Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Novo saque em dinheiro vivo de conta consórcio pode injetar R$ 34 bi na economia

Novo saque em dinheiro vivo de conta consórcio pode injetar R$ 34 bi na economia

17/06/2020 Marcio Kogut

Uma excelente notícia para o mercado de consórcio chegou nesta semana, por meio da Circular n° 4.009 de 28/4/2020, publicada pelo Banco Central (BC), instituição que vem se esforçando para aumentar a liquidez da economia por meio dos agentes do mercado financeiro.

Pela nova regra, o BC passa a permitir, em caráter temporário, que o consumidor contemplado em um consórcio, que já tenha quitado todas as parcelas, saque o crédito em dinheiro vivo ou, se preferir, receba o dinheiro em sua conta bancária de preferência.

Até então, isso somente era permitido após 180 dias. O consorciado não tinha acesso ao dinheiro, mas sim ao crédito para compra direta do bem ou do serviço.

O pagamento, até então, era realizado diretamente pela administradora ao fornecedor escolhido pelo consorciado (vendedor do imóvel, veículo e por assim em diante).

A novidade chega em um momento crucial para a economia brasileira, que como o resto do mundo vem enfrentando uma crise econômica profunda, como decorrência da escalada da pandemia do novo coronavírus.

Com o comércio, parte da indústria e dos serviços paralisados, falta dinheiro no mercado. E, no mercado de consórcios, estima-se que existam hoje R$ 34 bilhões em crédito represados.

Essa montanha de dinheiro pertence a pessoas contempladas com uma carta de crédito, que já quitaram suas obrigações financeiras e que não retiraram o dinheiro porque conta do prazo estabelecido ou porque não precisavam comprar o bem.

Muitas usam essa modalidade como alavancagem financeira. Isso porque o consórcio dá rentabilidade maior do que a poupança, pois é corrigido pelo IPCA e o IGPM, dois dos índices mais importantes de preços do país.

O pedido de saque pode ser feito tanto por quem está enfrentando dificuldade na hora de buscar um imóvel no mercado neste momento ou por quem tem necessidade urgente de recursos financeiros.

Para isso, é preciso já ter sido ou ser contemplado pelo consórcio até 31 de dezembro deste ano. E se você ainda não tem uma carta de crédito, minha dica é tentar dar um lance, principalmente se já pagou a metade da cota total do consórcio.

Por exemplo, para alguém que já pagou R$ 50 mil de uma cota de R$ 100 mil, a administradora permite usar até 30% do crédito como lance de quitação.

Ou seja, poderá usar R$ 30 mil. Precisará, então, tirar R$ 20 mil do bolso para pagar o lance. Se for contemplado, vai receber 70% do valor para usar no que for necessário. A administradora vai retirar os R$ 30 mil do valor.

Claramente, essas mudanças criam uma janela de oportunidade o mercado de consórcios. Do lado do consumidor, é o momento de tentar sacar o recurso, que às vezes está paralisado ou até deixado de lado pelo consumidor, que perdeu o interesse pelo produto.

É também uma chance para, quem pretendia investir no setor, fazer o aporte inicial e se beneficiar os prazos mais longos para o segundo aporte, fazendo do limão, uma boa limonada.

* Marcio Kogut é CEO do Mycon, fintech de consórcios 100% digital.

Fonte: Vinícius Cordoni Relações Públicas



Multas e sanções administrativas podem ‘matar’ uma PME

Como evitá-las adequando-se à LGPD?

Autor: Ricardo Maravalhas

Multas e sanções administrativas podem ‘matar’ uma PME

Minas atrai investimento que vai gerar 300 vagas para engenheiros na Grande BH

Empresa Wabtec anuncia construção de novo centro de engenharia em Contagem após Minas vencer concorrência com estados de dez países.

Autor: Divulgação


Como empresas e empresários devem agir para sobreviver às intempéries

Intempérie. No dicionário, a definição para esse substantivo feminino traz como significado: mau tempo ou tempestade.

Autor: Haroldo Matsumoto

Como empresas e empresários devem agir para sobreviver às intempéries

Desafios empresariais

Empreender envolve correr riscos e encontrar soluções para os problemas das pessoas.

Autor: Leonardo Chucrute

Desafios empresariais

Um líder de verdade ensina o que sabe

Não são incomuns as histórias de profissionais que, voluntariamente, trocam de emprego para ganhar menos do que em suas posições anteriores.

Autor: Yuri Trafane

Um líder de verdade ensina o que sabe

Luciano Hang apoia manifesto isenção de impostos nas compras até US$50

Na noite de sexta-feira, 17, o dono da Havan, Luciano Hang, participou do jantar de encerramento do 39º Congresso Nacional de Sindicatos Empresariais (CNSE), em Balneário Camboriú (SC).

Autor: Divulgação


Como usar a inteligência emocional para lidar com os negócios?

Ser um empreendedor em um negócio altamente estressante é como estar em uma montanha-russa emocional.

Autor: João Roncati

Como usar a inteligência emocional para lidar com os negócios?

Azul cria fundo social para captação de recursos para desastres nacionais

Itaú Unibanco se torna o primeiro apoiador após doação de R$ 5 milhões.

Autor: Divulgação


Ultrapassei o limite do MEI e agora?

Entenda como funciona a transição para Microempresa.

Autor: Divulgação

Ultrapassei o limite do MEI e agora?

Por que tantas recuperações judiciais?

Nas últimas semanas, a imprensa reproduziu amplamente o indicador de recuperações judiciais produzido e monitorado pela Serasa Experian, a concorrente britânica do histórico SPC, este desenvolvido pela Câmara dos Dirigentes Logistas, que oferece serviços de proteção ao crédito.

Autor: Carlos Gomes


Empreendedorismo com propósito

Nasci em Nova Iguaçu, cidade do estado do Rio de Janeiro, e comecei a empreender desde muito cedo.

Autor: Leonardo Chucrute

Empreendedorismo com propósito

Reforma tributária: os desafios para impulsionar o crescimento econômico

“A simplificação do sistema tributário pode resultar em um catalisador para a criação de empregos, impulsionando a economia do país”, diz especialista.

Autor: Divulgação

Reforma tributária: os desafios para impulsionar o crescimento econômico