Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Não perca tempo com problemas que não existem

Não perca tempo com problemas que não existem

17/02/2020 Divulgação

É muito comum num grupo, numa reunião ou na empresa inteira, pessoas discutirem possíveis problemas em meio a um trabalho.

Não perca tempo com problemas que não existem

Horas preciosas perdidas com problemas que podem nem mesmo chegar a existir.  Para o professor Luciano Salamacha, especialista em gestão, discutir incansavelmente por um problema que pode nem mesmo estar em gestação, é um desperdício comum de tempo e dinheiro nas empresas.  “Sofrer por antecipação, é sofrer duas vezes  e sofrer nos causa uma queda no rendimento intelectual “, conclui o professor.

Salamacha explica que se preocupar, por antecipação, em demasia  com problemas pode gerar uma confusão de sentimentos, logo é inconsciente e irracional. Pode ser uma mania pessoal por um trauma vivido no passado, medo por achar que não está preparado, pode ser a insegurança por achar que não vai performar bem ou, ainda, vingança. Isso mesmo, o professor Luciano Salamacha, com mais de 12 anos de experiência a frente de conselhos de administração, já viu pessoas discutindo horas a fio por problemas que não existem para antecipar situações que, não darão chance ao outro, qualquer tipo de vantagem. Com isso, muitas vezes, a pessoa fecha portas pra si mesmo, tentando bloquear a do colega de trabalho que ele entende  ser seu concorrente.  È preciso sair dessa armadilha”, aconselha o professor .

Para Salamacha, uma saída para evitar o estresse desnecessário da antecipação de um problema, é necessário estabelecer uma matriz de risco. Papel e caneta na mão. De saída, pense que este exercício vai trazer clareza e amenizar o estresse na equipe.

1 – Faça uma lista das consequências ruins em decorrência do risco levantado.

2 – Dê uma nota de 1 a 5 sobre a probabilidade das consequências surgirem. Sendo 1 para potencial baixo e 5 para o alto risco acontecer.

3 - De também uma nota de 1 a 5 sobre o dano potencial, de cada uma dessas situações, caso aconteçam.

Salamacha lista 4 regras para evitar discutir pequenos problemas com remotas possibilidades de acontecer.

1 - Compartilhe sua linha de raciocínio com os colegas.  Às vezes, o que nos parece muito grande, na visão do outro, talvez tenha um impacto menor.

2 - Veja se não está personalizando o problema. Uma relação ruim com alguém da equipe  pode influenciar negativamente a sua avaliação do problema.

3 - Se perceber que está sofrendo com um problema que pode acontecer, imagine que ele está solucionado, assim poderá dar continuidade ao seu planejamento. Pode ser que, mais a frente, que o problema era muito pequeno.    

4 - Perceba a imagem que está criando de si mesma dentro da empresa . Pessoas que veem problemas em tudo, acabam com a fluidez e viram um obstáculo dentro da equipe. É o pessimista, que emperra o processo, que atrai e expõe o problema que antes nem existia. È muito diferente do visionários que propõe mudança de rumos para chegar mais fácil ao objetivo ou a resultados melhores do que os previstos inicialmente.

 Para o professor o ideal é que o profissional construa uma imagem de uma pessoa que soluciona os problemas, de um conciliador. Num momento em que o tempo é artigo mais raro e valorizado na vida das pessoas, é vital não perder energia com “coisinhas “.

“Quem sofre antes do necessário, sofre mais que o necessário. E a vida já tem sofrimentos demais para incluirmos os desnecessários”, afirma Salamacha.

Fonte: Marchena Comunicação



Mercado infantil tem projeções de crescimento para os próximos cinco anos

Ramo de franquias no setor registra alta tanto em faturamento quanto em número de unidades.

Mercado infantil tem projeções de crescimento para os próximos cinco anos

Empresas poderão renegociar dívidas com o Fisco com 70% de desconto

Portaria estende à Receita Federal a modalidade de renegociação chamada de transação tributária.

Empresas poderão renegociar dívidas com o Fisco com 70% de desconto

Gestão de custos e planejamento a longo prazo

Gestão de custos é o processo de planejar e controlar efetivamente os custos envolvidos em um negócio.

Gestão de custos e planejamento a longo prazo

Salário mínimo pode ser de R$ 1.294 em 2023

Se o valor for confirmado, vai ser o quarto ano seguido sem reajuste real.

Salário mínimo pode ser de R$ 1.294 em 2023

CNC prevê alta de 5,3% nas vendas para o Dia dos Pais

Estimativa é criar 18,5 mil vagas temporárias.

CNC prevê alta de 5,3% nas vendas para o Dia dos Pais

Confiança dos pequenos negócios cai em julho

Comércio foi o setor mais confiante e serviços foi o que apresentou menor confiança.

Confiança dos pequenos negócios cai em julho

Arquivei marca presença em grande evento de contabilidade em BH

Coordenadoras da empresa participam de palestra sobre visões estratégicas que podem gerar economia no setor contábil.


Pequenos negócios geram 72% das vagas de emprego no primeiro semestre

Micro e pequenas empresas criam 961 mil postos no período no país.


Quatro principais desafios de vendas para superar até 2023

À medida que o mundo volta a alguma normalidade, começamos a perceber também que a forma de vender mudou fundamentalmente em comparação com os tempos pré-pandemia.

Quatro principais desafios de vendas para superar até 2023

MEI poderá emitir nota fiscal de serviço no Portal do Simples Nacional

Mais de 13 milhões de empreendedores devem ser beneficiados.

MEI poderá emitir nota fiscal de serviço no Portal do Simples Nacional

Mais de 70% dos empresários mineiros estão otimistas com o 2º semestre de 2022

Primeiro semestre do ano teve aumento de 51,9% nas vendas em relação a 2021.

Mais de 70% dos empresários mineiros estão otimistas com o 2º semestre de 2022

Como o “jeito fintech” de fazer negócios tem possibilitado o surgimento de novas empresas

Quem já se aventurou no empreendedorismo ou está fazendo isso agora sabe o quanto é difícil se destacar em um ambiente extremamente competitivo.

Como o “jeito fintech” de fazer negócios tem possibilitado o surgimento de novas empresas