Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Pesquisa do Sebrae mostra que mais de 30% dos pequenos negócios mineiros se adaptaram para continuar

Pesquisa do Sebrae mostra que mais de 30% dos pequenos negócios mineiros se adaptaram para continuar

24/04/2020 Divulgação

São várias as estratégias adotadas pelas empresas para continuarem funcionando em tempos de isolamento social.

Pesquisa do Sebrae mostra que mais de 30% dos pequenos negócios mineiros se adaptaram para continuar

Com a crise econômica provocada pelo coronavírus (Covid-19), pequenos negócios mineiros têm buscado soluções para se adaptar ao momento atual. De acordo com uma pesquisa feita pelo Sebrae, 34,5% dos pequenos negócios do estado continuam em funcionamento, porém tiveram que se adequar à nova realidade de mercado e às necessidades de consumo. É o que mostra uma pesquisa feita pelo Sebrae, entre os dias 6 e 7 de abril, com 501 empreendimentos mineiros dos setores de indústria, comércio, serviços e agropecuária.

“Algumas empresas estão repensando o seu modelo de negócio para continuarem no mercado. Esses empreendimentos estão enxergando uma oportunidade de se reinventar neste momento de crise”, explica o superintendente do Sebrae Minas, Afonso Maria Rocha.

De acordo com a pesquisa do Sebrae, dos empreendimentos que estão em atividade, 44% estão funcionando em horário reduzido como forma de diminuir custos. Para 39% dos entrevistados, a estratégia foi apostar nos serviços de entrega em domicílio e/ou nas vendas online.

“As empresas tiveram que se reinventar e pensar como atender seus clientes a distância. O delivery e o e-commerce são exemplos de estratégias adotadas diante do cenário desfavorável”, justifica o executivo do Sebrae Minas.

Além disso, para ganhar fôlego, 19% das empresas afirmaram estar fazendo o rodízio de empregados e 18% optaram pelo trabalho remoto para seguir com suas atividades.

Dados da pesquisa do Sebrae em Minas:

Sua empresa mudou o funcionamento com a crise?

- Não mudamos a forma de funcionar: 7,89%
- Sim, mudamos o funcionamento: 34,54%
- Interrompemos o funcionamento temporariamente: 55,05%
- Decidimos fechar a empresa de vez: 2,52%

Está funcionando como?
- Apenas para entregas ou online: 39,32%
- Horário reduzido: 43,69%
- Rodízio de funcionários: 19,42%
- Teletrabalho (home office): 18,45%
- Drive thru: 3,88%

A interrupção do funcionamento ocorreu principalmente por qual motivo?
Determinação do Governo: 80,47%
- Decisão da empresa: 19,53%

Como estava a situação das finanças da sua empresa antes da crise:
Boa: 26,94%
- Razoável: 50,41%
- Ruim: 22,64%

Como o seu negócio está sendo afetado, até este momento, pelo coronavírus, em termos de faturamento mensal?
Aumentou: 3,97%
- Diminuiu: 86,45%
- Permaneceu igual: 3,64%
- Não sabe ainda/não quis responder: 5,95%

Fonte: Sebrae 



Como empresas e empresários devem agir para sobreviver às intempéries

Intempérie. No dicionário, a definição para esse substantivo feminino traz como significado: mau tempo ou tempestade.

Autor: Haroldo Matsumoto

Como empresas e empresários devem agir para sobreviver às intempéries

Desafios empresariais

Empreender envolve correr riscos e encontrar soluções para os problemas das pessoas.

Autor: Leonardo Chucrute

Desafios empresariais

Um líder de verdade ensina o que sabe

Não são incomuns as histórias de profissionais que, voluntariamente, trocam de emprego para ganhar menos do que em suas posições anteriores.

Autor: Yuri Trafane

Um líder de verdade ensina o que sabe

Luciano Hang apoia manifesto isenção de impostos nas compras até US$50

Na noite de sexta-feira, 17, o dono da Havan, Luciano Hang, participou do jantar de encerramento do 39º Congresso Nacional de Sindicatos Empresariais (CNSE), em Balneário Camboriú (SC).

Autor: Divulgação


Como usar a inteligência emocional para lidar com os negócios?

Ser um empreendedor em um negócio altamente estressante é como estar em uma montanha-russa emocional.

Autor: João Roncati

Como usar a inteligência emocional para lidar com os negócios?

Azul cria fundo social para captação de recursos para desastres nacionais

Itaú Unibanco se torna o primeiro apoiador após doação de R$ 5 milhões.

Autor: Divulgação


Ultrapassei o limite do MEI e agora?

Entenda como funciona a transição para Microempresa.

Autor: Divulgação

Ultrapassei o limite do MEI e agora?

Por que tantas recuperações judiciais?

Nas últimas semanas, a imprensa reproduziu amplamente o indicador de recuperações judiciais produzido e monitorado pela Serasa Experian, a concorrente britânica do histórico SPC, este desenvolvido pela Câmara dos Dirigentes Logistas, que oferece serviços de proteção ao crédito.

Autor: Carlos Gomes


Empreendedorismo com propósito

Nasci em Nova Iguaçu, cidade do estado do Rio de Janeiro, e comecei a empreender desde muito cedo.

Autor: Leonardo Chucrute

Empreendedorismo com propósito

Reforma tributária: os desafios para impulsionar o crescimento econômico

“A simplificação do sistema tributário pode resultar em um catalisador para a criação de empregos, impulsionando a economia do país”, diz especialista.

Autor: Divulgação

Reforma tributária: os desafios para impulsionar o crescimento econômico

Empresário, você precisa sair do operacional

As estatísticas não são animadoras.

Autor: Paulo de Vilhena

Empresário, você precisa sair do operacional

Por que as PMEs são as mais vulneráveis à cibersegurança?

Embora elas possam enfrentar restrições orçamentárias, estão disponíveis soluções tecnológicas acessíveis e eficazes.

Autor: Denis Furtado

Por que as PMEs são as mais vulneráveis à cibersegurança?