. A situação se repete na maioria do mundo, desde que a disseminação do Coronavírus foi declarada uma pandemia pela Organização Mundial da Saúde

Além da tragédia humana que vem fazendo vítimas em todos os continentes, é provável que tenhamos que enfrentar um cenário econômico bastante adverso pelos próximos meses.

Nas últimas semanas, conversei com especialistas e líderes empresariais e fizemos benchmarking em diversas organizações para identificar e preparar medidas eficazes para proteger o pessoal, a estabilidade das operações e a qualidade dos serviços aos nossos clientes.

Nessas conversas, tive a chance de discutir sobre a evolução do papel da liderança e gostaria de compartilhar esse aprendizado.

Prepare-se. Há um mês atrás, poucas empresas planejavam sobre como lidar com a Covid-19. Mesmo hoje, a maioria tem apenas ações pontuais sobre a situação imediata. Não é tarde para falar em planejamento.

Os desdobramentos são imprevisíveis, mas, com certeza, exigirão respostas rápidas e acertadas. Trace cenários. Tenha um plano. Execute o plano. Monitore o plano, revise o plano. Repita.

Teste o plano. Uma empresa com quem falei havia planejado home office, mas quando foram implementar descobriram que apenas alguns colaboradores tinham equipamento.

Em outra empresa, o problema eram as restrições na comunicação com terceiros e, numa terceira, não havia licenças de softwares para todos.

Outra coisa: processo não é burocracia. Da mesma forma, comitê de contingências não é fórum de debate: é um processo para reunir as pessoas que têm autoridade para tomar decisões e os especialistas que podem suportá-las.

Comunique-se. A coordenação do trabalho à distância tem se tornado mais comum em empresas de todos os setores, mas poucas estavam preparadas para a súbita necessidade de que essa se tornasse a principal forma de trabalho das equipes. Diversos gestores mostraram preocupação sobre a perda de coesão e efetividade dos times.

Com tanto aparato tecnológico é fácil subestimar quantas informações e direcionamentos críticos são transmitidos espontaneamente em encontros presenciais, não só em reuniões, mas também na cafeteria.

Temos que aprender a emular, à distância, os efeitos desses contatos. Isso vale não só para o time de operações.

É importante, também investir mais tempo no contato com as áreas de suporte: o pessoal de RH, de TI e do Jurídico tem, provavelmente, uma perspectiva inestimável sobre o que é necessário para manter as operações funcionando.

Coordene-se. Esteja em sintonia com os outros elos da cadeia em que está inserido. Entenda o que está acontecendo nas operações dos seus fornecedores e clientes e trabalhe junto com eles para construir soluções.

Ao estabelecer prioridades de maneira conjunta e de maneira transparente aumentamos a resiliência de toda a cadeia.

Mantenha-se informado. Não existe liderança eficaz sem informação de qualidade. Partir de uma premissa equivocada gera, consequentemente, uma decisão ruim.

São tantas as informações disponíveis que muitas vezes é difícil saber como escolher entre elas. A decisão e a responsabilidade são sempre da liderança, mas precisamos ouvir os especialistas.

As redes sociais são, potencialmente, um meio maravilhoso de disseminação de informações, mas os experts são o GPS com que as lideranças contam para navegar a complexidade.

Conecte-se com o seu pessoal e com a sua comunidade. Por fim, é certo que as vidas dos seus colaboradores serão impactadas pela pandemia: alguns ficarão doentes ou terão casos na família; as escolas estarão fechadas e as crianças estarão em casa.

Mesmo praticando distanciamento social, conecte-se com essas pessoas, exercite a sua empatia. Envolva-se na solução dos problemas em todos os âmbitos em que puder ajudar.

Algumas empresas do setor de manufatura converteram temporariamente suas linhas para a produção de máscaras, a fim de abastecer comunidades carentes.

Talvez você não consiga fazer algo do tipo, mas é possível que a sua empresa esteja mais bem preparada que o condomínio do prédio onde funcionam os seus escritórios. Apoie.

A segurança é um esforço coletivo e as lideranças são fundamentais nesse momento. Fiquem seguros.

* João Comério é sócio fundador e CEO da Innovatech. 

Fonte: Grupo Innovatech



Empresas poderão renegociar dívidas com o Fisco com 70% de desconto

Portaria estende à Receita Federal a modalidade de renegociação chamada de transação tributária.

Empresas poderão renegociar dívidas com o Fisco com 70% de desconto

Gestão de custos e planejamento a longo prazo

Gestão de custos é o processo de planejar e controlar efetivamente os custos envolvidos em um negócio.

Gestão de custos e planejamento a longo prazo

Salário mínimo pode ser de R$ 1.294 em 2023

Se o valor for confirmado, vai ser o quarto ano seguido sem reajuste real.

Salário mínimo pode ser de R$ 1.294 em 2023

CNC prevê alta de 5,3% nas vendas para o Dia dos Pais

Estimativa é criar 18,5 mil vagas temporárias.

CNC prevê alta de 5,3% nas vendas para o Dia dos Pais

Confiança dos pequenos negócios cai em julho

Comércio foi o setor mais confiante e serviços foi o que apresentou menor confiança.

Confiança dos pequenos negócios cai em julho

Arquivei marca presença em grande evento de contabilidade em BH

Coordenadoras da empresa participam de palestra sobre visões estratégicas que podem gerar economia no setor contábil.


Pequenos negócios geram 72% das vagas de emprego no primeiro semestre

Micro e pequenas empresas criam 961 mil postos no período no país.


Quatro principais desafios de vendas para superar até 2023

À medida que o mundo volta a alguma normalidade, começamos a perceber também que a forma de vender mudou fundamentalmente em comparação com os tempos pré-pandemia.

Quatro principais desafios de vendas para superar até 2023

MEI poderá emitir nota fiscal de serviço no Portal do Simples Nacional

Mais de 13 milhões de empreendedores devem ser beneficiados.

MEI poderá emitir nota fiscal de serviço no Portal do Simples Nacional

Mais de 70% dos empresários mineiros estão otimistas com o 2º semestre de 2022

Primeiro semestre do ano teve aumento de 51,9% nas vendas em relação a 2021.

Mais de 70% dos empresários mineiros estão otimistas com o 2º semestre de 2022

Como o “jeito fintech” de fazer negócios tem possibilitado o surgimento de novas empresas

Quem já se aventurou no empreendedorismo ou está fazendo isso agora sabe o quanto é difícil se destacar em um ambiente extremamente competitivo.

Como o “jeito fintech” de fazer negócios tem possibilitado o surgimento de novas empresas

Volatilidade da economia gera incertezas e oportunidades no mercado imobiliário

De janeiro a maio, o CUB/m2 já acumula variação de 10,05%, enquanto o custo com material cresceu 9,02% e o custo com a mão de obra, 11,17%.

Volatilidade da economia gera incertezas e oportunidades no mercado imobiliário