Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Marketing e estratégia empresarial: o cliente como norte do sucesso empresarial

Marketing e estratégia empresarial: o cliente como norte do sucesso empresarial

31/07/2020 Anderson Andrade

Algumas empresas têm patinado quando o assunto é a utilização de estratégias digitais para impulsionar o crescimento de seus negócios.

Marketing e estratégia empresarial:  o cliente como norte do sucesso empresarial

O que vou compartilhar com você pode ser o ponto de virada na utilização das estratégias digitais.  Estou falando de mais atenção para sua empresa, mais engajamento de sua audiência, mais oportunidades de negócios, mais vendas, mais defensores e advogados para sua marca.

Talvez você tenha percebido que não utilizei o termo marketing digital, mas estratégia digital. E isso foi proposital: é mais congruente com o que vou compartilhar e mais aderente com a mentalidade que desejo despertar visando à prosperidade de seu negócio.

A estratégia não é apenas plano e sim a manifestação da cultura organizacional. É também processos gerenciais de avaliação de contexto concorrencial, visando suprir as necessidades do cliente. Já o Marketing abraça a noção de identificar e satisfazer as necessidades humanas e sociais por intermédio de ofertas de produtos, com a ideia de atingir os objetivos de uma organização. Se for uma organização com fins lucrativos, podemos resumir esse objetivo ao lucro.

Mas vou além: é sobre criação de relações de longo prazo com clientes, afinal não se trata de apenas vender, mas sobre manter e fidelizar esse cliente com intuito de que ele queira comprar mais e indique e defenda o produto e a marca. Portanto, é foco “no cliente” e, mais importante, “foco do cliente”.

Portanto, diante dessas explicações, vamos ao passo a passo de como você pode melhorar a sua estratégia digital.

Comprometimento do executivo

Primeira questão é que o sucesso da estratégia empresarial e o sucesso do marketing dependem do comprometimento dos executivos. Infelizmente, sua empresa não terá sucesso em suas empreitadas de marketing e, em particular nas empreitadas de marketing digital, se você não interagir e guiar com sua visão empresarial as equipes de marketing.

Quer sejam equipes internas ou mesmo com a terceirização das operações de marketing cumpre uma interação constante para realinhamentos e adaptações operacionais visando o atendimento dos objetivos empresariais.

Sua estratégia digital é espelho de sua estratégia empresarial

Sua estratégia empresarial precisa estar focada em oferecer a melhor proposta de valor para o cliente, seja do seu produto ou serviço. O fornecimento de uma experiência personalizada ao cliente durante toda a jornada dele se expandiu para além do marketing, incluindo a equipe comercial, atendimento, entre outras áreas da empresa.   Nesse sentido, cumpre melhorar a colaboração com outros departamentos da companhia.

Nesse novo contexto, o Marketing não é responsabilidade apenas da equipe de marketing, mas da empresa como um todo, e a experiência do cliente é o novo campo de batalha de percepção positiva da marca.

Conheça seu cliente: mais dados e menos achismos

Por fim, mas deveria ser o começo, sendo a entrega de uma efetiva proposta de valor ao cliente o norte das estratégias empresariais e do marketing, o pleno conhecimento desse cliente seria o pressuposto essencial.

Adele Revela, fundadora e CEO da Buyer Persona Institute, adverte que as empresas não conseguem diferenciar seus mercados e criam marketing inespecífico para todos, ou criam abordagens para segmentos com base em sua própria visão de mundo centrada no produto.

Nesse sentido, cumpre observar que é imperioso criar formas de apreender as verdadeiras necessidades do consumidor. E não precisa de processos caros ou complexos. Uma boa conversa ou um google forms quase sempre são ótimos começos.

A questão é que a empresa precisa exercitar a empatia empresarial. Colocar o cliente no centro do processo de marketing exige, muitas vezes, a cocriação de valor. Esse é o foco “do cliente” e não apenas “no cliente”.

Segundo Mathew Sweezey, Diretor de Marketing Insights da Salesforce, esse novo escopo de marketing tem tudo a ver com a experiência do cliente. “Não é apenas criar um produto e tentar convencer seus clientes a comprá-lo. Começa com uma melhor compreensão do que seus clientes realmente desejam e usando essa percepção para informar o que você está fazendo em primeiro lugar.”

A pesquisa "State of Marketing" revela que 86% dos líderes de marketing de alto desempenho acreditam que sua empresa está competindo com base na experiência do cliente.

Essas equipes de topo têm 2,7 vezes mais chances do que os de baixo desempenho de dizer que o marketing está liderando iniciativas de experiência do cliente em toda a empresa.

Portanto, o marketing e a estratégia empresarial incríveis estão assentados em bases simples: o entendimento do ser humano, a congruência de sua cultura organizacional e o posicionamento estratégico em face a esse entendimento.

Diante das constantes mudanças sociais, da revolução tecnológica ou até mesmo diante de uma situação atípica que estamos vivenciando, como é o caso da pandemia, sua efetividade em estratégia em um mundo digital depende de uma autenticidade advinda do revelar de uma cultura organizacional vivida em função de uma proposição de valor cocriada com seus consumidores.

Temos a emergência de novas tecnologias, novos canais, novas táticas, mas todas essas ações ainda  não são fundamentais. Não são as chaves do marketing e da estratégia incríveis e do sucesso empresarial. Elas precisam, antes de tudo, ser a representação verdadeira de uma mudança de paradigma de fazer negócio, uma forma duradoura, simples, porém revolucionária de se fazer marketing.

* Anderson Andrade é formado em Marketing pela Uni-Anhanguera e especialista em Estratégias Digitaisela Digital Marketer.

Fonte: Case Comunicação



Perspectivas positivas para a indústria em 2022

É preciso deixar de lado todo discurso derrotista e voltado apenas para desafios e privilegiar a obtenção de resultados.

Perspectivas positivas para a indústria em 2022

Nível de endividamento das famílias brasileiras em 2021 foi o maior em 11 anos

Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) foi divulgada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo.

Nível de endividamento das famílias brasileiras em 2021 foi o maior em 11 anos

Sebrae mostra impacto da pandemia sobre empreendedores negros

Pesquisa revela dificuldades na retomada dos negócios.

Sebrae mostra impacto da pandemia sobre empreendedores negros

Uso de cheques no Brasil cai 93% desde 1995

No ano passado, volume de compensações caiu 23%.

Uso de cheques no Brasil cai 93% desde 1995

6 tendências de comunicação e marketing para 2022

Para 64% dos jovens entre 16 e 24 anos, a publicidade tradicional não impacta mais.

6 tendências de comunicação e marketing para 2022

Contribuição mensal de microempreendedores individuais será reajustada

Com o aumento do salário-mínimo, Documento de Arrecadação Simplificada de MEI (DAS) passa a ter novos valores.

Contribuição mensal de microempreendedores individuais será reajustada

Inflação oficial fecha 2021 com alta de 10,06%, diz IBGE

Poupança tem terceira maior retirada líquida da história em 2021

Retirada líquida no ano passado foi de R$ 35,5 bilhões.

Poupança tem terceira maior retirada líquida da história em 2021

Cerca de 40% dos pequenos negócios realizaram investimentos em 2021

De acordo com Sondagem Trimestral, realizada pelo Sebrae em parceria com a FGV, a Indústria é a que mais investiu.

Cerca de 40% dos pequenos negócios realizaram investimentos em 2021

Mercado financeiro prevê que economia vai crescer 0,36% em 2022

Estimativa anterior de crescimento do PIB era de 0.42%.


Capacitação no atendimento é diferencial para fidelizar clientes

Quando você chega a um restaurante, o que mais espera além de uma boa comida?

Capacitação no atendimento é diferencial para fidelizar clientes

Pesquisa mostra que mais de 90% dos brasileiros estão infelizes no trabalho

Entre as promessas para o ano novo, ser promovido no trabalho e aumentar o salário estão entre as mais almejadas.

Pesquisa mostra que mais de 90% dos brasileiros estão infelizes no trabalho