Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Pequenos negócios já preveem pegar empréstimos para se manterem no mercado

Pequenos negócios já preveem pegar empréstimos para se manterem no mercado

03/04/2020 Divulgação

Pesquisa do Sebrae mostra que as empresas já sentem redução expressiva no faturamento e no volume de vendas.

Pequenos negócios já preveem pegar empréstimos para se manterem no mercado

O isolamento social e a restrição de circulação das pessoas como medidas preventivas para evitar a propagação do novo coronavírus (Covid-19), já estão provocando impactos negativos nos pequenos negócios mineiros.

De acordo com uma pesquisa feita pelo Sebrae, 89% dos empreendimentos de Minas Gerais de pequeno porte já registram queda no faturamento e 34% só conseguirão manter seus negócios em funcionamento por mais um mês. É o que mostra o estudo feito entre os dias 20 e 23 de março com 788 empresas em todo estado. 

Segundo a pesquisa, os pequenos negócios mineiros sentiram uma redução de 66,4% no volume de vendas registrado na última semana em relação a um período normal.  A perda, em termos de faturamento mensal, já chega a mais de 50% para a maior parte dos entrevistados (57%).  “Não há dúvida que essa crise já atinge o equilíbrio financeiro das empresas e ameaça a sobrevivência de milhões de pequenos negócios”, afirma o Superintendente do Sebrae Minas, Afonso Maria Rocha.

Com a expressiva queda nas vendas, 52% dos empreendedores já preveem que precisarão solicitar empréstimos para manter o negócio em funcionamento sem gerar demissões. De acordo com o estudo do Sebrae, em média 6,4 pessoas, entre familiares, empregados fixos e temporários, formais e informais, estão envolvidas atualmente com as empresas.

Fonte: Sebrae



Como cuidar do fluxo de caixa pós-pandemia

Lembrando que o poder de compra dos clientes e dos potenciais clientes também deve mudar.


Sucesso nos negócios: estratégia ou acaso?

Embora sejam simples, as estratégias não são simplistas, e a maioria avassaladora das empresas brasileiras não possui esse tipo de direcionamento.

Sucesso nos negócios: estratégia ou acaso?


Acredite, 2020 será o melhor ano da vida de muitas pessoas

Independente do cenário, muitas pessoas estão fazendo dinheiro como nunca. E a causa primária disso é a Internet.


O momento pede revisão na estratégia para manutenções

Como essa nova realidade mundial enfrentada pelo coronavírus impõe mudanças na estratégia de gestão dos ativos.


Economia brasileira recua 1,5% no primeiro trimestre

Resultado foi afetado pelo novo coronavírus e isolamento social.

Economia brasileira recua 1,5% no primeiro trimestre

O engajamento dos colaboradores em um mundo colocado à força em home office

É fato que muitas empresas, no Brasil e no mundo, já tinham essa como uma prática regular.

O engajamento dos colaboradores em um mundo colocado à força em home office

Pesquisa mostra consumo mais consciente e compromisso com a sustentabilidade

61% dos consumidores esperam que as marcas que compram tenham práticas claras de sustentabilidade.


Coronavírus provoca a maior queda da história na intenção de consumo das famílias

ICF cai 13,1% em segunda retração mensal consecutiva e atinge menor nível desde novembro de 2017.

Coronavírus provoca a maior queda da história na intenção de consumo das famílias

A hipótese das três crises

Ao colocar as pessoas em isolamento social, a pandemia do coronavírus gerou uma crise múltipla.


Shopping Centers – O desafio da reinvenção

Há a necessidade de ir mais além, mergulhar no íntimo do conhecimento do nosso cliente, usar definitivamente o que se aprendeu nos bancos da universidade - a antropologia do consumo, o atendimento personalizado, ir além.


Produtores do Cerrado fazem primeira venda coletiva de queijo minas artesanal

Produtores da Aprocer comercializam 450 quilos de queijo a um valor superior ao que vinha sendo negociado regionalmente.

Produtores do Cerrado fazem primeira venda coletiva de queijo minas artesanal