Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Mentalidade ágil norteia sobrevivência das empresas em cenários de crise

Mentalidade ágil norteia sobrevivência das empresas em cenários de crise

07/04/2020 Ricardo Recchi

O que as empresas têm a aprender com cenários de crise impostos por imprevistos, tais como o Coronavírus?

Parafraseando Darwin, não é o maior negócio que sobrevive, mas sim aquele que responde mais rápido às mudanças, ou seja, que se adapta ao meio com agilidade e fornece soluções para enfrentar complexidades. Essa é a verdadeira disrupção.

A necessidade de isolamento para conter a propagação do Covid-19, por exemplo, culminou no fechamento temporário de empresas no País todo.

As organizações mais bem adaptadas a essa situação – com operações de e-commerce, aplicativos e sistemas de gestão em nuvem – reorganizaram suas estruturas internas e transferiram suas operações para o digital, suavizando os impactos da crise.

Vemos também que muitos players de tecnologia, com o propósito de solidariedade, desenvolveram rapidamente soluções para conter o avanço do coronavírus.

Por outro lado, não adiantaria ter um projeto deste formato para ser desenvolvido em meados de setembro, quando o ápice da crise já tiver passado.

No mundo da inovação, é necessário responder com agilidade para atender às demandas que nascem a todo momento. São essas empresas, ágeis, que têm maiores chances de sobrevivência diante às crises.

Fica claro que a Transformação Digital não é uma buzzword. Ter processos on-line e ferramentas disruptivas que apoiam o negócio deixou de ser uma vantagem competitiva e se tornou uma necessidade para sobrevivência do negócio.

E fazer a Transformação Digital com abordagens analógicas também não trará resultado, pois são necessárias medidas disruptivas, como a adoção do paradigma low-code, que melhora a produtividade e proporciona redução de custos devido a menor estrutura de desenvolvedores. É hora saber lidar com a imprevisibilidade! Você está preparado?

* Ricardo Recchi é country manager da Genexus Brasil, desenvolvedora global de produtos para software baseados em Inteligência Artificial.

Fonte: IMAGE Comunicação



Como cuidar do fluxo de caixa pós-pandemia

Lembrando que o poder de compra dos clientes e dos potenciais clientes também deve mudar.


Sucesso nos negócios: estratégia ou acaso?

Embora sejam simples, as estratégias não são simplistas, e a maioria avassaladora das empresas brasileiras não possui esse tipo de direcionamento.

Sucesso nos negócios: estratégia ou acaso?


Acredite, 2020 será o melhor ano da vida de muitas pessoas

Independente do cenário, muitas pessoas estão fazendo dinheiro como nunca. E a causa primária disso é a Internet.


O momento pede revisão na estratégia para manutenções

Como essa nova realidade mundial enfrentada pelo coronavírus impõe mudanças na estratégia de gestão dos ativos.


Economia brasileira recua 1,5% no primeiro trimestre

Resultado foi afetado pelo novo coronavírus e isolamento social.

Economia brasileira recua 1,5% no primeiro trimestre

O engajamento dos colaboradores em um mundo colocado à força em home office

É fato que muitas empresas, no Brasil e no mundo, já tinham essa como uma prática regular.

O engajamento dos colaboradores em um mundo colocado à força em home office

Pesquisa mostra consumo mais consciente e compromisso com a sustentabilidade

61% dos consumidores esperam que as marcas que compram tenham práticas claras de sustentabilidade.


Coronavírus provoca a maior queda da história na intenção de consumo das famílias

ICF cai 13,1% em segunda retração mensal consecutiva e atinge menor nível desde novembro de 2017.

Coronavírus provoca a maior queda da história na intenção de consumo das famílias

A hipótese das três crises

Ao colocar as pessoas em isolamento social, a pandemia do coronavírus gerou uma crise múltipla.


Shopping Centers – O desafio da reinvenção

Há a necessidade de ir mais além, mergulhar no íntimo do conhecimento do nosso cliente, usar definitivamente o que se aprendeu nos bancos da universidade - a antropologia do consumo, o atendimento personalizado, ir além.


Produtores do Cerrado fazem primeira venda coletiva de queijo minas artesanal

Produtores da Aprocer comercializam 450 quilos de queijo a um valor superior ao que vinha sendo negociado regionalmente.

Produtores do Cerrado fazem primeira venda coletiva de queijo minas artesanal