Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Número de brasileiros endividados aumenta e bate novo recorde em julho

Número de brasileiros endividados aumenta e bate novo recorde em julho

28/07/2020 Divulgação

Endividamento entre famílias de menor renda também atinge o maior nível histórico, acompanhado por alta da inadimplência.

Número de brasileiros endividados aumenta e bate novo recorde em julho

De acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o número de brasileiros com dívidas em cheque pré-datado, cartão de crédito, cheque especial, carnê de loja, crédito consignado, empréstimo pessoal e prestação de carro e de casa cresceu novamente em julho (0,3 ponto percentual, com relação a junho), renovando o maior patamar da série – iniciada em janeiro de 2010. No comparativo anual, o índice apresentou aumento de 3,3 pontos percentuais.

Assim como no último mês, a proporção de famílias endividadas apresentou tendências distintas entre as faixas de renda pesquisadas. Para as com renda até 10 salários mínimos, o percentual alcançou o recorde histórico de 69% – contra 68,2% em junho.

O número de famílias com dívidas ou contas em atraso aumentou de 25,4% em junho para 26,3% em julho, atingindo a maior proporção desde setembro de 2017. Na comparação com julho de 2019, houve crescimento de 2,4 pontos percentuais. Neste item, também foi observado comportamento distinto entre as faixas de renda: a parcela de brasileiros inadimplentes que recebem até 10 salários mínimos por mês cresceu de 28,6% em junho para 29,7% em julho, enquanto no grupo com renda superior a 10 salários o percentual registrou leve retração mensal (de 11,3% em junho para 11,2% em julho).

Também houve crescimento do percentual de brasileiros que declararam não ter condições de pagar suas contas ou dívidas em atraso e que, portanto, vão permanecer inadimplentes (de 11,6% em junho para 12% em julho – a maior proporção desde novembro de 2012).

Com relação aos tipos de dívida, o cartão de crédito segue como o mais apontado pelas famílias como a principal modalidade de endividamento (76,2%), seguido por carnês (17,6%) e financiamento de veículos (11,3%).

Fonte: CNC



Veja as principais decisões na hora de adaptar seu negócio para o mundo online

O mundo empresarial é repleto de decisões importantíssimas que podem definir o sucesso ou o fracasso de uma companhia.

Veja as principais decisões na hora de adaptar seu negócio para o mundo online

Maioria dos pequenos negócios mineiros atende de forma híbrida

Modelo é adotado para atender a demanda dos consumidores por atendimento presencial e humanizado, conjugado à comodidade das compras on-line.

Maioria dos pequenos negócios mineiros atende de forma híbrida

Cai tempo médio para abertura de empresas no país

Prazo era de 5 dias e 9 horas em 2019 e hoje está em 47 horas.

Cai tempo médio para abertura de empresas no país

7 erros comuns de empreendedores iniciantes para evitar na hora de abrir um negócio

CEO revela as principais falhas que podem justificar o número de empresas fechadas com menos de um ano de atividade no Brasil.

7 erros comuns de empreendedores iniciantes para evitar na hora de abrir um negócio

Belo Horizonte inaugura complexo de quadras de areia para esportes de praia

Calçadão BH traz entretenimento e ambiente praiano para o público mineiro.

Belo Horizonte inaugura complexo de quadras de areia para esportes de praia

Nível de confiança dos pequenos negócios mineiros cai em setembro

Microempreendedores apresentaram o menor índice de confiança no mês e Indústria tem a pior variação em relação a agosto.

Nível de confiança dos pequenos negócios mineiros cai em setembro

Qual o real papel das empresas?

Convido você a fazer uma reflexão sobre o tema proposto neste artigo: será a geração de lucro o real papel das empresas?

Qual o real papel das empresas?

Novo fôlego para o empresariado

As micro e pequenas empresas brasileiras chegaram perto de entrar em colapso com o início da pandemia, em março do ano passado.


Trabalho presencial: quando e como será possível?

A volta, ou não, do trabalho presencial é um dos principais temas nas instâncias diretivas das grandes empresas brasileiras.

Trabalho presencial: quando e como será possível?

Modelo híbrido é alternativa ao home office? Pela legislação não é bem assim

É preciso cuidado, pois o que se tem dentro da legislação é que esse pode ficar em até 25% da carga horária em home office.

Modelo híbrido é alternativa ao home office? Pela legislação não é bem assim

Tecnologia, home office e a transformação do mercado imobiliário

A tecnologia é uma grande aliada e uma ferramenta cada vez mais fundamental para o mercado imobiliário.

Tecnologia, home office e a transformação do mercado imobiliário

Impostômetro chega à marca de R$ 2 trilhões

Em 2020, a marca foi atingida em 22 de dezembro, informa associação de SP.

Impostômetro chega à marca de R$ 2 trilhões